• (31) 97113-7028 (Vendas)
  • (31) 99150-4973 (Suporte, manutenção e projeto)

Dicas e Tutoriais

Como imprimir com o filamento PETG da 3DLAB. Guia completo!

O filamento PETG é um material muito resistente e flexível. Ele é a escolha certa para a impressão de peças que precisam absorver impactos. Muitas pessoas acreditam que esse material veio para substituir o ABS. Entre suas vantagens estão a não emissão de gases tóxicos, possibilidade de uso de impressoras abertas, além de não se delaminar ou rachar (Warp).

A matéria prima do filamento PETG é considerada FoodSafe, ou seja, pode entrar em contato com alimentos. Porém, como os filamento coloridos carregam pigmentos, indicamos apenas o PETG natural para esse fim. Lembrando que o próprio processo de impressão pode fazer perder essa propriedade, pois as impressoras não são esterilizadas.

Então, para que você consiga utilizar corretamente o filamento PETG, criamos este guia completo, com todas as configurações indicadas. Confira!

Calibre a sua impressora

O mais importante com esse filamento é a calibração. O segredo é ter espaço suficiente para deposição do fio sem que ele encoste na camada anterior. Quando o bico ‘arranha’ a camada anterior começam a se formar pequenos fios. Em seguida, uma bolha de material se forma, chamada blob. É como se esse filamento gostasse de ser impresso no ar. Se você perceber que tem material se acumulando, suba o bico 0,02mm no eixo Z.

Acerte a retração

É também característica do filamento PETG ser pegajoso (oozy). Portanto, você pode abusar do retract para sugá-lo de volta para o bico. Para impedir a formação de blob nos pontos de partida da camada é recomendado ativar a opção Wipe Nozzle com distância de aproximadamente 5,0 milímetros. A opção “Coast at End” também pode funcionar, mas pode deixar lacunas ou pontos finos na parede (Distancia de 0,2mm).

Considerações extras:

  • sempre que notar material se acumulando no bico depois de algumas horas de impressão, você precisa limpá-lo. Um palito longo faz bem o serviço. Depois que sua impressão terminar, aproveite o bico ainda quente para retirar o material sobre o bico;
  • planeje capturar a purga com sua pinça no lado da mesa quando você iniciar uma impressão. Apenas evite a possibilidade de blobs adiantados, embora o Wipe faz geralmente um trabalho razoavelmente bom.

Diminua o fator de extrusão

Subextrusar o filamento torna a superfície da peça mais agradável. Seja qual for o fator de multiplicação de extrusão que você determinou durante a calibração da impressora, reduza-o em 0,05mm. Portanto, se o seu multiplicador de extrusão é de 1,00, abaixe para 0,95. Dê uma olhada no exemplo abaixo:

filamento petg

  Extrusão normal à esquerda, com um aspecto mais fosco para peça. Já subextrudado, à direita, o acabamento fica melhor. O única fio que se formou na impressão aconteceu no final, quando a mesa moveu para baixo, uma impressão perfeita.

Observação: Impressoras com extrusor do tipo allmetal, ou sem teflon interno, pode necessitar da utilização de lubrificação no filamento, comumente utilizado em PLA.

Imprima mais lentamente

Para uma peça criteriosa é recomendado velocidades abaixo de 60mm/seg. Além disso, retardar a primeira camada até 40% não adiciona muito tempo à impressão e você terá resultados muito melhores. Então, sempre lembre de que segredo de uma boa impressão é o início bem feito, entre as primeiras camadas.

Acione o cooler quando preciso

As camadas tendem a se unir melhor sem ventilação e o acabamento superficial fica melhor se você utilizar o cooler após a primeira camada. Sempre que precisar fazer bridge deixe a ventilação ligada totalmente.

Faça peças com preenchimento mais sólido

Use um preenchimento de pelo menos 35% em suas peças, especialmente em impressões grandes e pelo menos 4 camadas superiores. O filamento PETG é viscoso e, portanto, precisa de várias camadas superficiais para preencher as depressões que se formam sobre o infill.

Tenha atenção nas pontes (Bridging)

O PETG tem que ser muito bem calibrado para poder imprimir no vazio. Ele enrola se os fios não aderirem corretamente nas bordas e começa a acumular material no bico.

filamento petg

Bridging sem ajustes, ventilador desligado.

Então, segue algumas recomendações para um bom bridging:

  • aumente a extrusão, enquanto o bico faz a ponte (se ele ficar muito fino ele arrebenta);
  • moderadamente aumente a velocidade de ponte de modo que ele atravesse a abertura antes que arrebente;
  • a direção da ponte faz uma grande diferença na qualidade, sendo a ponte ao longo do eixo x (da esquerda para a direita) sendo a melhor.  Em impressoras cartesianas. Lembre-se de posicionar a peça de forma que a ponte seja feita na menor distancia possível;
  • cooler ligado no máximo.

filamento petg

Configure o software corretamente para o filamento PETG

Não só no filamento PETG, mas como em todos os outros, é fundamental configurar corretamente o software de impressão. Para isso, analise as seguintes dicas de configuração:

Extrusor

  • diâmetro do bico: 0,4 mm;
  • multiplicador de extrusão: 0,95 (1,00 – 0,05 = 0,95);
  • largura de extrusão: 0,40mm;
  • distância de retração: 4,0mm;
  • distância de reinício extra: -0,2mm;
  • vertical lift: 0,00 mm;
  • velocidade de retração: 40mm/s;
  • cost at end: 0,2mm;
  • wipe nozzle: 5,00mm.

Camada

  • altura da camada: 0,25 mm (PETG gosta de uma camada mais alta, gera um bom acabamento com menor tempo de impressão);
  • camadas Sólidas Superiores: 4-5 (especialmente para infill abaixo de 40%. Você pode obter com menos camadas superiores com infill maior que 40%);
  • camadas sólidas inferiores: 4-5 (pode-se utilizar menos se não tiver bridging);
  • contornos de Esboço/Perímetro: 3;
  • direção do Esboço: Inside-Out;
  • altura da primeira camada: 0,3mm;
  • largura da primeira camada: 100%;
  • velocidade da primeira camada: 40%.

Suporte

  • percentagem de enchimento de suporte: 30%;
  • sem suporte denso;
  • desvio horizontal: 0,5 mm;
  • camadas de separação vertical superior: 1;
  • camadas de separação vertical inferior: 0.

Temperaturas

  • temperatura do extrusor (camada 1): 250°C;
  • temperatura do extrusor (camada 2): 242-247°C;
  • temperatura mesa: 85°C (ajuda na fixação o uso do Spray de cabelo,Fita Kapton ou direto no vidro com cola bastão, com a cola é possível imprimir com mesa fria).

Arrefecimento

  • camada 1: 0%;
  • camada 2: 0%;
  • camada 3: 100% (se você quiser um acabamento de superfície mais agradável, ou existe ponte em sua peça, use ventilador 100%. Para melhorar a aderência entre camadas desligue o ventilador).

Outros

  • velocidade de impressão padrão: 60mm/s;
  • velocidade de contorno: 50%;
  • velocidade de Preenchimento: 70%;
  • velocidade de Suporte: 70%;
  • velocidade de movimento do eixo X / Y: 100mm/s;
  • velocidade de deslocamento do eixo Z: 16,7mm/s;
  • compensação de tamanho Horizontal: 0 mm;
  • diâmetro do filamento: 1,75mm;
  • limite de área não suportado: 10,0 milímetros quadrados (este material afunda, a velocidade da ponte somente retrocedem acima deste tamanho, por isso o ajuste pequeno);
  • distância de Inflação Extra: 1.0 mm;
  • multiplicador de extrusão de pontes: 140%;
  • multiplicador de velocidade de ligação: 125%.

Avançado

  • permitir preencher lacuna quando necessário: sim;
  • sobreposição de perímetro permitida: 0%;
  • apenas se retraia ao cruzar espaços abertos: não;
  • forçar retração entre camadas: sim;
  • curso mínimo para retração: não;
  • executar retração durante o movimento de limpeza: sim;
  • limpe somente a extrusora para perímetros mais externos: sim;
  • evite cruzar contorno para movimentos de viagem: não.

Então, como vimos em nosso guia, o filamento PETG traz característica como a facilidade de impressão do PLA, aliada com a boa resistência mecânica e térmica do ABS. Na cor natural, possui alto grau de transparência. Pode ser utilizado em impressora aberta e mesa à temperatura ambiente, utilizando cola bastão. É disponibilizado tanto no diâmetro de 1,75mm quanto no diâmetro de 2,85mm.

Se você também deseja conhecer o filamento PETG, confira agora as nossas promoções na Loja Virtual.

Se ainda tiver qualquer dúvida extra para usar esse filamento, entre em contato conosco pelo e-mail suporte@3DLab.com.br, pelo telefone (31) 3594-4973 ou (31) 99150-4973 (com WhatsApp).

OBS: este guia foi baseado em outro material.

6 Respostas

  1. Rodinei Weber

    Bom dia.
    Poderiam me dar uma dica nas configuraçoes para esse material usando a printer BFB 3000 Plus? A empresa britanica fabricante a Bits From Bytes disponibiliza apenas o fatiador AXON 2 (que utilizo) pAara gerar o g-code.

    Se puderem me ajudar agradeço.

    1. Suporte 3DLAB

      Boa tarde Rodinei,

      Você pode tentar utilizar as mesmas configurações do PLA de inicio e depois verificar o que o resultado. E então realizar o ajustes.

  2. César

    Hola, boa noite.
    Comprei a pouco o filamento PETG e estou configurando a impressora Mini Kossel com o Slic3d.
    Tenho problemas pois não cola na mesa aquecida (55 graus) e o hotend a 245.
    Apreciaria de algumas dicas para configurar e poder imprimir com este material.

    Att.

    César

    1. Suporte 3DLAB

      Bom dia,

      Realmente a temperatura da mesa esta muito baixa. Recomendamos para uma boa aderência a temperatura de 85°C. Em nosso tutorial estão disponíveis as configurações necessárias para uma boa impressão. Qualquer duvida extra não exite em nos contatar.

Leave a Reply