Em compras acima de R$ 400,00 o frete é grátis! *Exceto impressoras 3D

Tag: Impressão 3D

Qual é o preço de impressora 3D? Conheça os melhores modelos!

Qual é o preço de impressora 3D? Conheça os melhores modelos!

O preço de impressora 3D no Brasil varia bastante. Para fazer uma boa escolha é necessário observar as características de cada modelo e associá-las às suas necessidades.


O preço de impressora 3D vem caindo bastante no mercado. Alguns anos atrás ter uma máquina era sinônimo de um alto investimento, mas isso já não é uma verdade nos dias atuais. Muito disso é devido à queda de patentes, desenvolvimento de empresas nacionais na fabricação das impressoras e, claro, os modelos fabricados na China.

No entanto, saber qual impressora 3D comprar não é fácil! Existem diversos modelos, marcas, tipos e características. A escolha perfeita passa muito pela análise das necessidades, do objetivo com a impressora.

Por isso, criamos este conteúdo para lhe mostrar qual é o preço de impressora 3D, quais são os principais modelos entre impressoras 3D profissionais ou para hobby e as características. Tudo isso vai servir para que você tome a melhor decisão de compra. Vamos lá?

Preço de impressora 3D: nacional ou importada?

O nosso mercado brasileiro produz máquinas de alta qualidade. Algumas marcas nacionais têm modelos bem conhecidos pelo público, que entregam confiabilidade, precisão e alta qualidade, além de um suporte próximo e garantia.

É claro que para qualquer empresa brasileira (não só no mercado de impressão 3D) é muito difícil competir com o mercado chinês. Impressoras como a Ender 3 ou os modelos da Anycubic fazem muito sucesso em todo o mundo, inclusive por aqui!

Nesse caso, a grande dificuldade está no suporte técnico, demora na entrega e possibilidade de taxação ao importar.

Porém, a 3D Lab é representante oficial da marca Creality no Brasil. Com isso, oferecemos suporte técnico e garantia exclusiva, além de ter as máquinas com pronta entrega, sem taxas adicionais! Vale a pena conferir a nossa loja e comparar os diferentes modelos disponíveis.

É claro que você pode adquirir essas e outras máquinas em sites como Aliexpress ou eBay, mas aí vale ressaltar que não terá suporte e garantia, além das taxas e prazo de entrega.

Então, a nossa primeira dica para saber qual impressora 3D é não olhar somente o preço de compra! Analise toda a situação, entenda os riscos de importar a Ender 3 direto da China e os benefícios em comprar aqui no Brasil.

Quais modelos são mais indicados?

Então, agora vamos pensar nos modelos disponíveis. Listamos alguns dos principais modelos vendidos no Brasil e vamos mostrar o preço de impressora 3D, as características e demais informações necessárias para tomar uma boa decisão de compra. Acompanhe!

IMPRESSORA 3D Ender 3 – Creality

A impressora 3D Ender 3 é produzida pela Creality, uma empresa chinesa. No Brasil, a 3D Lab é a representante oficial da marca e oferece a máquina com garantia exclusiva, suporte técnico especializado e entrega com pronta entrega.

A Ender 3 é uma fantástica impressora 3D, com uma construção compacta e robusta, bom volume e qualidade de impressão. Sendo premiada pela revista online All3DP como a melhor impressora 3D de baixo custo do mundo, é uma ótima escolha não só para makers e entusiastas, mas também para aqueles que querem ter várias impressoras.

Preço da Ender 3: R$2.149,00 (atualizado em agosto/2020)

O seu kit de impressão é extremamente fácil de montar!


Ender 3 PRO

Basicamente, a estrutura da Ender 3 e da versão PRO é a mesma.  Existem algumas diferenças pontuais, porém pertinentes. A Ender 3 Pro trouxe melhoras significativas em relação à usabilidade:

  • nova mesa magnética: com a nova mesa você não precisa usar grampos de fixação;
  • fonte mais potente: a nova e mais potente fonte de energia da Ender 3 Pro aquece de forma mais ágil tanto a mesa de impressão quanto a extrusora. Isso permite poupar tempo no processo anterior à impressão;
  • cooler de resfriamento reposicionado: o cooler de resfriamento foi reposicionado na Ender 3 Pro para evitar que o mecanismo ‘sugue’ ar quente da mesa de impressão. Variações na temperatura podem fazer que determinados materiais se soltem da mesa e a qualidade da peça fique comprometida;
  • reforço no eixo Y: o reforço no material de construção do eixo Y possibilita que a reverberação proveniente da impressão não desloque ou atrapalhe a fabricação da peça.

Preço da Ender 3 PRO: R$ 2.569,00 (atualizado em ago/2020)

ender_3_pro


Ender 5

Ender 5 é uma outra impressora 3D Creality bem interessante. Ela possui a área de impressão igual a da Ender 3 (220 x 220mm), mas com uma altura superior, ganhando 50mm e alcançando as medidas de 220 x 220 x 300mm.

Uma diferença que é bem notável da Ender 5 para sua irmã menor é a estrutura. A 5 tem uma estrutura que forma um retângulo e isso pode dar mais estabilidade para os movimentos.

Apesar disso, aqui na 3D Lab nós testamos esses dois modelos e não encontramos uma grande diferença na estrutura e na impressão.

Uma observação é que notamos maior facilidade de montagem na Ender 5 do que na Ender 3.

A Ender 5 possui um duplo eixo Y, com dois motores que funcionam em sincronismo.

Quanto à movimentação, a Ender 5 tem uma mudança bem significativa em relação à Ender 3. Na 5 quem faz o movimento Z é a mesa, e não o conjunto do extrusor, como no modelo 3.

Outros recursos são similares ao modelo anterior, como a recuperação da impressão em caso de queda de energia, fácil nivelamento da mesa com uma grande engrenagem e, claro, a alta qualidade de impressão.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia: FDM;
  • Área de impressão: 220 x 220 x 300 mm;
  • Velocidade de impressão: até 180 mm/s (recomendado 40 a 80 mm/s);
  • Superfície de impressão: mesa aquecida até 100°C;
  • Temperatura de extrusão: até 260°C;
  • Resolução: 0,1 a 0,4mm;
  • Precisão: +/-0,1mm;
  • Materiais compatíveis: PLA, ABS, Flex e outros;
  • Características especiais: estrutura mais estável com duplo eixo Y e sistema de controle dos motores, recuperação de impressão no caso de queda de energia, fácil nivelamento manual da mesa.

Preço da ENDER 5: R$ 3.499,00 (atualizado em ago/2020)

ender_5


Ender 5 Plus

A Ender 5 Plus, como o próprio nome já induz, apresenta um volume de impressão maior do que o modelo padrão da Ender 5. Na Plus as medidas chegam a 350 x 350 x 400mm, ideal para quem deseja imprimir peças grandes de uma vez só, sem utilizar encaixes ou junção.

Além disso, a impressora Ender 5 Plus conta com o nivelamento automático com BL Touch.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Fonte de alimentação: Mean Well Fonte de alimentação certificada pela UL;
  • Volume de impressão: 350x350x400mm;
  • Tamanho da máquina: 632x666x619mm;
  • Peso da embalagem: 23,8 kg;
  • Filamento: 1,75mm PLA, ABS, ABS Premium, ABS MG94, PETG, Flexível,Wood, HIPS;
  • Input:100-240V AC;Output:DC 24V 21A;Max25A;
  • Diâmetro do bico: 0,4 mm;
  • Precisão: ± 0,1 mm;
  • Formato do arquivo: OBJ, G-Code, STL;
  • Modo de trabalho: cabo USB (não incluído) compatível on-line ou micro- SD (off-line);
  • Temperatura: 260 ℃;
  • Temperatura máxima da mesa: 110 ℃

Preço da ENDER 5 Plus: R$ 5.399,00 (atualizado em ago/2020)

Ender 5 Plus

VER ENDER 5 PLUS


CR10 V2

CR-10 V2 é uma evolução do modelo anterior, CR-10. Com mesma área de impressão (300 x 300 x 400mm), esse modelo possui sensor de fim de filamento, possibilidade de instalação do BL Touch para nivelamento automático e também para adaptação para extrusor do tipo direct drive.

Equipada com a nova fonte de alimentação da Creality e nova placa mãe eletrônica, que deixa a impressora extremamente silenciosa.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia: FDM;
  • Área de impressão: 300 x 300 x 400 mm;
  • Velocidade de impressão: até 180 mm/s (recomendado 30 a 60 mm/s);
  • Superfície de impressão: mesa aquecida até 100°C;
  • Temperatura de extrusão: até 250°C;
  • Resolução: 0,1 a 0,4mm;
  • Precisão: 0,1mm;
  • Materiais compatíveis: PLA, Flex e outros;
  • Características especiais: grande área de impressão, mesa de vidro e sistema de proteção a temperaturas críticas.

Preço da CR10-V2: R$ 4.499,00 (atualizado em ago/2020)

cr10_v2


CR5 Pro

A CR5 Pro é um recente lançamento da marca Creality. Esse modelo é pensado no público mais profissional. A impressora tem toda a sua estrutura em metal e permite que você a feche completamente, colaborando com a impressão de materiais como ABS.

A impressora 3D CR5 Pro tem display touch screen, que agrega uma melhor experiência ao usuário, com controles completos e bem interessantes. Ela também conta com sensor de fim de filamento e recuperação de impressão em caso de queda de energia.

Sua área de impressão também ganha pontos, com 300 x 225 x 380 mm, o que ressalta o seu perfil profissional.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  1. Novo conjunto extrusor para maiores temperaturas e materiais compatíveis;
  2. Tamanho da impressão: 300 x 225 x 380mm;
  3. Peso da máquina: 32,5 kg;
  4. Filamento: 1,75mm PLA, ABS, ABS Premium, ABS MG94, PETG, Flexível,Wood, HIPS;
  5. Diâmetro do bico: 0,4 mm;
  6. Precisão: ± 0,1 mm;
  7. Formato do arquivo: OBJ, G-Code, STL;
  8. Display touch screen;
  9. Temperatura: 250 ℃;
  10. Temperatura máxima da mesa: 100 ℃;
  11. Sensor de fim de filamento.

CR5 Pro preço de impressora 3D

Preço da CR5 Pro: R$ 9.990,00 (atualizado em ago/2020)

VER CR5 Pro


S3 – Sethi 3D

A máquina tem estrutura fechada com alumínio. O sistema de movimentação faz com que a mesa fique estática e o eixo se movimente nos eixos X, Y e Z. A mesa aquecida tem nivelamento automático.

A impressora conta com sensor de fim de filamento. Compatível com os principais filamentos para impressão 3D do mercado, tais com PLA, ABS, PETG, Flex e outros.

IMPRESSORA 3D S3 – Sethi 3D (com Simplify3D)

  • estrutura: Alumínio
  • área impressão: 270 x 270 x 320mm (X-Y-Z).
  • materiais compatíveis: Filamentos PLA, ABS, PETG, Flexível, Wood, HIPS, Nylon, Tritan, PVA e outros.
  • garantia: 12 meses de garantia diretamente com fabricante.

Preço da Sethi S3: R$ 7.700,00 em até 12x ou R$6.930,30 no boleto ou transferência (atualizado em ago/2020)

 


E o preço de impressora 3D de resina?

Até agora nós só falamos das impressoras FDM, que utilizam filamento como insumo. Porém, o mercado de impressoras 3D de resina vem crescendo bastante e não podíamos deixar de listá-las. Então, veja os modelos disponíveis e recomendados!

Anycubic Photon

A Photon é uma impressora 3D LCD, que utiliza resina líquida para fabricação das peças. A marca fabricante é a Anycubic, também chinesa.

Essa máquina permite que você imprima peças pequenas e detalhadas com alta precisão. Muito utilizada para fabricação de action figures, joias e peças com maior valor agregado.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de impressão: LCD (baseada na tecnologia SLA);
  • Fonte de luz: UV integrada (comprimento de onda 405nm);
  • XI DPI: 47um (2560*1440);
  • Resolução no eixo Y: 1.25um;
  • Resolução de camada: 25 a 100um;
  • Velocidade de impressão: 20mm/h;
  • Consumo de energia: 40W;
  • Tamanho da impressora: 220 x 200 x 400mm;
  • Área de impressão: 115 x 65 x 155mm;
  • Material compatível: resina fotopolimerizável com comprimento de onda de 405nm;
  • Conectividade: USB;
  • Peso da caixa: 6,6Kg.

Photon preço de impressora 3d

Preço da Anycubic Photon: R$ 2.999,00 (atualizado em ago/2020)

VER Photon


Anycubic Photon S

A impressora Anycubic Photon S é uma evolução do modelo anterior. Ela também trabalha com resina líquida e utiliza a tecnologia LCD como princípio de funcionamento.

As diferenças entre a Photon e Photon S estão, basicamente, na estrutura do eixo Z, altura de impressão e potência da fonte de exposição da luz.

A Photon S conta com duplo eixo Z, o que pode agregar maior estabilidade na movimentação. Sua área de impressão é de 115 x 65 x 165mm, o que confere um ganho de 10mm na altura. Por fim, a fonte de luz é mais potente no modelo S, o que permite trabalhar com menor tempo de exposição de cada camada, tornando a impressão mais rápida.

  • Tecnologia de impressão: LCD (baseada na tecnologia SLA)
  • Fonte de luz: UV integrada (comprimento de onda 405nm)
  • XI DPI: 47um (2560*1440)
  • Resolução no eixo Y: 1.25um
  • Resolução de camada: 25 a 100um
  • Velocidade de impressão: 20mm/h
  • Consumo de energia: 50W
  • Tamanho da impressora: 230 x 200 x 400mm
  • Área de impressão: 115 x 65 x 165mm
  • Material compatível: resina fotopolimerizável com comprimento de onda de 405nm
  • Conectividade: USB
  • Peso da caixa: 5,9Kg

photon s

Preço da Anycubic Photon S: R$ 3.999,00 (atualizado em ago/2020)

VER Photon S


Como escolher a impressora 3D para comprar?

Neste conteúdo nós mostramos os principais modelos e preços de impressoras 3D do mercado. Porém, para saber qual impressora 3D comprar, qual é a impressora 3D ideal para você, é preciso analisar alguns pontos com muito critério.

Para facilitar a escolha você precisa responder às seguintes perguntas:

  • qual é o objetivo com a impressora? Hobby ou uso profissional?
  • qual é a finalidade das peças? Elas têm alguma característica especial, como resistência mecânica ou térmica?
  • qual é o seu conhecimento sobre eletrônica e sobre impressão 3D?
  • por fim, qual é o investimento disponível?

Responder essas questões vai ajudar a direcionar melhor a sua escolha a partir da necessidade. É muito importante escolher o modelo ideal para não ficar frustrado com sua máquina e não só olhar o preço de impressora 3D!

Então, nós temos um time especializado em ajudar você a escolher a impressora 3D certa para a sua necessidade! Não perca tempo e preencha o formulário abaixo respondendo as 4 perguntas anteriores e vamos entrar em contato para lhe ajudar nessa escolha!

* todos os preços de impressora 3D contidos neste conteúdo podem sofrer variação sem prévio anúncio. Eles servem somente como referência.

A criação de protótipos e a impressão 3D

Protótipos são moldes feitos antes da execução final de um produto. Ou seja, servem para antecipar erros e corrigir possíveis falhas de uma peça que será lançada ao mercado. Mas você sabe como a impressão 3D está revolucionando a produção de protótipos?


A prototipagem é um processo realizado nos mais diferentes modelos de negócios. Existem protótipos de softwares, por exemplo, que são lançados ao público antes mesmo de serem finalizados, também são conhecidos como MVP (Produto Viável Mínimo). A ideia é que, com o feedback dos usuários, o produto final tenha mais sucesso entre o público.

Mas hoje vamos conhecer um pouco mais sobre os protótipos físicos, aqueles que antecedem os produtos físicos finais, sejam eles peças de carros, controles de vídeo game ou até mesmo aviões.

Continue acompanhando esse texto para entender tudo sobre protótipos.

O que é um protótipo

O que é um protótipo

O protótipo é um produto lançado na fase de testes e planejamento de um projeto. Eles são utilizados em diferentes setores da indústria, como por exemplo: montadores de carros, design de joias, dentistas, empresas de engenharia hidráulica, entre outros.

O protótipo pode ser comparado com uma maquete, porém, a principal diferença é que ele tem o tamanho real do produto final, enquanto a maquete é uma miniatura.

Como é feito um protótipo

Mas afinal, qual o passo a passo para se produzir um protótipo?!

Como você já sabe, o protótipo é uma peça teste, um molde do produto final que você deseja desenvolver. Por isso, é importante que você preste bastante atenção em todos os detalhes para que seu protótipo seja realmente uma cópia fidedigna do produto final.

Entretanto, é importante ressaltar que ele não deve custar mais do que o produto final. Por isso, é importante achar um equilíbrio entre o nível de detalhes e aperfeiçoamento do protótipo e seu custo-benefício.

Abaixo você encontra um passo a passo de como fazer o seu protótipo

1. Dedique-se ao esboço conceitual do seu projeto

1. Dedique-se ao esboço conceitual do seu projeto

 

A maioria dos projetos se iniciam com lápis e papel e depois começam a ser desenhados em softwares específicos, de acordo com sua utilidade. Por exemplo, se você está fazendo uma peça de automóvel precisará desenhá-la em um software profissional, como o CAD.

2. Crie o protótipo seguindo suas especificações

2. Crie o protótipo seguindo suas especificações

É importante se basear nas especificações técnicas do produto final. Se seu produto for feito de plástico, por exemplo, você poderá utilizar a prototipagem rápida (é aí que entra a impressão 3D, mas vamos falar disso mais detalhadamente logo abaixo).

Se possível, faça um protótipo que seja construído dos mesmos materiais que você pretende que o produto final seja feito. Ele testará se sua invenção vai ser funcional ou não, porque você será capaz de ver e tocar suas partes reais.

3. Faça revisões e melhorias durante o processo

3.Faça revisões e melhorias durante o processo

Afinal, é justamente esse o objetivo do protótipo: aperfeiçoar ao máximo o produto final. Por isso, é muito importante ajustar seu protótipo em todos os pontos que for necessário. Revise sempre todas as etapas de criação para aperfeiçoar possíveis falhas do seu projeto.

4. Hora de colocar a mão na massa

Agora é o momento de criar, fisicamente, o seu protótipo.

Essa etapa demanda muito cuidado e atenção para que tudo que foi colocado no papel seja transmitido para sua peça.

Quais são os tipos de protótipos

A prototipagem é um processo que engloba muitos mercados, como já dissemos. Assim, quando falamos em tipos de protótipos, existem inúmeras especificações, de acordo com a usabilidade de cada um deles.

Para quem trabalha com o desenvolvimento de softwares e aplicativos, por exemplo, a prototipagem é um processo muito importante, pois normalmente é lançado aos usuários para analisar a usabilidade e alguns “bugs”.

Porém, vamos falar sobre os tipos de protótipos de produtos físicos.

1. Protótipos evolutivos

1. Protótipos evolutivos

 

O próprio nome já diz: os protótipos evolutivos são moldes que sofrem alterações e melhorias de uma versão para a outra do produto.

Nesses casos, é importante anotar todas as mudanças que foram feitas e o objetivo de cada uma delas, sempre visando atingir a qualidade máxima na última versão apresentada.

Os protótipos evolutivos nada mais são que modelos que evoluem de uma versão do produto para a próxima.

Normalmente são feitos com prototipagem rápida e a impressão 3D é uma grande aliada no processo de fabricação de protótipos evolutivos, isso porque consegue ter um baixo custo e ser bastante rápida na produção da peça.

2. Protótipo comercial

2. Protótipo Comercial

 

Também conhecido como protótipo funcional, tem como objetivo a validação da usabilidade do produto. Ele deve levar em conta principalmente a satisfação do público que irá utilizá-lo. Por isso, seu nível de fidelidade com o produto final deve ser elevado.

Também é possível criar protótipos funcionais utilizando impressoras 3D e seguindo as mesmas propriedades técnicas do produto final.

Um bom exemplo de prototipagem funcional/comercial é a produção de controles de vídeo-game que são feitos para testar a ergonomia e conforto no uso da peça.

3. Protótipos volumétricos

3. Protótipos volumétricos

Aqui estamos falando de protótipos que se preocupam com a volumetria da peça, encaixe, design e outros fatores que dependem de suas características geométricas.

A impressão 3D também pode ser utilizada nesses casos pois permite a impressão de peças que serão testadas de acordo com suas especificações materiais.

4.  Validação do design e estética

4.  Validação do design e estética

Essas são peças criadas para garantir que o produto final terá o design e estética aprovados.

Deve-se ter um grande nível de detalhamento do protótipo, principalmente de cores, formas, material que será utilizado, tamanho etc. Só assim você conseguirá realizar os aperfeiçoamentos necessários no design final do seu produto.

Prototipagem e a impressão 3D

Prototipagem e a impressão 3D

No tópico anterior já demos algumas dicas de como a impressão 3D está revolucionado o processo de prototipagem, principalmente se falamos em prototipagem rápida.

A união entre a prototipagem e as tecnologias de impressão 3D estão revolucionando a indústria e diversas áreas como: escritórios de engenharia, design, arquitetura e até mesmo a medicina.

Hoje em dia diversos profissionais nos procuram para auxiliar na escolha e compra de uma impressora 3D pensando justamente na produção de protótipos para seus negócios.

Uma das principais vantagens da impressão 3D no processo de prototipagem é a redução de custos e a otimização do tempo.

Podemos afirmar que a impressão 3D aliada à um bom projeto são a base da criação de soluções inovadoras.

Vantagens no uso de protótipos

Depois de conhecer mais a fundo como funciona o processo de criação de protótipos, acho que ficou fácil de entender quais são suas principais vantagens.

A criação de um produto exige trabalho em equipe e esforço de todos os envolvidos. Por isso o desenvolvimento de um protótipo é extremamente importante para garantir a qualidade do produto final.

O segredo da prototipagem de qualidade é sempre se atentar aos detalhes, ser fiel ao projeto técnico e saber interpretar os feedbacks. Assim, seu produto final terá grandes chances de ser um sucesso!

Agora que você já sabe tudo sobre a criação de protótipos aliada à impressão 3D, chegou a hora de entender quais são os principais usos e benefícios da impressão 3D na indústria. 

Caso tenha uma empresa e deseje implementar a impressão 3D para otimizar seus processos, preencha o formulário abaixo e converse com um de nossos especialistas.

 

Impressão 3D na indústria: principais usos e benefícios

Impressão 3D na indústria: principais usos e benefícios

O uso da impressão 3D na indústria está crescendo exponencialmente. Descubra quais setores já utilizam a tecnologia, quais são suas principais vantagens e porque ela é utilizada para diminuir os custos de processos industriais e otimizar o tempo de produção.


A impressão 3D beneficia empresas de diversos setores industriais. Entender o papel da impressão 3D na indústria é fundamental para quem deseja manter-se atualizado sobre as principais tendências de mercado.

A capacidade de imprimir peças em um curto espaço de tempo e, geralmente, a um custo bastante reduzido, faz com que o investimento em impressoras 3D passe a ser realidade em muitas empresas.

No conteúdo de hoje falaremos sobre como a impressão 3D está atuando em diferentes áreas e qual o seu papel no desenvolvimento da indústria, principalmente se tratando da indústria 4.0.

Alguns benefícios da impressão 3D na indústria

Um dos melhores aspectos da impressão 3D é sua versatilidade. De acordo com a necessidade de cada mercado, é possível obter peças com diferentes características, como por exemplo: resistência à temperatura, flexibilidade, durabilidade, resistência mecânica etc.

A impressão 3D pode ser amplamente adotada em diversos cenários empresariais, permitindo otimização de ciclos no desenvolvimento de produtos e a redução de custos por meio de prototipagens mais ágeis.

Diante disso, os principais benefícios de implementar a impressão 3D na indústria são:

  • ciclos de prototipagem mais rápidos;
  • maior controle e fluidez nos processos de design (os processos não são mais interrompidos por longos prazos de entrega terceirados);
  • possibilidade de realizar e avaliar mais opções de projeto, resultando em produtos finais de maior qualidade;
  • redução de custos para o negócio.

Alguns escritórios de arquitetura já usam impressoras 3D para criação dos projetos e demonstração de forma detalhada de como será o resultado final. Assim, os clientes podem fazer modificações antes mesmo de começar a obra, reduzindo gastos com possíveis correções.

Setores que já utilizam a impressão 3D

Muitas empresas já utilizam a impressão 3D, incluindo setores aeroespacial, automotivo, design industrial, engenharia, arquitetura, medicina e design de produtos.

As impressoras 3D fazem com que a criação de protótipos seja mais rápida, com tempos de resposta mais curtos, e prazos de entrega reduzidos.

Aqui estão alguns exemplos de setores que já fazem uso de impressoras 3D em seus processos:

Fábricas

A tecnologia permite que as empresas criem ferramentas, gabaritos e acessórios impressos em 3D de forma rápida e em grande escala.

Isso significa que, uma vez que as impressoras são configuradas, o processo de fabricação de peças é simplificado e o número de variações e erros diminuem significativamente.

Um exemplo do uso da impressão 3D na indústria são as montadoras de carro que utilizam componentes produzidos por meio da tecnologia em suas linhas de montagem.

Desenvolvimento de produtos

A criação de protótipos pela impressão 3D é uma das aplicações mais comuns.

Os projetos podem ser avaliados rapidamente, os protótipos funcionais simplificam o teste da usabilidade em termos práticos e o feedback pode ser rapidamente obtido pelo público alvo.

Isso também significa que os produtos são lançados no mercado com muito mais chances de sucesso.

Arquitetura e design

Uma das vantagens da impressão 3D é que as empresas podem criar modelos de seus projetos, para mostrar aos clientes ou revisar e refinar suas idéias. O PLA, por exemplo, é uma ótima alternativa para impressões mais detalhadas.

Assim o número de correções é reduzido e, consequentemente, o custo também.

Medicina e odontologia

A impressão 3D está transformando também a área de saúde, seja criando próteses personalizadas ou ajudando a explicar procedimentos cirúrgicos para pacientes.

A tecnologia também é bastante utilizada na odontologia em restaurações, próteses e até mesmo as cirurgias buco-maxilo-faciais já estão sendo amparadas pela impressão 3D.

👉🏽 Veja mais aplicações da impressão 3D na odontologia!

Como vimos, diferentes setores da indústria já adotaram a impressão 3D como parte de seus processo.

Porém, ainda há novos caminhos a serem descobertos. Acreditamos que essa é uma tecnologia fundamental para a indústria 4.0 e para os players do mercado que desejam manter-se ativos e lucrativos.

Se você também deseja implantar a impressão 3D na sua empresa, preencha o formulário abaixo e um de nossos especialistas entrará em contato para ajudar nesse processo!

15 ideias para imprimir que vão facilitar sua vida

Quer algumas ideias para imprimir de coisas realmente legais e necessárias?! Nesse conteúdo você vai ver 15 ideias de coisas que irão facilitar sua vida e deixar sua casa ainda mais charmosa.


Uma das grandes vantagens da impressão 3D é a possibilidade de imprimir coisas muito legais e úteis para o dia a dia. Porém, encontrar ideias para imprimir nem sempre é tarefa muito fácil. Com tantos bancos de modelos já modelados fica difícil escolher qual realmente funciona e não vai fazer você perder horas de impressão.

Pensando nisso, e para ajudar você a imprimir coisas realmente legais e úteis nessa quarentena, separamos 15 ideias para imprimir que vão facilitar sua vida!

1. Porta Pen drives e cartão SD

 

Pendrives são acessórios muito úteis, seja no trabalho para salvar documentos e arquivos, seja em casa para armazenar fotos, músicas e lembranças. Porém, sabemos que perder eles também é muito fácil, já que normalmente são bem pequenos.

Por isso o porta cartão de memórias é uma ideia para imprimir que vai te ajudar a manter-se organizado e sem correr o risco de perder coisas importantes.Porta Pen drives e cartão SD

Fazer o download aqui.

2. Suporte de cabos

Além de deixar o ambiente mais organizado, esses suportes previnem a danificação do cabo. Se você esta trabalhando de home office, ou se tem o costume de mexer muito no computador, sabe quão irritante pode ser manter os cabos todos espalhados.

 

Então, aqui está a solução dos seus problemas. É só baixar, imprimir que seus cabos nunca mais ficarão desorganizados.

3. Suporte de fone de ouvido

Quem nunca gastou um bom tempo desembaraçando o fone de ouvido e ainda correu o risco dele não estar funcionando por ter sido guardado de um jeito errado!?

Esse suporte de fome de ouvidos protege o cabo e ainda não o deixa embaraçar.

Suporte de fone de ouvido

Faça o download aqui.

4. Porta capsulas de café

Se você é apaixonado por café, assim como nós somos aqui na 3D LAB, essa é uma excelente ideia para imprimir. O porta capsulas deixa o seu cantinho do café muito mais charmoso e organizado.

O arquivo é bem fácil de imprimir e ainda existem várias opções, de acordo com a marca da sua cafeteira.

Porta capsulas de café

Confira aqui os modelos.

5. Suporte de vinho

Suportes de vinho dão um charme a mais na cozinha. Além de serem bonitos, ajudam a armazenar a bebida de forma mais segura.Suporte de vinho

 

Baixe aqui seu suporte de vinho.

6. Gaveta de geladeira

Conseguir mais espaço na geladeira pode ser uma boa ideia, principalmente agora na quarentena que a tendência é consumirmos mais alimentos feitos em casa.

Essa gaveta de geladeira é uma excelente opção para deixar seu alimento devidamente guardado e organizado.

Gaveta de geladeira

Baixe aqui. 

7.  Porta Ovos

Vamos continuar com ideias para imprimir que deixam sua casa mais bonita e organizada. O porta ovos é uma ótima ideia para quem gosta de deixar a cozinha com um toque especial

Porta Ovos

Baixar o porta ovos 

8.  Aproveitador de pasta de dente

Essa é mais do que útil! Se você também já tentou espremer o máximo do tubo de pasta de dente sabe do que eu estou falando. Essa ideia para imprimir vai facilitar sua vida. Olha só que legal!

Aproveitador de pasta de dente

 

Baixe agora!

9. Suporte de celular

Esse não poderia faltar! Os suportes de celular estão entre as ideias para imprimir preferidas da comunidade 3D. Achamos esse modelo muito legal, pois ele se permite que você coloque o aparelho na posição que precisar. Se você usa seu celular para fazer fotos e vídeos,essa é uma ótima opção de suporte.

Suporte de celular

 

Baixar o suporte de celular. 

10. Suporte de Toalhas

Ok, todo mundo tem um suporte de toalhas em casa. Mas garanto que você não tem um que prende sua toalha e não deixa que ela escorregue e caía no chão.

Suporte de Toalhas

Baixe aqui. 

11. Porta temperos

Esse está entre os meus preferidos. Um porta temperos bem diferente dos convencionais que encontramos nas lojas. Se é pra deixar sua casa com mais personalidade e ainda ser super útil, imprimir esse porta temperos é uma ideia bem legal!

Porta temperos

Baixe aqui.

 

12. Porta controle-remoto

Garanto que você já perdeu o controle remoto no meio do sofá e ficou alguns minutos procurando. Não é mesmo!? Esse porta controle remoto é bem simples e uma opção muito útil para quem quer deixar a sala mais organizada.

Porta controle-remoto

Baixar porta controle remoto

13. Suporte de ferramentas

Ter uma ciaxa de ferramentas é legal, mas mais legal ainda é fazer uma painel com todas suas ferramentas. Nunca mais você vai perder uma ferramenta e ainda vai ter uma parede super charmosa.

Suporte de ferramentas

Baixar suporte de ferramentas

14. Suporte resfriador de notebook

Todos sabem que deixar o notebook esquentar demais pode trazer sérios danos para o aparelho. Esse é um suporte simples, minimalista e que vai resolver seu problema.

Suporte resfriador de notebook

Fazer download do suporte. 

15.  Luminária

Uma luminária bem diferente e que vai chamar atenção! Se quer sair um pouco do trivial na decoração da sua casa, está aí nossa sugestão:

Luminária

Baixar arquivo. 

Essas foram algumas ideias para imprimir coisas legais e funcionais que darão um toque especial na sua casa. Se você tem algum outro modelo que acha que merece ser compartilhado, vamos adorar! Comenta aqui embaixo qual foi o seu preferido e quando imprimi-lo, manda foto pra gente!

E ah, se você pensa em vender as peças que imprimi, temos um conteúdo sobre como ganhar dinheiro com impressão 3D.

Espero que tenha gostado das ideias, um abraço virtual e até a próxima.

Função Fuzzy Skin: aprenda a usar esse recurso expert do Cura!

Função Fuzzy Skin: aprenda a usar esse recurso expert do Cura!

O software Cura tem um leque muito grandes de recursos para a impressão 3D e um deles é a função Fuzzy Skin: uma possibilidade de customizar a sua peça com um efeito bem interessante!


Recentemente nós lançamos um conteúdo para mostrar o recurso Ironing no Cura. Agora, vamos falar de outra possibilidade: a função Fuzzy Skin.

Esse recurso permite que você crie uma superfície irregular nas suas peças e isso pode trazer benefícios quando o objeto em questão precisa ter uma característica mais áspera, como um antiderrapante.

Então, se você ficou curioso e quer conhecer mais sobre esse recurso, continue a leitura do conteúdo!

O que é a função Fuzzy Skin?

A função Fuzzy Skin, assim como o recurso Ironing que já mostramos em outro conteúdo, é um recurso nativo do software Cura.

A tradução direta dessa recurso é “pele difusa” e é bem compreensível quando olhamos uma peça impressa com esse recurso.

O que é a função Fuzzy Skin? O que é a função Fuzzy Skin?

 

Calma! O filamento que usamos para imprimir essa peça não estava com umidade e nem ocorreu sub extrusão!

Confesso que esse efeito gera um aspecto bem parecido com as peças defeituosas de sub extrusão (falta de material para formar as camadas). Mas não se preocupe! Nesse caso não é um defeito. Você vai ver como pode ficar legal a sua peça.

Qual é o passo a passo para usar esse recurso?

Baixe o software Cura

Para usar a função Fuzzy Skin você vai precisar baixar o software Cura. Ele é gratuito, muito completo e bem simples de utilizar.

Assim que já tiver instalado no seu computador, configure as informações da sua impressora e carregue a peça que deseja imprimir, configurando os parâmetros de impressão normalmente.

Ative os recursos da categoria Expert

Agora você deve habilitar os recursos da categoria Expert.

O Cura permite uma série de recursos e funções interessantes. No menu principal do software clique em “Preferences”, “Configure Cura” e “Settings”.

Na caixa de seleção escolha a opção “Expert”.

Essa ação vai habilitar todos os recursos mais avançados do fatiador. Então, agora clique em “Close” e depois em “Print Setting”. Role a página até o campo “Experimental” e clique nele, abrindo novas opções. Clique no campo de “Fuzzy Skin” para habilitar o recurso.

Você ainda pode configurar esse recurso com as seguintes opções:

  • Thickness (espessura): distância máxima de oscilações na superfície – padrão de 0,3mm;
  • Density (densidade): número de tremulações por milímetro – padrão de 1,25/mm;
  • Point Distance (distância): distância das tremulações – padrão de 0,8mm.

Quais são os resultados da função Fuzzy Skin do Cura?

Agora, vejamos quais são os resultados que esse recurso pode promover:

 

 

Quais são os resultados da função Fuzzy Skin do Cura? Quais são os resultados da função Fuzzy Skin do Cura?

Esse efeito altera a resistência mecânica da peça?

Uma dúvida que pode surgir para quem vai imprimir com a função Fuzzy Skin é quanto à resistência da peça.

Esse efeito é adicionado na parede externa, enquanto as paredes internas permanecem inalteradas. Sendo assim, basta você adicionar mais paredes à sua peça e não terá perda de resistência mecânica.

Esse efeito altera a resistência mecânica da peça?

 

Portanto, neste conteúdo nós conhecemos mais um recurso da categoria expert do Cura, a função Fuzzy Skin. Ela cria um efeito bem interessante na peça, bem aplicável aos projetos que precisam ter um acabamento mais áspero e menos deslizante.

Apesar de estar na categoria mais avançada do Cura, a utilização dessa função é bem simples. Basta seguir o passo a passo que listamos.

Agora que você já sabe como usar a função Fuzzy Skin no Cura, confira nosso conteúdo especial em que mostramos como dar acabamento com vapor de acetona em peças de ABS!

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

Quem nunca teve sua impressão 3D interrompida que atire a primeira pedra! Nós da comunidade 3D sabemos como é chato ter uma impressão parada, seja por pico de energia, por acabar o filamento, ou qualquer outro imprevisto que pode surgir.

Tivemos uma experiência assim e vamos compartilhar com vocês como conseguimos salvar nossa peça.

Porque uma impressão é interrompida

Existem alguns motivos que podem fazer com que sua impressão não dê certo e pare no meio do processo. Vamos falar sobre os dois mais comuns que são:

Pico de energia

Principalmente na impressão de peças que levam muito tempo, os picos de energia podem fazer com que o processo seja interrompido.

Nesse caso, a única forma de evitar esse problema é comprando um estabilizador de energia, ou nobreak. Assim, quando a energia cair, o estabilizador manterá a o funcionamento da máquina por um certo tempo.

Problema no filamento

Pode acontecer que no meio da impressão seu filamento acabe ou dê nó. No caso de nó no filamento, fizemos um conteúdo que te ensina como evitar esse problema e, caso aconteça, como resolve-lo.

Agora para seu filamento não acabar no meio da impressão, deixe sempre um valor “sobrando” da estimativa do fatiador que estiver usando.

Por exemplo: se no software a estimativa é que a peça gaste 300 gramas de filamento, coloque para imprimir um filamento com pelo menos 350 gramas.

É claro que um sensor de fim de filamento pode ser muito útil nesses casos!

Como salvar uma impressão 3D interrompida

Sabemos que mesmo com essas dicas, pode ser que sua impressão ainda sim seja interrompida.

Muita calma!

Ainda há chances de você conseguir salvar sua peça.

Na semana passada nós colocamos uma peça para imprimir que levaria cerca de 25 horas. Iniciamos a impressão no final do dia e, quando chegamos no dia seguinte, vimos que a impressora estava parada.

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

 

Essa era a peça que iríamos imprimir: duas mãos que formam um suporte de parede muito legal (vamos mostrar foto depois de como ficou).

Logo vimos que houve um pico de energia e, como não tínhamos o nobreak, “perdemos a impressão”. Como já tinha impresso uma boa quantidade, resolvemos aproveitar aquela parte.

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

Para solucionar o problema da impressão 3D interrompida e salvar a peça fizemos o seguinte passo a passo:

1. Meça a parte da  impressão 3D interrompida

É preciso saber exatamente em que ponto a impressão 3D foi interrompida. Para isso, usamos um paquímetro para conhecer a altura da parte que foi impressa.

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

2. Reconfigure a impressão no fatiador

Depois de saber qual o tamanho exato da peça que foi interrompida é hora de voltar ao fatiador (aqui usamos o Cura Ultimaker) e configurar sua nova impressão somente com a parte que ainda precisa ser impressa.

 

Por isso é muito importante medir com precisão o que já foi impresso.

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

 

No fatiador, movimentamos a peça no eixo Z com o valor que foi encontrado no paquímetro. Assim, a nova impressão será feita a partir do ponto interrompido.

3. Imprima a parte que faltou

Agora o processo é o que você já conhece! Basta imprimir a parte da impressão 3D que estava faltando.

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

 

Quando o processo terminar, basta juntar as duas partes e colar.

Muito cuidado nessa hora! É importante que cole todos os pontos com cuidado e atenção para minimizar a linha de corte onde as peças foram coladas.

4. Lixe e pinte sua peça

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

 

Para dar um acabamento ainda melhor para a peça e deixar praticamente imperceptível as imperfeições, lixe a peça e pinte. Indicamos antes da pintura você passar o Primer, ele ajudará a deixar a peça mais uniforme e a pintura com um resultado melhor.

Pronto! Sua impressão 3D interrompida está salva. 🙏🏼

Então, da próxima vez que sua peça for interrompida, pode ficar mais calmo que nem tudo está perdido. Basta medir a parte que já foi impressa, configurar uma nova impressão com o restante da peça, colar as duas partes e finalizar com um acabamento caprichado!

O nosso resultado final ficou assim (ainda sem o acabamento):

Impressão 3D interrompida: aprenda como salvar sua peça

 

Conta pra gente como ficou o resultado da sua peça recuperada!

 

E agora que você já sabe como salvar uma impressão 3D interrompida, aprenda como resolver (e evitar) os 20 principais erros em impressão 3D.

Movimento maker e a impressão 3D

O movimento maker é formado por uma cultura colaborativa que incentiva qualquer pessoa a criar soluções para seu consumo. A impressão 3D impulsiona e torna o movimento maker ainda mais democrático e transformador. Entenda essa relação e como você pode fazer parte disso.

________________________________________________________________________________

Provavelmente você já ouviu falar no movimento Maker, ou até mesmo, de alguma forma, fez parte da cultura maker.

Calma, vamos te explicar!

A cultura maker é formada pela ideia de que qualquer pessoa pode criar, arrumar, fabricar e produzir diferentes tipos de objetos com suas próprias mãos. Podemos dizer que o “Do it yourself” (faça você mesmo), que viralizou no Brasil com vídeos que ensinam as pessoas a fazerem (praticamente) qualquer coisa, faz parte do movimento Maker.

A impressão 3D e o movimento maker estão intimamente ligados, isso porque, como sabemos muito bem, graças às impressoras 3D conseguimos criar uma infinidade de objetos que antes eram, necessariamente, comprados.

Entenda qual a relação da impressão 3D com o movimento maker e como você pode fazer parte disso!

O que é o movimento Maker?!

O que é o movimento Maker?!

O movimento Maker é uma cultura que valoriza a capacidade do indivíduo de ser criador e desenvolvedor das coisas que consome. Por isso, tem como uma de suas principais premissas a aprendizagem de modo informal, compartilhada publicamente com a intenção de ajudar toda a comunidade maker a se divertir enquanto cria. 

Um misto de tecnologias inovadoras (é aí que entra a impressão 3D!), eletrônica, marcenaria, costura e o que mais puder ajudar o criador a conseguir fazer o objeto que deseja ganhar vida.

Tudo isso com um acréscimo muito especial de paixão por criar e o entusiamos pelo novo! É assim que o movimento maker se forma e ganha seguidores no mundo todo. Inclusive, existem feiras focadas no cultura maker que reúnem milhares de pessoas.

Se antes os inventores eram como víamos em filmes: gênios ou cientistas malucos que viviam em seus quartos e laboratórios sozinhos, hoje a tecnologia aproxima os criadores e faz com que a cultura do compartilhamento seja cada dia mais poderosa e potencializadora de resultados.

Makers: quem são e aonde vivem?

 

Makers: quem são e aonde vivem?Qualquer um pode ser um maker! Sendo assim, os makers estão em todos os lugares, desde casas até laboratórios de criação, faculdades e empresas.

Isso mesmo, muitas empresas já trabalham com a ideia da cultura maker, produzindo seus próprios protótipos, reduzindo e otimizando custos. Nesse artigo você pode entender um pouco mais sobre isso.

Como dissemos existem espaços colaborativos prontos para dar o suporte que qualquer maker precisa. Os “hackerspaces” e “makerspaces” são lugares que reúnem adeptos da cultura maker e ainda contam com impressoras 3D e outros equipamentos de criação tecnológica para possibilitar o desenvolvimento e criação das obras.

Cada dia mais esses espaços se tornam populares e democratizam o uso de tecnologias em prol da inovação e da arte de criar, mesmo para quem não possui conhecimento técnico.

Apesar de ser mais recorrentes em países desenvolvidos, eles começam a ganhar espaço também no Brasil, com unidades em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre Recife e até em Santa Catarina.

Um dos grandes diferenciais do movimento maker é justamente a comunidade colaborativa que o forma. Pessoas que procuram sempre ajudar, compartilhar e multiplicar seus conhecimentos para que todos consigam ter sucesso em suas criações.

A riqueza da cultura maker está não só no acesso às tecnologias e recursos, mas, principalmente, no conhecimento dos outros makers.

Assim, inventores estão se unindo para experimentar e cooperar mutuamente, além de absorver e distribuir conhecimento em redes sociais, grupos e comunidades online.

Essa é a essência da cultura maker: um ecossistema que se nutre da colaboração e da inovação tecnológica para possibilitar que cada vez mais pessoas sejam criadoras de suas necessidades.

 

Impressão 3D e o movimento Maker

Impressão 3D e o movimento Maker

A impressão 3D é uma tecnologia essencial no movimento maker, isso porque ela possibilita a materialização de uma ideia de forma prática e rápida (se comparado às formas mais tradicionais de produção).

As impressoras 3D realmente ganham destaque em ambientes de criação. A versatilidade dos materiais utilizados na impressão 3D  tem tudo a ver com a cultura maker. Isso porque, além de possibilitar criação de diferentes objetos, também faz com que eles possam ter diferentes funções.

É indiscutível que as impressoras 3D estão impulsionando e democratizando, ainda mais, o movimento Maker. A transformação gerada pela impressão 3D já é vista e reconhecida nas indústrias e agora também é base da mudança cultural com foco na criação de soluções por qualquer pessoa.

A transformação gerada por essa tecnologia já é vista nas linhas de produção de empresas, mas agora é hora também para ser o fio condutor da mudança cultural com foco na criação de soluções por qualquer pessoa.

DICA: Se você gosta de Reality Shows pode acompanhar o “Batalha de Makers”: um programa que incentiva a criação e utiliza as mais variadas tecnologias para testar os participantes em competições que exigem conhecimento e habilidades criativas para resolver os problemas que são propostos. Vale a pena assistir 😉 

Impressão 3D e o movimento Maker

 

Qual o futuro do movimento maker?

 

Qual o futuro do movimento maker?Um dos motivos para o movimento maker ser tão especial e promissor é que ele não se limita à idade e nem à áreas de atuação.

Vamos repetir: qualquer um pode ser um maker, inclusive você!

O movimento maker e a impressão 3D estão provocando uma radical transformação na maneira como as empresas, profissionais, empreendedores, estudantes e pessoas se relacionam com as novas tecnologias e com sua própria criatividade.

Acreditamos que o futuro do movimento maker é também o futuro de toda a sociedade, na qual a cultura colaborativa terá mais valor e ganhará proporções exponenciais. A cultura maker é também sobre ter uma maior consciência de consumo e conseguir ser você o produtor das soluções que precisa.

No mundo em que vivemos é essencial que sejamos agentes transformadores e criadores de uma realidade mais democrática, sustentável e acessível para todos.

O movimento maker é sobre: compartilhar, aprender, criar e solucionar! O movimento maker é sobre o futuro que já está acontecendo!

Se você quer fazer parte do movimento Maker e começar a criar suas próprias soluções, nós podemos te ajudar! É só completar o formulário abaixo que nosso time de especialistas entrará em contato

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

Recentemente a impressão 3D ganhou um lugar de destaque na mídia. Com o cenário caótico e alarmante que estamos vivendo devido à pandemia da COVID-19, encontramos na tecnologia uma ferramenta para ajudar na luta contra a disseminação do vírus.

Máscaras, conhecidas como face shields, estão são feitas em impressoras 3D e servem para ajudar na prevenção de profissionais da saúde. A comunidade 3D mobilizou-se e uniu forças para conseguir produzir o maior número possível dessas máscaras.

Canais da mídia tradicional como TV Record, Globo e CBN, noticiaram a urgência da tecnologia 3D no cenário atual e como esse ainda é um setor pouco explorado pelas empresas, sendo necessário a ajuda e colaboração de todos aqueles que possuem impressoras 3D, em casa, na impressão das face shields.

Mas afinal, qual a relevância da impressão 3D nos dias de hoje? Essa é uma tecnologia para um futuro próximo ou para o agora?

É sobre isso que vamos conversar no conteúdo de hoje!

Onde a impressão 3D está sendo usada?

Sabemos que uma das principais características da impressão 3D é sua versatilidade, ou seja, pode ser utilizada em diferentes cenários, desde peças para indústria até produção de objetos de decoração, joia e design.

O fato é que muitas empresas já se conscientizaram que ter uma impressora 3D é um investimento que traz benefícios e otimiza o processo de produção.

Engenharia Reversa

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

 

É o caso, por exemplo, de indústrias que trabalham com Engenharia Reversa, que é um método de estudo e aprendizagem a partir de um objeto ou processo. Essa prática é muito comum para encontrar pontos de melhoria ou até mesmo analisar itens da concorrência.

Utilizando a engenharia reversa você analisará profundamente o objeto descobrindo os métodos e técnicas por trás dele.

Existem muitas vantagens quando associamos o uso da impressão 3D à engenharia reversa. Eles podem melhorar muito o desenvolvimento e prototipagem do objeto, o que resulta no aprimoramento do produto final.

Sem a impressora a criação dos protótipos seria dificultada, se tornando mais cara e demorada.

Área da saúde

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

 

Mais do que nunca a impressão 3D ganha destaque na área de saúde. Mas muito antes da pandemia da COVID-19 e da emergência na impressão de máscaras, alguns profissionais de saúde já utilizavam a tecnologia.

É o caso de dentistas que fazem protótipos para pacientes que colocarão próteses dentárias. É possível planejar tudo no computador e criar as próteses a partir da impressão 3D, direta ou indiretamente. Um exemplo disso são os “mockups”. Uma peça de teste para que o paciente verifique se a prótese está conforme o desejado.

Além disso, a impressão 3D também já está sendo utilizada no desenvolvimento de próteses, como foi o caso da prótese feita para o maestro João Carlos Martins.

Empreendedorismo

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

 

Já falamos aqui de alguns cases de sucesso da 3DLAB que fizeram da impressão 3D sua principal fonte de renda. Por ser uma tecnologia acessível, é uma opção bem interessante quando se pretende empreender.

Assim, além dos usos industriais, as impressoras 3D também ganharam um lugar de relevância para produtores de action figures, artigos de decoração personalizados, designers, entre outros.

Personalização de projetos

Impressão 3D: saiba porque ela é uma tecnologia necessária!

 

A personalização pode ser uma grande aliada das impressão 3D. Na verdade, esse é um desafio da indústria, uma vez que a produção de peças únicas ou de baixa tiragem tem custos mais elevados com os processos tradicionais.

Na usinagem, por exemplo, o custo do ferramental e o tempo de setup prejudicam a produção personalizada.

Já a impressão 3D permite criar objetos em alto ou baixo volume, sem interferir no custo.

Qual o papel da impressão 3D na indústria 4.0?

O termo Indústria 4.0 surgiu em uma Feira de Hannover, e foi utilizada como uma forma de nomear as mudanças proporcionadas pela informatização dos processos industriais.

Desde então, a chamada quarta revolução industrial já tomou forma e ganhou amplitude no mundo todo.

Se a terceira revolução industrial foi marcada pela produção em série por meio da automatização de linhas de fabricação, a indústria 4.0 tem como uma de suas principais caraterísticas a produção customizada e personalizada pelas necessidades de cada setor ou de cada cliente.

A cada ano uma maior fatia das indústrias adere às tecnologias de manufatura aditiva, tornando seus processos mais inteligentes e eficazes, indo de encontro às tendências da Indústria 4.0. Ou seja, produção eficiente e customizada a partir da junção entre inteligência artificial e análise de dados.

O que fazer na quarentena impressora 3d

Por que empresas devem investir em impressão 3D?

Se enganam os que ainda pensam que a impressão 3D é uma tecnologia do futuro. Mais do que nunca, ela se mostra como uma ferramenta necessária e relevante para o presente.

Sabemos que o sistema mercadológico é cruel com aqueles que não acompanham suas tendências. Ficar para trás e não investir em tecnologias emergentes pode significar o fim de um negócio.

Por ser uma tecnologia de baixo valor de investimento, seu custo-benefício pode ser surpreendente!

Por isso, acreditamos que a impressão 3D tem um papel fundamental na atualidade e que ainda tem um potencial imenso a ser explorado.

Se você precisa de ajuda para entender como a impressão 3D pode ajudar a transformar seu negócio, preencha o formulário abaixo que nosso time de especialista entrará em contato.

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

Sabemos que ficar em quarentena nesse momento é crucial para saúde de todos. Porém esse período não precisa ser chato e tedioso. Separamos ideias para você passar sua quarentena de forma bastante produtiva!


Afinal, o que fazer na quarentena? Como utilizar esses dias em casa de forma produtiva para manter a saúde, não só física, mas também mental?! Essas são algumas dúvidas de grande parte da população que está em período de isolamento.

Queremos ajudar você a tornar esses dias de tensão mais leves e agradáveis. Por isso, continue lendo este conteúdo se você quiser dicas do que fazer na quarentena.

Por que a quarentena é tão importante?

O mundo está vivendo um momento muito difícil devido a pandemia do novo corona vírus, também conhecido como COVID-19. Uma das melhores e mais indicadas medidas para diminuir os índices de contaminação, além da higienização, é ficar em casa.

O isolamento é muito importante neste momento e uma das mais eficazes formas de impedir a propagação, ainda maior, do vírus.

De acordo com especialistas da área de saúde, se as pessoas adoecerem ao mesmo tempo, não terá sistema de saúde para suportar a demanda de atendimentos. Aí é que entra a importância da quarentena.

Porém, você pode passar esse período de forma mais produtiva. Confira as ideias que separamos pra você sobre o que fazer na quarentena!

O que fazer na quarentena?!

1. Coloque suas leituras em dia

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

 

Com a correria da rotina acabamos deixando o hábito da leitura de lado. Sempre tem aquele livro que queremos muito ler, mas que não conseguimos finalizar ou nem começar. Pois então essa pode ser uma excelente hora para isso!

Agora se você me falar que não tem livros parados aí, tenho outra dica: a Amazon disponibilizou vérios e-books que podem ser baixados de graça. Tudo isso para que você utilize seu tempo ocioso de forma bastante inteligente: atualizando leituras e estudos!

2. Assista filmes e séries

Uma dica clássica, mas válida: colocar em dia aquela série que tanto gosta ou ver aquele filme que queria faz tempo!

É claro que o ideal não é passar todos os dias na frente da TV, mas com certeza você pode usar um pouco do seu tempo para assistir bons filmes e séries.

Tente fugir da sua zona de conforto, do que costuma assistir sempre. Você pode descobrir documentários incríveis, filmes que em outras ocasiões não assistiria e séries surpreendentes.

Quer dicas? Então confira essa lista que preparamos com algumas opções da Netflix:

Filmes

  • O poço;
  • Troco em dobro;
  • Operação fronteira;
  • O menino que descobriu o vento.

Séries

  • La casa de papel;
  • Vis a vis;
  • The witcher;
  • Elite;
  • Black Mirror;
  • Lucifer;
  • Vikings.

Documentários

  • O código Bill Gates;
  • A cabana e seus segredos;
  • Indústria americana.

3. Descubra novos artistas

Nessa época é muito importante apoiarmos pequenos produtores e artistas independentes. E esse é um ótimo momento para isso.

Acesse as plataformas de Streaming e busque por artistas independentes, normalmente com alcance menor do que aqueles que sempre estão na mídia.

Além de poder descobrir ótimos artistas você ainda estará contribuindo com eles.

4. Cuide do seu corpo e mente

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

 

Ficar em casa não é sinônimo de ficar parado! Exercite-se! Existem milhares de pessoas que estão disponibilizando ideias de treino em seus perfis nas redes sociais.

Fazer exercícios traz benefícios para o corpo e para a mente.

Além dos exercícios físicos você também pode meditar! Para quem nunca meditou é um desafio que trará inúmeros benefícios. Para quem já possui esse hábito, é hora de colocá-lo em prática.

5. Aprenda a trabalhar em home office

Muitos profissionais estão experimentando pela primeira vez o trabalho “home office”. Existem diversos desafios em ter que trabalhar dentro de casa, talvez as distrações e dificuldade em concentrar-se sejam as principais delas.

Porém, ao que tudo indica, o trabalho em home office é uma tendência mundial, que mesmo depois da pandemia que estamos vivendo, poderá ser vivenciado. Muitas empresas de tecnologia e algumas start-ups já utilizam o home office como parte da rotina de trabalho.

A quarentena é uma ótima oportunidade para você aprender qual a sua melhor forma de trabalhar home office. Cada profissional se adaptará melhor de uma maneira e o importante é descobrir qual a sua!

6. Alimente-se bem

De modo geral, quando ficamos em casa, a rotina de horários fica mais flexível. Assim, acabamos esquecendo de comer na hora correta e ainda caímos nas tentação dos carboidratos.  Além do aumento de peso, as consequências de não se alimentar de maneira correta faz com que nos tornemos menos produtivos (no caso de quem está fazendo home office isso é um fator importante!) e que tenhamos menos disposição para outras atividades.

Assim como a alimentação é muito importante, o consumo de água também é!

Lembre-se de se hidratar ao longo do dia. A falta de água pode trazer problemas a curto e longo prazo. Se você tiver dificuldade em lembrar de tomar água, uma dica é colocar lembretes em seu celular. Assim, ficará mais fácil manter a rotina saudável!

7. Conserte coisas pendentes

Toda casa tem aquele armário que está precisando de um ajuste, ou aquela parede que merece ganhar uma cara nova. Aproveite esse tempo da quarentena para organizar sua casa, deixa-la mais confortável e aconchegante, afinal, é nela que está passando grande parte do seu tempo!

Além de ter um ambiente mais agradável, você ainda poderá aprender novas habilidades que, normalmente, são terceirizadas na correria do dia-a-dia.

8. Use a sua impressora 3D!

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

 

Que tal utilizar esse tempo de quarentena para imprimir objetos de decoração ou até mesmo peças funcionais para sua casa? Existem diversos modelos já prontos que podem ser facilmente impressos e dão um toque especial para o ambiente.

Confira essas 8 ideias para imprimir hoje mesmo!

Se você ainda não tem uma impressora 3D, mas deseja comprar uma, clique na imagem a seguir e confira o nosso Guia completo para escolher a impressora 3D ideal para você!

O que fazer na quarentena impressora 3d

9. Relaxe!

Isso mesmo, permita-se relaxar! São tempos de muita tensão e preocupação. Está tudo bem se você não conseguir ser produtivo todos os dias. Tudo bem se tiver dias não muito bons. O importante é conseguir relaxar e ficar bem com você mesmo.

O equilíbrio talvez seja a palavra chave nessa situação. E cada um conhece qual o seu melhor ponto de equilíbrio. Por isso, não se cobre tanto e mantenha procure manter sua saúde mental da melhor forma possível.

O que não fazer na quarentena

 

Agora que você já tem várias ideias de como ocupar seu tempo ocioso de uma forma mais produtiva e saudável, vamos falar sobre o que não devemos fazer na quarentena.

O que fazer na quarentena? Conheça boas ideias!

 

1. Não procrastine

Como dissemos anteriormente,  muitas pessoas estão trabalhando em home office durante e quarentena e esse pode ser um grande desafio! A procrastinação poderá te atrapalhar a cumprir suas demandas com excelência. Por isso é importante tirar um tempo para o seu descanso, mas enquanto estiver trabalhando, não procrastinar.

Feche suas redes sociais e, se possível, deixe o celular longe a TV desligada. Assim, suas distrações serão menores e seu foco maior

2. Não reúna amigos em casa

Sabemos que é muito difícil passar todo esse tempo longe de quem gostamos. Mas é muito importante sabermos que qualquer tipo de aglomeração de pessoas pode ser perigosa. Por isso, procure não reunir amigos e familiares em casa.

Uma dica é fazer chamadas de vídeo para matar a saudade!

3. Não saia de casa se não for realmente necessário!

Por fim, o mais óbvio! Não saia de casa, a menos que seja realmente necessário. O isolamento horizontal (aquele que engloba não somente os grupos de risco, mas todos os cidadãos) é a principal ferramenta que temos para diminuir a proliferação do COVID-19 vencer esse vírus.

Essas são algumas dicas do que fazer e do que não fazer em período de quarentena. O importante mesmo é não deixar de se cuidar,  manter a atenção com a higienização, evitar ao máximo sair de casa e manter-se calmo e ativo! Existem muitas formas de fazer, desse, um momento de novas descobertas e oportunidades.

Mesmo longe, seguimos juntos.

Abraços virtuais

Vale a pena fazer um curso de impressão 3D?

Uma recente discussão entre a nossa comunidade é se vale a pena ou não fazer um curso de impressão 3D. Realmente tem muito conteúdo e conhecimento disponível na internet, além da possibilidade de aprender na prática. Porém, o curso pode acelerar o processo de aprendizagem, principalmente para quem quer levar isso mais a sério!


Com tanto conteúdo online disponível (inclusive em nosso blog disponibilizamos conteúdos do nível básico ao avançado), será que vale a pena fazer um curso de impressão 3D?

Sabemos que hoje em dia é bem mais fácil aprender sobre algo sozinho. Ou seja, aprender sobre as mais diversas técnicas consultando materiais disponíveis em sites e blogs especializados no assunto que deseja se aprimorar.

Por isso, muitas pessoas ficam na dúvida se devem investir em um curso, seja ele de qual área for.

Então, criamos este material para debatermos sobre as razões de fazer ou não um curso de impressão 3D. Confira e tire suas dúvidas!

O que você vai aprender em um curso de impressão 3D

Em um curso de impressão 3D você encontrará todo um material bem organizado e estruturado. O conhecimento vai desde a história da tecnologia até as técnicas mais avançadas.

Essas informações são muito importantes para quem quer se aprofundar mais no assunto e não só saber operar uma máquina.

Um consenso é de que as impressoras 3D não são “plug and play”. Ou seja, não é só ligar na tomada que sua peça será impressa. É necessário um certo conhecimento, seja para criar os melhores parâmetros, calibrar a máquina, entender as necessidades e características de cada material, entre outros pontos.

Esse aprendizado pode sim ser obtido através de conteúdos disponíveis na internet, mas a grande questão é seguir os passos corretos. Não adianta querer trabalhar com recursos avançados de um fatiador se você ainda não sabe calibrar a mesa de impressão, por exemplo!

Então, no curso de impressão 3D você terá uma linha de aprendizagem totalmente direcionada, ganhando tempo e conquistando os resultados desejados com maior velocidade.

Para quem não é o curso de impressão 3D

Fazer um curso específico tem várias vantagens (falaremos delas no próximo tópico), mas antes vamos mostrar para quem NÃO é indicado o curso de impressão 3D.

Se você está só querendo conhecer a tecnologia, não pensa em levar isso muito a sério, não recomendamos o curso. Por mais que você vai ganhar tempo de aprendizagem, o que vai aprender está muito além do que realmente utilizará para a finalidade que deseja.

Além disso, não pense que é só fazer o curso que no outro dia já estará imprimindo como um especialista. Se você estava com isso na cabeça, não deve fazer esse investimento! O conteúdo será todo passado nas aulas, mas você vai absorver mesmo é na prática.

Então, se você não tem muito tempo para praticar, também não recomendamos que faça o curso de impressão 3D, infelizmente!

Quais são as vantagens em fazer um curso de impressão 3D

Ganhe tempo

Leva tempo encontrar e organizar materiais realmente relevantes quando o assunto é aprendizado. Se você deseja aprender sobre impressão 3D, o curso fará com que você poupe seu tempo e aprenda o que realmente será utilizado no seu dia a dia com a tecnologia.

Lapidar os conteúdos da internet pode gastar um tempo precioso e sabemos que tempo é dinheiro, ainda mais se você pretende usar a impressão 3D para empreender.

Economize em materiais

Cada filamento para impressão 3D tem características diferentes. Saber qual usar para cada projeto pode ser um desafio para quem está começando agora.

Se uma peça ficará exposta ao sol, terá que suportar uma carga estática, carga de tração, deverá ser lixada após impressão, terá exposição a um reagente químico ou alta temperatura… saber analisar a aplicação de uma peça deve anteceder a escolha do material.

Então, nada mais interessante do que aprender a fundo sobre cada material disponível e ainda os parâmetros para impressão.

Economize em materiais

 

Vá direto ao ponto

Já falamos aqui sobre as inúmeras possibilidades que a impressão 3D oferece. Para cada uma delas existem detalhes de impressão que precisam ser levados em conta:

Essas são apenas algumas das configurações que devem ser pensadas na hora de iniciar uma impressão. Se você pretende começar um negócio específico, ou mesmo imprimir por hobby, precisa saber a melhor maneira de utilizar sua impressora 3D.

Em um curso você terá uma aprendizagem direcionada para solucionar o SEU problema.

E sobre o curso de Impressão 3D Online

Para quem tem uma rotina mais corrida e não consegue fazer o curso presencial, existem opções online.

Independentemente da modalidade, online ou presencial, acreditamos que com o curso você otimiza seu processo de aprendizagem e investe melhor seu tempo.

Aqui na 3D Lab nós abrimos turmas mensais para o Curso Intensivo de Impressão 3D. As turmas são reduzidas e TODOS OS ALUNOS LEVAM PARA CASA UMA IMPRESSORA 3D ENDER 3!! Então, fique ligado na próxima turma!

Se você tem interesse em participar, preencha este formulário aqui embaixo que nossa equipe já entrará em contato!

Empresa referência em impressão 3D. Impressoras, filamentos e resina para impressão 3D, cursos, manutenção e prototipagem.

Endereço

Rua Toyota, n°490, Jardim Piemont - Betim - MG 
A 20 min do centro de Belo Horizonte.

Horário de funcionamento

08:00 às 17:00 | Segunda à sexta-feira

Dúvidas gerais | Suporte | Vendas

Nossas redes

Este site é protegido pelo reCAPTCHA, a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.
3D Lab Industria Ltda.
CNPJ 20.212.019-0001/09
0