Compras acima de R$ 400,00 você receberá o frete grátis!*EXCETO IMPRESSORAS 3D

Filamento flexível da 3D Lab: como imprimir com esse filamento!

O filamento flexível tem aplicações bem interessantes, como a criação de palmilhas, anéis de vedação, pulseiras e outras coisas. No entanto, para imprimir com perfeição e evitar problemas é necessário buscar conhecimento. Neste conteúdo nós vamos abordar o passo a passo para trabalhar com esse filamento para impressora 3D.


Um dos filamentos para impressora 3D especiais produzidos em nossa fábrica é o filamento flexível. Esse produto consegue ampliar a utilização da impressora 3D em peças que precisam de uma boa flexibilidade. No entanto, ele tem alguns segredos para ser utilizado e, pensando nisso, criamos este artigo com as principais dicas sobre como imprimir com filamento flexível. Confira!

1. Regule a temperatura de extrusão do filamento flexível

A temperatura de impressão do nosso filamento flexível é em torno de 225°C. Esse valor pode variar de acordo com a impressora e clima local. Após acertar essa temperatura, verifique a fluidez do material, extrusando um pedaço manualmente.

Caso o material esteja pouco fluido, aumente a temperatura de 2 em 2 graus Celsius. Porém, se o material estiver mais líquido, diminua a temperatura na mesma proporção, até encontrar o valor ideal.

2. Escolha a velocidade de impressão

Fundamental para saber como imprimir com filamento flexível é acertar os parâmetros. Nesse sentido, quanto maior a velocidade, mais ajustada a impressora deve estar. Toda folga entre o tracionador e o extrusor será um escape para o filamento, que pode dobrar e interromper a impressão, como mostrado nas fotos abaixo.

filamento flexível

Figura 1- Dobra do filamento flexível, interrompendo a impressão

Para impressoras comuns, a velocidade indicada é em torno de 20mm/s. Já as impressoras que têm o extrusor desenvolvido para filamentos flexíveis, essa velocidade poderá subir bastante, se igualando à do PLA, que é em torno de 60mm/s.

3. Certifique-se que a primeira camada está correta

A primeira camada deverá estar mais afastada possível da mesa, sem a perda de aderência. Então, quanto mais comprimida ela estiver, mais difícil será a saída do material, diminuindo a vazão e ocasionando a dobra em locais mais propícios (como as folgas do item anterior).

4. Regule a altura das camadas de impressão

Quanto menor a altura da camada, além de melhorar a qualidade, resultará em um aumento da aderência entre camadas. Indicamos a utilização de layers entre 0,1mm a 0,2mm.

5. Regule a função Retract

Para filamentos flexíveis, quanto menor a distância de retract, melhor será para a impressão. A velocidade deverá ser a metade do valor utilizado na impressão. Indicamos a utilização do filamento flexível em peças que não exigem retract, pois normalmente, ao invés de retrair, o filamento estica, e depois ao contrair novamente pode aumentar o volume e obstruir o canal, gerando interferência e dobrando nos pontos do item 2.

Portanto, o filamento flexível é um material que possibilita impressões de peças auxiliares, como um pneu, uma esteira, partes de peças com ajustes etc. Podem também ser utilizados para peças inteiras, como palmilhas de calçados. A aplicação é enorme.

Apesar de ser um pouco mais difícil de utilizar, depois que você entender como imprimir com filamento flexível, ele se torna um material bem tranquilo de ser usado, possibilitando projetos incríveis. O nosso filamento flexível, da 3D Lab, comparado a outros do mercado, apresenta maior rigidez, possibilitando a impressão em velocidades maiores, além de apresentar ótima qualidade superficial.

Então, neste tutorial você ficou preparado e sabe como imprimir com filamento flexível. Se ainda tiver qualquer dúvida, não deixe de entrar em contato conosco e teremos o prazer em lhe ajudar! Atendemos pelo chat online, e-mail ([email protected]) ou pelos telefones (31) 3594-4973 e (31)97113-7028 (WhatsApp).

Comente com o Facebook

Comentários

>
  1. NewEsc disse:

    Já imprimi mas vou com filaflex! Mas este parece de facto bem mais resistente. Pena que não seja compativel com a minha impressora 3D!

    Cumps

  2. NewEsc disse:

    Já imprimi mas vou com filaflex! Mas este parece de facto bem mais resistente. Pena que não seja compativel com a minha impressora 3D!

    Cumps

  3. João Alexandre Macluf disse:

    Estou tentando imprimir com o material Flex de vocês seguindo as instruções mas após alguns minutos imprimindo o cabeçote obstruir, alguma sugestão? Já tentei aumentar a temperatura, ai a impressora acusar excesso de filamentos sendo expelido.
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Entre ou Cadastre-se

Carrinho

Rua Toyota, 490 - Jardim Piemont, Betim - 32689-354

(31) 3594-4973

+5531971137028

[email protected]