5 cuidados necessários com o filamento de impressora 3D que você ainda não conhece!

5 cuidados necessários com o filamento de impressora 3D que você ainda não conhece!

O filamento de impressora 3D tem uma responsabilidade direta na qualidade das peças impressas. Escolher um material ruim, de baixa qualidade, limita as possibilidades e pode fazer com que você perca muito tempo e ainda dinheiro. No entanto, mesmo escolhendo um bom filamento, de procedência, alguns cuidados são necessários para garantir a vida útil e as melhores condições.


Será que você sabe como realmente cuidar do seu filamento de impressora 3D e garantir que ele tenha as melhores características e uma longa vida útil? Alguns filamentos são bem sensíveis às condições em que são armazenados, absorvendo umidade do ar, sujeira ou outras influências que alteram completamente a qualidade, transferindo os problemas para as peças impressas.

Quando o filamento é produzido há um cuidado especial para que ele saia da fábrica nas melhores condições — com nível de umidade controlada, embalado à vácuo em plástico metalizado que também protege contra raios UV, além da embalagem conter sílica. No entanto, esse esforço pode se perder se você simplesmente abre a embalagem e não cuida do material adequadamente.

Por isso, criamos este conteúdo para lhe mostrar quais são os principais cuidados necessários com o seu filamento de impressora 3D. Leia o material na íntegra e aumente a vida útil dos seus filamentos!

Sem tempo para ler? Então ouça este conteúdo clicando no player a seguir:

1. Analise o seu ambiente de trabalho

Para se ter uma ideia clara dos cuidados a serem tomados com o seu filamento de impressora 3D, comece analisando o ambiente onde eles serão utilizados e armazenados.

O ambiente possui ar condicionado? Se sim, isso pode influenciar em suas impressões principalmente com ABS. Outro ponto a se levar em conta é se o ambiente tem alto percentual de umidade. Isso porque um dos grandes problemas para os filamentos é a absorção de umidade, que faz com que eles fiquem quebradiços e com bolhas.

Para regiões cujo o clima é extremamente úmido recomenda-se deixar o filamento guardado em caixas organizadoras com sílica e desumidificadores. Nunca deixe o filamento exposto quando não estiver sendo utilizado em sua impressora.

impressora_3d_parada_5_

2. Tenha um local apropriado para armazenar seus filamentos de impressora 3D

É muito comum ver usuários de impressão 3D deixando os carretéis com filamentos nas impressoras, mesmo quando elas não estão sendo utilizadas. Apesar disso ser uma prática muito adotada, não é recomendada!

O filamento exposto pode absorver muita umidade e reduzir drasticamente a vida útil. Além disso, a própria sujeira e poeira carregada no ar pode acumular no filamento e causar entupimento no bico.

O ideal é reservar um espaço para os seus filamentos, de maneira que eles fiquem bem condicionados. As caixas organizadoras, mencionadas no tópico anterior, solucionam o problema.

3. Observe os sinais que seu filamento de impressora 3D pode dar

O seu filamento de impressora 3D pode demonstrar se está ou não em boas condições. O filamento PLA, por exemplo, absorve umidade com mais facilidade do que o filamento ABS. Se estiver em uma condição ruim, ao tentar imprimir com ele você ouvirá um som de pequenas bolhas estourando.

Essas bolhas são formadas durante a absorção de umidade e ocupam o espaço do filamento. Quando o mesmo passa pelo extrusor, essas bolhas estouram, causando uma falha de extrusão, com falta de material.

Então, fique atento aos sinais que seu filamento e impressora podem lhe passar!

Leia também:

4. Sempre guarde o filamento com a ponta travada e tensionada

Um dos problemas mais comuns enfrentados pelos usuários de impressão 3D é o nó no carretel. Esse problema é causado, em quase totalidade das vezes, pelo mau armazenamento do filamento, mais especificamente ao deixar o carretel com a ponta solta.

O enrolamento do filamento é feito de forma mecânica, em uma máquina apropriada. O enrolador preenche todo o carretel e só depois disso a ponta é cortada e travada. Isso impossibilita que o filamento tenha o famoso nó durante a fabricação.

Se você receber seu filamento e a ponta dele não estiver travada no carretel, acione o seu fabricante e comunique o problema. Já durante o uso, sempre deixe seu filamento tensionado e prenda a ponta quando não for utilizar mais.

Agora, se o problema já aconteceu, não se preocupe! Há uma forma de tirar o nó, mas você precisa tirá-lo completamente, senão o travamento vai continuar acontecendo. Para tirar, veja o vídeo a seguir que preparamos:

5. Utilize um filtro para limpeza do filamento

Por fim, é interessante adicionar à impressora 3D um filtro de limpeza do filamento. Esse filtro pode ser baixado de sites gratuitos. Se quiser uma sugestão de arquivo, basta clicar aqui.

O objetivo do filtro de limpeza é justamente não deixar que a poeira e sujeira acumulada no filamento seja transportado para o extrusor, indo para no bico de impressão. Se a quantidade de sujeira for alta, pode acarretar em obstrução total ou parcial do bico, prejudicando a sua impressão 3D.

Portanto, neste conteúdo nós vimos 5 cuidados básicos com o seu filamento de impressora 3D. Essas dicas ajudam a garantir a qualidade do seu material e das suas impressões. Por mais que pareçam dicas simples, essas pequenas ações trazem resultados significativos!

Lembre-se de que a qualidade do seu filamento também é um fator fundamental para alcançar boas peças. Por isso, agora confira nosso outro artigo de comparação dos filamentos para impressora 3D!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *