Skip to main content
Em compras acima de R$400,00 o frete é grátis! Promoção válida para os estados do Sul e Sudeste e somente para filamentos e resinas.

Tag: Impressora 3D

suportes

Suporte de impressão 3D: aprenda a utilizar a seu favor!

Para ter uma boa qualidade nas peças impressas é muito importante saber utilizar o suporte de impressão 3D. Esse material serve para ancorar as estruturas e garantir que as camadas estejam bem resistentes e não deformem. Por isso, vamos mostrar neste conteúdo tudo o que você precisa saber para criar as melhores estruturas de suporte.


Pode ser que você já tenha ouvido falar para sempre fugir do suporte de impressão 3D, não é mesmo? Sim, eles podem ser considerados desperdício de material e podem ser difíceis de remover. No entanto, dependendo do modelo a ser impresso ele se torna fundamental para que o resultado final entregue um alto nível de qualidade.

Existem infinitas maneiras de evitá-los, porém, quando isso não é possível vale a pena saber a melhor maneira de utilizá-los. Por isso criamos esse conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre as estruturas de suporte para impressão 3D antes de começar a imprimir pontes ou projeções em seus modelos. Confira!

O que são suportes?

suporte de impressão 3D

As impressoras 3D FFF (Fused Filling Fabrication) trabalham depositando camada sobre camada de filamento para criar um objeto 3D. Nesse método, cada nova camada deve ser suportada pela camada abaixo dela. Se o seu modelo tiver uma cobertura que não seja suportada por nada abaixo, você precisará acrescentar estruturas de suporte de impressão 3D adicionais para garantir uma impressão bem-sucedida.

Suporte são considerados um mal necessário na impressão 3D. Uma vez que, eles são absolutamente necessários para modelos com projeções ou pontes. Por outro lado, eles aumentam os custos de material, adicionam mais trabalho de pós-processamento e podem danificar a superfície do modelo. Conseguir as estruturas de suporte de impressão 3D corretas é, portanto, um aspecto muito importante para os modelos que necessitam delas.

Quando utilizar estruturas de suporte para impressão 3D?

suporte impressão 3d

Quando uma projeção ou ponte em seu modelo não tem suporte abaixo, você pode considerar usar estruturas de suporte de impressão 3D. Por exemplo, as letras Y, H e T podem ilustrar esse conceito.

Não é necessário suporte para todas as projeções (Regra dos 45º). Se uma projeção estiver inclinada em menos de 45º em relação à vertical, geralmente você pode imprimir sem suporte. Isso ocorre porque as impressoras 3D têm um pequeno deslocamento horizontal entre camadas, permitindo que projeções com menos de 45º sejam suportadas pelas camadas anteriores.

No caso das letras Y e T, fica evidente quando suporte não é necessário em Y, já que os ângulos da letra Y são inferiores a 45º, então pode ser impressa sem suporte. Por outro lado, as projeções na letra T têm um ângulo de 90º, exigindo suporte para uma impressão correta.

Da mesma forma como é visto na letra H que existem pontes. Nem todas as pontes precisam de suporte (Regra dos 5 mm). Se uma ponte tem menos de 5 mm de comprimento, a impressora pode imprimi-la sem suporte usando uma técnica chamada Bridging. No entanto, para pontes com mais de 5 mm, é necessário adicionar estruturas de suporte.

suporte de impressão 3D

Como testar a capacidade das impressões?

suporte de impressão 3D

A regra de que impressões com ângulos de até 45º em relação à vertical não precisam de suporte é uma diretriz prática. No entanto, esse limite pode variar dependendo da condição da sua impressora e do material utilizado. Por exemplo, uma impressora em condições ruins pode não conseguir imprimir projeções com ângulos de 35º ou 40º em relação à vertical.

Portanto, é recomendável verificar a capacidade da sua impressora antes de imprimir modelos com projeções. Isso pode ser facilmente feito baixando e imprimindo o “Massive Overhang Test” do Thingiverse, que contém projeções variando de 20 a 70 graus em incrementos de 5 graus.

Após imprimir o teste, identifique o ângulo no qual a impressora começa a apresentar falhas, pois esse será o ângulo máximo que ela pode imprimir sem suporte. Faça uma anotação desse valor para ajudar na decisão de onde usar suporte e onde não.

Quais as vantagens de usar suporte?

suporte de impressão 3D

1. Criação de peças complexas

Os materiais de suporte permitem a fabricação de peças com geometrias complexas que seriam difíceis ou impossíveis de serem produzidas de outras maneiras.

2. Inovação em design

Profissionais como arquitetos podem imprimir projetos conceituais mais ousados em 3D, explorando formas e estruturas inovadoras.

3. Liberação de restrições

Engenheiros e projetistas têm liberdade total em seus projetos, sem estarem limitados pelas restrições dos métodos tradicionais de fabricação, como fresamento ou moldagem.

4. Personalização de auxiliares de fabricação

Ferramentas, gabaritos e acessórios podem ser personalizados para tarefas específicas, aumentando a eficiência e precisão na produção.

5. Impressão de conjuntos complexos

Mesmo modelos com partes móveis separadas ou conjuntos intricados podem ser impressos de uma só vez, simplificando o processo de montagem e reduzindo o tempo de produção.

Quais são as desvantagens de usar suportes?

suporte de impressão 3D

Você pode estar se perguntando por que estamos discutindo onde o suporte é necessário e onde ele deve ser evitado. O motivo de toda essa confusão é porque usar estruturas de suporte de impressão 3D tem suas desvantagens. Veja quais são elas!

1. Aumento do custo do material

As estruturas de suporte requerem material adicional e são removidas e descartadas após a impressão.

Se você estiver usando impressão 3D para produção de peças para comercialização provavelmente se preocupará com o custo por modelo. Mas se você faz impressões por hobby você também se preocupa com isso.

Estruturas de suporte de impressão 3D obviamente aumentam o custo do modelo. As estruturas de suporte consomem material e este material é posteriormente removido e descartado. Assim, cada parte da estrutura de suporte que você usa, aumenta o custo do modelo.

2. Maior tempo de impressão

As estruturas de suporte também aumentam o tempo da impressão 3D, uma vez que mais partes precisam ser impressas.

3. Necessidade de pós-processamento

suporte de impressão 3D

As estruturas de suporte de impressão 3D não fazem parte do modelo final. Elas são na verdade apenas suportes utilizados durante a impressão para imprimir pontes e projeções sem prejudicar o resultado da impressão. Isso significa que, depois que você terminar, ainda terá como tarefa adicional remover as estruturas antes que o modelo esteja pronto para uso.

Em um ambiente de impressão 3D para comercialização, o acréscimo de trabalho significa um custo adicional ao modelo.

4. Risco de danificar o modelo

Esquerda: Impressa com suporte. Meio: A remoção do suporte causou danos. Direita: Suporte removido sem muitos danos. (fonte: 3DHubs)

As estruturas de suporte de impressão 3D tocam e geralmente aderem às paredes dos modelos. Pois essa é a única maneira de fornecer suporte a projeções e pontes. Se você não for cuidadoso ao remover essas estruturas, elas poderão deixar resíduos na superfície do modelo. Portanto na pior das hipóteses, parte do modelo pode romper com a estrutura do suporte.

Considerando todas as desvantagens a regra prática é: minimizar o uso delas e adicioná-las somente quando realmente for necessário.

Quais são as geometrias mais comuns de suporte?

Existem dois tipos comuns de estruturas de suporte para impressão 3D:

  1. suporte em árvore;
  2. suporte linear.

Suporte em Árvore

suporte de impressão 3D

Este tipo de suporte é uma estrutura em forma de árvore que suporta as projeções do modelo, pois ele toca a peça apenas em determinados pontos.

A vantagem de utilizar este tipo de suporte para impressão 3D é que a sua remoção é mais fácil e ele não danifica de forma significativa os pontos de contato com a peça. Mas lembre-se que ele é adequado apenas para projeções não planas como ponta do nariz, ponta do dedo ou arcos, pois ele não fornece estabilidade suficiente para projeções planas.

Suporte Linear

suporte de impressão 3D

Esse é o tipo mais comum de suporte utilizado na impressão 3D. Pois ele consiste em pilares verticais que tocam a totalidade do vão entre a projeção e a mesa.

Esse tipo de suporte para impressão 3D funciona para quase todas as projeções e pontes. No entanto, eles são muito mais difíceis de remover e muito mais propensos a causar danos à superfície do modelo.

Outra solução: estruturas de suporte de impressão 3D solúveis

Se sua impressora for de dupla extrusora, existe uma opção melhor do que o tradicional suporte. Você pode carregar uma extrusora com PLA para imprimir o modelo e a outra com um material solúvel em água como o HIPS para imprimir a estrutura de apoio. Uma vez terminada a impressão, basta lavar a estrutura de suporte imergindo o modelo em água ou D-Limoneno.

Esse método de remoção reduz o risco de danos no modelo e facilita o trabalho de pós-processamento. Por isso ele é ideal para impressões mais complexas!

Como remover o suporte sem danificar o modelo?

suporte de impressão 3D

Como as estruturas de suporte de impressão 3D são difíceis de remover e podem danificar o modelo, existem alguns truques que podem te ajudar.

  1. Primeiro, identifique as estruturas de suporte de impressão 3D que estão completamente expostas e fáceis de remover com os dedos. Tente romper essas estruturas manualmente. No entanto, seja sutil durante o processo. Se você fizer isso direito, a maior parte da estrutura de suporte deve sair facilmente.
  2. Em seguida, use uma ferramenta (como por exemplo um alicate ou uma faca) para remover as estruturas que são mais difíceis de acessar. Você também pode usar uma combinação de várias ferramentas de acordo com o suporte que necessita retirar.
  3. Ao usar uma faca, é uma boa ideia aquecer a lâmina. Isso facilita o corte das estruturas de suporte, no entanto, vale ressaltar que você deve manter a atenção para não danificar o modelo impresso.
  4. Lixa também é uma ótima ferramenta para remoção. O lixamento úmido com lixas de alta gramatura (220 a 1200) removerá as estruturas de suporte e também polirá o modelo. Então para melhores resultados, aplique água na peça e lixe em movimentos suaves até que a qualidade da superfície desejada seja alcançada.

Você pode usar o lixamento úmido para remover os últimos pedaços de estruturas de suporte e polir a superfície do modelo (Fonte: Formlabs)

Como otimizar os suportes nos fatiadores?

suporte de impressão 3D

1. Fragilidade

Quanto mais próximo o contato do suporte e da peça com relação à mesa de impressão, mais fino o galho fica.

Se você quer galhos mais firmes e mais estruturados, aumente o diâmetro do suporte.

2. Qualidade do contato do suporte

Uma boa dica para melhorar a qualidade do acabamento do suporte é tornar a camada entre o suporte e a peça mais densa.

Você consegue alterar isso na maior parte dos fatiadores no parâmetro “espaçamento padrão da interface” fazendo com que essa camada seja sólida e possua maior preenchimento.

Desta forma, seu suporte não atrapalha diretamente a qualidade da peça e ainda fica mais fácil de remover!

3. Distância de contato no eixo Z

Nessa configuração você consegue medir a distância entre o suporte e a sua peça.

Quanto maior a distância, mais fácil de remover o suporte, porém, essa configuração pode acabar atrapalhando na qualidade de impressão.

Então, para definir melhor esse número o ideal é realizar testes em cada peça para obter o melhor resultado para aquele projeto especificamente.

4. Padrão de espaçamento

Nessa configuração você vai definir a distância entre os pilares de suporte. Valores maiores nessa configuração, reduzem a quantidade de suportes que você coloca na sua peça.

Se você aumenta a quantidade de suportes, isso torna a remoção deles na sua peça mais complexa. Se você diminui a quantidade de suportes, fica mais fácil de remover.

De maneira geral, lidar com os suportes é um exercício de avaliação. Há vantagens e desvantagens em adicionar ou remover suportes em peças, e essa escolha dependerá da peça específica e dos objetivos do projeto.

É essencial analisar cuidadosamente cada parâmetro do suporte, levando em consideração o formato do arquivo STL e os requisitos de qualidade, acabamento e resistência mecânica da peça final. Dessa forma, o resultado será satisfatório.

Depois de todas essas informações, esperamos que você já esteja apto a utilizar os suportes de impressão 3D para obter sempre peças de qualidade. Agora vale a pena aprender um pouco mais sobre a resistência das suas peças impressas, não acha?

Continue lendo

impressora 3d preço

Qual é o preço de impressora 3D? Conheça os melhores modelos!

O preço de impressora 3D no Brasil varia bastante. Para fazer uma boa escolha é necessário observar as características de cada modelo e associá-las às suas necessidades.


O preço de impressora 3D vem caindo bastante no mercado. Alguns anos atrás, ter uma máquina era sinônimo de um alto investimento. Porém, isso já não é uma realidade nos dias atuais. Muito disso é devido à queda de patentes, desenvolvimento de empresas nacionais voltadas para a manufatura aditiva e, claro, a facilidade dos modelos fabricados na China.

No entanto, saber qual impressora 3D comprar não é fácil! Existem diversos modelos, marcas, tipos e características.  E essa quantidade enorme de opções ajuda para que o preço de impressora 3D seja mais versátil atualmente. Além disso, a escolha perfeita passa muito pela análise das necessidades e do objetivo com a impressora.

Sabemos que o preço é fator determinante para definição de compra. E não tem nada melhor do que fazer uma excelente compra e que resolva de fato seus problemas e desejos, não é mesmo? 

No conteúdo vamos ajudar nessa escolha com os principais preços de uma impressora 3D no mercado, confira!

Preço de impressora 3D: escolho nacional ou importada?

O mercado brasileiro produz máquinas de alta qualidade. Algumas marcas nacionais têm modelos bem conhecidos pelo público, que entregam confiabilidade, precisão, suporte próximo e garantia.

Entretanto, é claro que para qualquer empresa brasileira (não só no mercado de impressão 3D) é muito difícil competir com o mercado chinês. Impressoras como as da linha Ender fazem muito sucesso em todo o mundo, inclusive por aqui!

Nesse caso, a grande dificuldade está no suporte técnico, demora na entrega e possibilidade de taxação ao importar. Como é o caso de sites como Aliexpress e eBay que, além de taxas de importação e longo prazo de entrega, não fornecem suporte e nem garantia. 

Se está pensando em maneiras de contornar a situação, calma!

Quanto a isso existe uma solução: a 3D Lab é representante oficial da marca Creality no Brasil. Com isso, oferecemos suporte técnico especializado e garantia. Também temos máquinas a pronta entrega, sem taxas adicionais! Vale a pena conferir a nossa loja e comparar os diferentes modelos disponíveis.

Portanto, a nossa primeira dica sobre qual impressora 3D comprar é: amplie sua pesquisa para além do preço de compra! Analise toda a situação, entenda os riscos de importar uma impressora 3D da Creality e os benefícios em comprar uma aqui no Brasil. Mas afinal, qual é o preço de impressora 3D? Você conhecerá algumas e seus valores nesse conteúdo!

Quais são os modelos mais indicados?

Então, agora vamos pensar nos modelos disponíveis. Listamos alguns dos principais modelos vendidos no Brasil e vamos mostrar o preço de impressora 3D, quais são os principais modelos entre as impressoras 3D profissionais e/ou para hobby, assim como suas características.

Tudo para que você tome a melhor decisão de compra!

Ender 3 32 Bits

Ender 3 Impressora 3D - preço de impressora 3d

A Ender 3 é a impressora 3D mais vendida no mundo e mais conhecida no ramo.

É uma máquina com foco em iniciantes, mas é a mais simples de toda a linha Ender.

Este modelo deve ser montado em cada uma das partes e ela vem equipada com placa de 32 Bits e silenciosa.

Confira os dados técnicos fornecidos pela fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 220 x 220 x 250mm;
  • Velocidade máxima de impressão: 100mm/s;
  • Velocidade recomendada de impressão: 60 mm/s;
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 260°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm;
  • Nivelamento: manual;
  • Mesa: manta flexível com clipe;
  • Hotend: standard;
  • Eixo z: apenas 1;
  • Extrusor: bowden com alavanca de plástico.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 1.199CLIQUE PARA VER ENDER 3

(referência de valor – abril 2024)

Ender 3 V3 SE

A impressora 3D Ender-3 V3 SE é uma máquina impressionante, com uma velocidade máxima de impressão de até 250 mm/s.

O seu nivelamento é 100% automático para facilitar a experiência do usuário.

Extrusor direct drive sprite, placa PEI texturizada, duplo eixo Z para estabilidade estrutural e muito mais!

Confira os dados técnicos fornecidos pela fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 220 x 220 x 250mm;
  • Velocidade máxima de impressão: 250mm/s
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 260 °C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm;
  • Nivelamento: hands free (CR-Touch);
  • Mesa: placa PEI texturizada;
  • Hotend: standard otimizado;
  • Eixo z: duplo;
  • Extrusor: bowden com alavanca de metal.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 1.608,99CLIQUE PARA VER ENDER 3 V3 SE

(referência de valor – abril 2024)

Ender 3 V3 KE

A Creality Ender 3 V3 KE é uma impressora 3D inovadora que combina desempenho excepcional com facilidade de uso.

Sua velocidade máxima de impressãoé de 500 mm/s.

O seu nivelamento é 100% automático para facilitar a experiência do usuário.

Extrusor direct drive sprite, placa PEI texturizada, duplo eixo Z para estabilidade estrutural, hotend de cerâmica de alta performance com garganta bimetálica e muito mais!

Confira os dados técnicos fornecidos pela fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 220 x 220 x 240mm;
  • Velocidade máxima de impressão: 250mm/s
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 260 °C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Nivelamento: hands free (CR-Touch);
  • Mesa: placa PEI texturizada;
  • Hotend: cerâmica de alta performance com garganta bimetálica;
  • Eixo z: duplo;
  • Extrusor: direct drive sprite.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 2.179,00CLIQUE PARA VER ENDER 3 V3 KE

(referência de valor – abril 2024)

CR 10 SE

A impressora 3D CR-10 SE se destaca por ser uma máquina com diversas especificações que buscam elevar a qualidade de impressão e a eficiência do processo. Com um sistema de nivelamento automático mãos-livres, a CR-10 SE utiliza o CR Touch e um sensor de deformação para realizar ajustes automáticos, proporcionando uma primeira camada limpa, firme e uniforme e dispensando completamente o nivelamento manual.

Além disso, oferece precisão e durabilidade nos trilhos lineares, velocidade de impressão de 600mm/s, aquecedor cerâmico 60W e muito mais!

Confira os dados técnicos fornecidos pela fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 220 x 220 x 265mm;
  • Velocidade máxima de impressão: 600mm/s
  • Temperatura máxima da mesa: 110 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300 °C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Nivelamento: hands free (CR-Touch);
  • Mesa: placa PEI texturizada;
  • Hotend: cerâmica de alta performance com garganta bimetálica;
  • Eixo z: duplo;
  • Extrusor: direct drive sprite.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 3.039,00CLIQUE PARA VER ENDER CR-10 SE

(referência de valor – abril 2024)

K1

A impressora 3D K1 oferece alta resolução de impressão para detalhes precisos, maior velocidade de impressão do mercado, ampla gama de materiais utilizáveis, plataforma aquecida para melhor aderência e mínima deformação. Tudo isso a torna uma escolha versátil e eficiente para diversas aplicações.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 220 x 220 x 250mm;
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Velocidade de impressão: 600 mm/s.
  • Nivelamento: hands free (sensor de pressão);
  • Mesa: placa PEI lisa;
  • Hotend: cerâmica de alta performance com garganta bimetálica;
  • Eixo z: triplo eixo Z de alta performance;
  • Extrusor: direct drive alto torque com alavanca de metal.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 3.599,88CLIQUE PARA VER K1

(referência de valor – abril 2024)

K1 Max

k1 max

O K1 Max é uma impressora 3D de destaque com benefícios técnicos notáveis. Com sua ampla área de construção, possibilita a fabricação de objetos grandes ou múltiplas peças simultaneamente. Sua alta resolução de impressão garante detalhes precisos e acabamento de qualidade. A conectividade avançada oferece controle conveniente por meio de dispositivos móveis. Além disso, a compatibilidade com uma variedade de materiais amplia as opções de design. A plataforma aquecida e o sistema de nivelamento automático garantem uma base sólida para impressões complexas. Em suma, o K1 Max é uma escolha ideal para projetos exigentes que demandam dimensões maiores e detalhes precisos.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 300 x 300 x 300mm;
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Velocidade de impressão: 600 mm/s;
  • Nivelamento: hands free (sensor de pressão e sensor LiDAR);
  • Mesa: placa PEI lisa;
  • Hotend: cerâmica de alta performance com gargante bimetálica;
  • Eixo z: triplo eixo Z de alta performance;
  • Extrusor: direct drive alto torque com alavanca de metal.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 6.269,00 – CLIQUE PARA VER K1 MAX

(referência de valor – abril 2024)

A1 Mini Combo

A A1 Mini é uma impressora 3D compacta e poderosa, ideal para impressão multimaterial. Com uma tela sensível ao toque de 2,4 polegadas e um sistema de gerenciamento de saúde integrado, proporciona uma operação suave e intuitiva.

Seus hotends Quick Swap permitem a troca fácil de bicos, enquanto sua velocidade de impressão de até 500 mm/s garante eficiência. Destaca-se pelo controle preciso de detalhes e geometrias complexas, além de oferecer o sistema de troca de cor, AMS LITE!

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 180 x 180 x 180mm;
  • Temperatura máxima da mesa: 80 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Velocidade de impressão: 500 mm/s;
  • Nivelamento: hands free (sensor de pressão);
  • Mesa: placa PEI texturizada dourada;
  • Hotend: ALL-METAL;
  • Eixo z: 1 eixo Z.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 4.609,00 – CLIQUE PARA VER A1 MINI

(referência de valor – abril 2024)

P1S Combo

A impressora 3D P1S da Bambu Lab + AMS é uma máquina FDM de alta velocidade e qualidade, ideal para profissionais. Com um volume de construção de 256 x 256 x 256 mm, alcança velocidades de até 500 mm/s e oferece impressão precisa de materiais de alta temperatura, como ABS e PETG, graças a sua estrutura fechada. Equipada com recursos avançados como nivelamento automático da mesa, compensação de vibração e câmera integrada para monitoramento remoto e timelapse, a P1S é uma escolha confiável para produção rápida e peças detalhadas.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 256 x 256 x 256mm;
  • Temperatura máxima da mesa: 100 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Velocidade de impressão: 500 mm/s;
  • Nivelamento: hands free (sensor de pressão);
  • Mesa: placa PEI texturizada dourada;
  • Hotend: ALL-METAL;
  • Eixo z: triplo eixo Z.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 11.190,00 – CLIQUE PARA VER P1S

(referência de valor – abril 2024)

X1 Carbon


A impressora 3D X1 Carbon Combo da Bambu Lab é uma inovação que oferece velocidades de impressão de até 500 mm/s, múltiplas cores, e um sistema inteligente de troca de filamentos. Com sistema CoreXY que garante movimentos rápidos e precisos. Equipada com trilhos lineares para estabilidade, uma mesa de construção revestida com PEI para aderência excepcional, e um sistema de monitoramento por IA e sistema LiDAR para nivelamento automático da mesa, é ideal para uma variedade de projetos criativos.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: FDM;
  • Volume útil de impressão: 256 x 256 x 256mm;
  • Temperatura máxima da mesa: 110 ℃
  • Temperatura máxima do extrusor: 300°C;
  • Precisão de impressão: ±0,1mm.
  • Velocidade de impressão: 500 mm/s;
  • Nivelamento: hands free (sensor de pressão);
  • Mesa: placa PEI lisa;
  • Hotend: ALL-METAL;
  • Eixo z: triplo eixo Z.

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 16.990,00 – CLIQUE PARA VER X1 CARBON

(referência de valor – abril 2024)

E o preço de impressora 3D de resina?

Até agora nós só falamos das impressoras FDM, que utilizam filamento como insumo. Porém, o mercado de impressoras 3D de resina vem crescendo bastante e não podíamos deixar de listá-las. Então, veja os modelos que recomendados!

Halot Mage

halot mage

Seu sistema de impressão por resina de alta precisão permite a criação de detalhes intricados e complexos em objetos. A velocidade de impressão otimizada reduz significativamente o tempo necessário para concluir projetos. A plataforma de construção aquecida melhora a aderência das camadas e minimiza a deformação. Além disso, a compatibilidade com uma variedade de resinas oferece opções flexíveis para diferentes necessidades e aplicações.

Possui 8K de resolução e fonte de luz integral Creality que garante maior uniformidade de impressão.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: LCD
  • Volume de impressão: 228 x 128 x 230 mm
  • Resolução do painel LCD: 8K (7680 x 4320 pixels)
  • Precisão no eixo XY: 29.7 µm
  • Altura da Camada: 0,01 – 0,1mm

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 2.199,90 CLIQUE PARA VER HALOT MAGE

(referência de valor – abril 2024)

Halot Mage Pro

halot mage pro

Seu sistema de impressão por resina de alta precisão permite a criação de detalhes intricados e complexos em objetos. A velocidade de impressão otimizada reduz significativamente o tempo necessário para concluir projetos. A plataforma de construção aquecida melhora a aderência das camadas e minimiza a deformação. Além disso, a compatibilidade com uma variedade de resinas oferece opções flexíveis para diferentes necessidades e aplicações. Possui 8K de resolução e fonte de luz integral Creality que garante maior uniformidade de impressão.

Confira os dados técnicos fornecidos pelo fabricante:

  • Tecnologia de Impressão: LCD
  • Volume de impressão: 228 x 128 x 230 mm
  • Resolução do painel LCD: 8K (7680 x 4320 pixels)
  • Precisão no eixo XY: 29.7 µm
  • Altura da Camada: 0,01 – 0,1mm

Esta máquina tem um valor aproximado de R$ 5.199,00CLIQUE PARA VER HALOT MAGE PRO

(referência de valor – abril 2024)

Como escolher a impressora 3D para comprar?

Neste conteúdo nós mostramos os principais modelos e preços de impressoras 3D do mercado. Porém, para saber qual impressora 3D É ideal para você comprar, é preciso analisar alguns pontos com muito critério.

Para facilitar a escolha você precisa responder às seguintes perguntas:

  • qual é o objetivo com a impressora 3D? Hobby ou uso profissional?
  • qual é a finalidade das peças? Elas possuem alguma característica especial, como resistência mecânica ou térmica?
  • qual é o seu conhecimento sobre eletrônica e sobre impressão 3D?
  • por fim, qual é o investimento disponível?

Responder essas questões vai ajudar a direcionar melhor a sua escolha a partir do objetivo. É muito importante escolher o modelo ideal para não ficar frustrado com sua máquina!

Nós temos um time especializado para ajudar você a escolher a impressora 3D certa para a sua necessidade! Não perca tempo e entre em contato com nosso chat online, ou compre agora em nosso site!

Continue lendo

k2 plus

K2 Plus e outros lançamentos do aniversário da Creality!

Hoje, dia 09/04, a Creality celebrou uma década de inovação e excelência e em comemoração a essa conquista, a 3D Lab teve o privilégio de estar presente na sede da marca, situada na China. Teve K2 Plus, uma nova versão da Ender 3 V3, atualização da Halot Mage e muito mais!

Mas além disso, o evento repleto de inovação contou com a promessa de lançamento de um sistema de impressão 3D em multi material e múltiplas cores e nós acompanhamos tudo isso de pertinho para trazer as novidades em primeira mão com todos os detalhes técnicos.

Acompanhe a #3DLABPELOMUNDO e fique por dentro das novidades. No conteúdo de hoje vamos te falar tudinho sobre as novas impressoras 3D da Creality.

Quais são as novas máquinas da Creality?

No início de 2024, a fabricante chinesa de impressoras 3D começou o ano com uma nota de inovação ao lançar a Ender 3 V3. Esta máquina de alta velocidade de impressão apresenta o revolucionário sistema Core XZ, proporcionando uma experiência de impressão mais fluida e estável durante operações rápidas.

Agora, celebrando seu décimo aniversário, a Creality continua a surpreender com inovações, demonstrando seu compromisso em oferecer grandes avanços aos entusiastas da impressão 3D em 2024. Explore os emocionantes lançamentos abaixo!

K2 Plus 3D Printer

k2 plus

A grande aposta da Creality é a tão esperada K2 Plus, uma evolução da bem-sucedida K1. Com um avançado sistema de troca de cor, amplia as possibilidades criativas, permitindo impressão contínua em múltiplas cores.

Mantendo a eficiência e qualidade da K1, a nova máquina oferece resultados excepcionais em um tempo reduzido. Equipada com um extrusor potente, ela é compatível com uma ampla variedade de materiais, desde os mais comuns até os mais especializados. Além disso, possui capacidade de aquecimento uniforme na câmara, fazendo com que o interior da máquina chegue em até 60°C para filamentos de alta engenharia que necessitam de uma temperatura de impressão constante.

Fácil de usar, a K2 Plus herda a confiabilidade da K1, com recursos como nivelamento automático e interface intuitiva, atendendo tanto iniciantes quanto profissionais. Em resumo, a K2 representa uma evolução emocionante na linha de impressoras 3D da Creality, proporcionando uma experiência de impressão ainda mais versátil e dinâmica.

A máquina possui tilt detection, precisão dimensional, duplo eixo Z, motor alto torque mais preciso que a série k1, extrusor em eixo linear, sistema anti vibração, câmera, sistema anti-vibração, dois coolers para resfriamento da peça e muito mais.

A K2 Plus trabalha com 600 mm/s de velocidade e aceleração em 3000 mm/s², imprimindo o 3D Bencky em apenas 10 minutos!

CFS – Color Filament Sistem

O CFS é o novo sistema de troca de cor da Creality que permite impressão 3D colorida e é uma revolução na tecnologia de impressão 3D. Desenvolvido meticulosamente para proporcionar uma experiência de impressão mais eficiente e versátil, ele oferece aos entusiastas da impressão 3D a liberdade de criar modelos em várias cores de forma contínua e sem interrupções.

Destacando-se pela rapidez nas transições de cores, o sistema é capaz de realizar mudanças fluidas entre diferentes filamentos coloridos. Além disso, quando um rolo de filamento se esgota, o sistema detecta automaticamente e procede à troca para um novo rolo, garantindo continuidade na impressão.

O CFS chega em até 16 cores, possui detecção de fim de filamento, função secadora, estrutura 100% selada para evitar entrada de ar, display digital que marca temperatura e umidade, identificação automática de filamentos, possibilidade de impressão em diferentes materiais

O CFS será compatível retroativamente com máquinas da linha K e linha V3, mediante adaptação com kit próprio.

Nosso CEO foi até a China para acompanhar o lançamento para vocês, confira:

Falcon 2 Pro

Entre os destaques dos lançamentos da Creality, está a nova máquina de gravação a laser Creality Falcon 2 Pro de 60W que oferece uma variedade de recursos avançados para atender às demandas de gravação e corte com precisão e eficácia.

Com um design sofisticado e uma tampa vermelha completamente transparente, oferece uma visão completa de 360° do processo de trabalho, assegurando segurança e visibilidade ao mesmo tempo.

Equipada com uma grande área de trabalho de 400 x 415mm e uma câmera integrada na parte superior para alinhamento preciso. Conta com recursos de segurança, como pausa automática ao abrir a tampa e monitoramento triplo do fluxo de ar, chama e lentes.

É ideal para projetos que necessitam de grande potência já que trabalha com 60W, sendo a primeira gravadora a laser para consumidor final que possui alta potência. e produção em lote.

Seu corte agíl funciona até mesmo metal com muita facilidade! Gostou da novidade?

Ender 3 V3 Plus

k2 plus

A Creality apresentou também em seu lançamento a Ender 3 V3 Plus, uma impressora revolucionária com tecnologia CoreXZ para maior velocidade e qualidade.

Com robusta construção em metal, oferece estabilidade e durabilidade excepcionais. Seu kit de extrusão direct inovador garante desempenho superior, enquanto seu amplo volume de impressão de 300 x 300 x 350 mm permite a criação de peças grandes com facilidade.

Esta máquina representa uma evolução significativa na linha Ender 3 V3, prometendo experiências de impressão 3D mais rápidas e inteligentes.

Com velocidade de 600 mm/s e aceleração de 2000 mm/s² e excelente volume de impressão, a Ender 3 V3 Plus é uma boa escolha para aumentar sua produção.

Além disso, essa máquina conta com bico trimetálico de troca fácil, coolers duplos para resfriamento mais rápido do modelo, nivelamento automático hands free, duplos motores no eixo Y, extrusor robusto e mais potente!

Halot Mage S

k2 plus

A Creality apresentou também a Impressora 3D de Resina Halot Mage S, que é uma poderosa ferramenta de criação, oferecendo precisão e velocidade excepcionais.

Com recursos avançados, como resolução ultra precisa de 14K, sistema de movimento Dynax ágil, alta velocidade de impressão alcançando 150 mm/h, fonte de luz integral 3.0 e design compacto e funcional, esta impressora é ideal para uma variedade de aplicações profissionais e criativas.

Filtro de ar para impressão 3D segura e livre de odores. Além, de 223x126x230mm de volume de construção. Confira algumas peças feitas com essa máquina abaixo!

A Creality demonstrou que o ano de 2024 promete muita novidade, qualidade e inovação no mercado de impressão 3D, se dependermos deles. E claro, que como uma das principais parceiras da marca, vamos trazer tudo para vocês em breve. Não deixe de nos seguir e acompanhar nas redes sociais para ficar por dentro das novidades e faça bons prints…

Texto escrito por: Lara Lage

Continue lendo

máquinas mais velozes 2024

As impressoras 3D mais rápidas de 2024!

A velocidade de impressão é um grande ponto a ser analisado quando você investe na impressão 3D para além do hobby e hoje trouxemos as impressoras 3D mais rápidas do mercado! Confira.


A Creality anunciou em seu aniversário (09/04) o lançamento da K1 que é uma máquina com a promessa de entregar velocidade de impressão com uma qualidade surpreendente. Porém, pouco antes, já haviam anunciado a Ender 5 S1 que é uma outra máquina com a proposta de velocidade.

Os lançamentos demonstram uma tendência no mercado de impressão 3D para impressoras 3D mais rápidas com intuito de uma produção escalada. Confira no conteúdo um pouco mais sobre os lançamentos!

Por que o mercado está mudando?

Impressoras 3D mais rápidas

Analisando os últimos anos da impressão 3D conseguimos ver uma mudança muito clara no mercado.

Lá por 2013 os brasileiros estavam começando a conhecer a tecnologia e se aventurar. A grande maioria dos usuários era hobbista e estava dando os seus primeiros passos com uma impressora 3D aprendendo a montar e conhecendo os nichos da impressão. A impressora utilizada na época era a Ender 3 e o filamento preferido era o PLA.

Agora, quem começou há 10 anos já está com um nível avançado na impressão 3D, procurando máquinas que tenham mais upgrades e melhorem a experiência do usuário, os parâmetros de impressão já são mais refinados, o nicho de atuação já está bem definido, já fizeram vários cursos de especialização e procuram materiais diferentes e de extrema qualidade. Muitas dessas pessoas passaram de hobbistas para empreendedores e se profissionalizaram na área.

E é por isso que as fabricantes mais relevantes do mercado estão investindo em impressoras 3D que entreguem um maior nível técnico, estrutura mais reforçada e maior velocidade, para que os empreendedores do mercado consigam maior capacidade produtiva.

Quais são as impressoras 3D mais rápidas do mercado?

Com a mudança evidente no mercado de impressão 3D as fabricantes tem buscado investir em impressoras mais rápidas, com estruturas mais robustas para garantir um excelente acabamento e qualidade de impressão. Conheça algumas dessas máquinas abaixo.

As impressoras 3D mais velozes da Creality em 2024

K1 e K1 Max

impressoras 3d mais rápidas

A K1 e a K1 Max são máquinas Core XY a nível profissional que prometem velocidade de impressão de 600mm/s!

Elas já vem prontas para entregar todo padrão de qualidade esperado por você. A K1 possui volume de construção de 220x220x250 mm e a K1 Max de 300x300x300mm.

Possuem um inovador sistema de movimento, que utiliza uma extrusora leve de apenas 190g para garantir movimentos rápidos. Equipadas com o novo sistema operacional Creality que roda em uma CPU de 2 núcleos de 1,2 GHz, fornecendo forte poder de computação para impressão em alta velocidade, além de possibilidade de multi-conexão para criação de Farms. 

O software de fatiamento Creality Print 4.3 é crucial para impressão de alta velocidade. Ele foi desenvolvido para otimizar o movimento do bico e adicionar mais algoritmos para aumentar a eficiência.

Sua plataforma é resistente e sua estrutura é fechada permitindo trabalhar com uma maior gama de materiais além do extrusor direct drive que alcança até 300°C e possui engrenagens duplas para alcançar uma força de extrusão mais potente.

Dados do Creality Lab (setor de pesquisas da Creality) mostram que a série K1 atinge a velocidade máxima de 600 mm/s em apenas 0,03 s com uma aceleração de 20.000 mm/s 2 , e é possível imprimir um 3DBenchy (barquinho comum da impressão 3D) em apenas 13 minutos, tornando 12 vezes mais rápida que a maior parte das impressoras 3D.

Além disso tudo, a K1 Max em particular, utiliza nivelamento automático duplo sem as mãos. É possível nivelar com uma série de sensores de deformação ou em 1μm AI LiDAR, um novo tipo de método de medição sem contato que escaneia rapidamente a superfície de construção com um feixe de laser para formar uma superfície virtual de um milhão de pontos. Cada um dos dois métodos garante um bom nivelamento e, quando combinados, nunca foi tão fácil obter um nivelamento perfeito e imprimir uma primeira camada de alta qualidade.

A Max também possui uma câmera AI na área de impressão, permitindo o monitoramento do trabalho em tempo real com resolução de 1080p. Para usuários da K1, a câmera AI e o AI LiDAR podem ser adquiridos separadamente. Tanto a K1 quanto a K1 Max empregam sensores G para resolver o problema de ressonância e eliminar padrões de zumbido ou fantasma na superfície dos modelos causados ​​pela impressão em alta velocidade.

Vídeos feitos pelo nosso CEO no lançamento da K1, na China em abril de 2023, mostram a velocidade da máquina:

Ender 3 V3 SE

A Creality está acompanhando a mudança no perfil dos entusiastas da impressão 3D e recentemente fez o lançamento da Ender 3 V3 SE, uma impressora 3D de alta velocidade a preço acessível. Ela oferece uma velocidade máxima de impressão de 250 mm/s e possui nivelamento automático, interface com gráficos intuitivos, carregamento/descarregamento automático de filamento e um extrusor versátil. Sua estrutura reforçada proporciona estabilidade para garantir qualidade consistente em todas as impressões, enquanto o volume útil de impressão de 220x220x250mm permite a criação de projetos de tamanho médio. Em resumo, a Ender 3 V3 SE oferece excelente custo-benefício, alta velocidade e qualidade, tornando-se uma escolha valiosa para entusiastas, makers e profissionais da impressão 3D.

CR-10 SE

A CR-10 SE da Creality é uma impressora 3D avançada, reconhecida como a “K1 aberta”, oferecendo diversos upgrades e desempenho similar à K1, tornando-se uma escolha sólida para entusiastas e profissionais da impressão 3D. Com recursos como nivelamento automático, trilhos lineares nos eixos X e Y, ventilador de resfriamento dedicado e algoritmos avançados para alta qualidade, a CR-10 SE oferece excelente velocidade de impressão, acabamento e custo-benefício. Equipada com uma extrusora direta, hotend de alto desempenho e conectividade inteligente, ela suporta uma ampla gama de filamentos e permite o monitoramento remoto e a gestão eficiente de várias impressoras.

Impressoras mais rápidas da Bambu Lab 2024

A Bambu Lab chegou no mercado Brasileiro trazendo a inovação do AMS, impressão 3D em multiplas cores, porém, além disso, um grande diferencial da marca também é manter um excelente acabamento de impressão apesar da velocidade. Confira os principais modelos da marca.

X1 Carbon

carbon combo

A linha X1 Carbon é marcada por alta velocidade de impressão (até 500 mm/s) e qualidade excepcional, é acompanhada pelo sistema inteligente AMS, permitindo trocas de cores durante a impressão. Com estrutura robusta, inteligência artificial para monitoramento e precisão, além de compatibilidade com uma ampla gama de materiais, a X1 Carbon oferece eficiência e qualidade superiores na impressão 3D. Uma escolha excepcional para entusiastas e profissionais.

P1P 

A P1P da Bambu Lab, assim como as demais impressoras da marca, se destaca por sua alta velocidade de impressão, desta vez com aceleração de até 20.000 mm/s² e velocidade máxima de 500 mm/s, tornando-a ideal para projetos que demandam rapidez e precisão. Sua estrutura reforçada garante estabilidade durante o processo de impressão, enquanto o sistema de nivelamento automático facilita a configuração inicial. Além disso, a P1P é compatível com uma variedade de materiais, incluindo PLA, ABS e ASA, oferecendo versatilidade aos usuários. 

P1S

p1p e p1s

A P1S apresenta uma estrutura de impressão totalmente fechada, proporcionando um ambiente estável e controlado, especialmente útil ao lidar com materiais sensíveis a variações de temperatura. Seu sistema de resfriamento aprimorado inclui uma ventoinha de resfriamento de peças auxiliares, ventoinha reguladora da câmara e ventoinha dedicada para resfriar a placa de controle, garantindo um controle térmico preciso e melhorando a qualidade das impressões. Além disso, a P1S suporta o Sistema Automático de Materiais (AMS) externo da Bambu Lab, facilitando trocas automatizadas de filamentos e oferecendo uma gama mais ampla de opções de impressão.

A1

A impressora 3D A1 da Bambu Lab é uma impressora 3D cartesiana que atinge uma velocidade máxima de impressão de 500 mm/s e uma estrutura Core XY, oferece um desempenho rápido e confiável. Além disso, possui um sistema de hotend todo em metal com capacidade para 300 graus, garantindo uma extrusão estável e mínimos entupimentos. Com características como nivelamento automático da mesa, tela sensível ao toque intuitiva e opção de AMS para impressão multimaterial, a A1 é uma escolha ideal para entusiastas e profissionais que buscam resultados de alta qualidade e uma experiência de impressão simplificada.

A1 Mini

A impressora 3D A1 Mini da Bambu Lab é uma poderosa máquina compacta que oferece desempenho excepcional e facilidade de uso. Com um tamanho reduzido, mantém uma área de impressão generosa para sua categoria. Seu sistema Core XY permite alta velocidade de impressão, alcançando até 200 mm/s. Equipada com um hotend todo em metal e nivelamento automático da cama, garante uma impressão estável e precisa. A A1 Mini também oferece uma tela sensível ao toque intuitiva e a opção de um AMS para impressão multimaterial. Ideal para entusiastas e iniciantes, esta impressora combina tecnologia avançada com um design compacto, proporcionando uma experiência de impressão 3D acessível e de alta qualidade.

Então, como vimos neste conteúdo, é uma grande tendência do mercado desenvolver soluções com alta velocidade, com a preocupação em não perder a qualidade. As novas impressoras desenvolvidas pela Creality e mostradas aqui no nosso Blog têm estruturas robustas, peças mais complexas e uma possibilidade de trabalhar em alta velocidade. Tudo isso mostra a preocupação em atender mercados que desejam imprimir peças em larga escala.

Qual desses três modelos você acha que faz mais sentido para você neste momento? A 3D Lab foi a primeira empresa do Brasil a trazer essas máquinas por ser a única representante brasileira oficial no mercado final. Compre já a sua impressora 3D com a gente e saia na frente do mercado!

Continue lendo

8 formas de aumentar a velocidade da impressão 3D sem perder qualidade!

Podemos dizer que uma das grandes barreiras para a propagação da tecnologia de impressão 3D é a baixa velocidade do processo. Porém, existem algumas maneiras de conseguirmos driblar esse empecilho sem perder a qualidade da peça produzida, e são essas dicas que vamos dar agora.


Sem tempo para ler? Então ouça este conteúdo clicando no player a seguir:

Infelizmente, para aumentar a velocidade da impressão 3D, você não pode simplesmente alterar a configuração no seu fatiador. Por exemplo, o resultado da impressão de uma peça a 100 mm/s com uma altura de camada de 0,1 mm pode não parecer tão bom quanto à mesma peça impressa a 50 mm/s com uma altura de camada de 0,2 mm. Claro que isso depende de vários fatores. Mas no geral a impressão 3D é uma atividade demorada!

A velocidade de trabalho é quase sempre inversamente proporcional à qualidade. Porém, aumentar a velocidade não precisa necessariamente ser sinônimo de impressão ruim. Tudo depende da impressora, do modelo a ser impresso e de qual é a função de sua peça.

As configurações são sempre dependentes da geometria do modelo. Por isso pode demorar um pouco para você experimentar diferentes configurações até encontrar o “ponto ideal” para cada uma.

Os principais fatores que influenciam o tempo de impressão são:

  • estrutura da impressora 3D;
  • velocidade de impressão;
  • altura da camada;
  • diâmetro do bico;
  • densidade de preenchimento.

Excluindo o primeiro item, os fatores podem ser alterados de acordo com o modelo que será impresso. Para lhe auxiliar nas diferentes configurações que lhe permitem aumentar a velocidade de trabalho criamos uma lista com 7 maneiras de você reduzir o tempo de impressão sem perder a qualidade que necessita em cada peça. Confira!

1. Aumentar a velocidade da impressão 3D padrão

A maneira mais comum é aumentar a velocidade da impressão 3D nas configurações do software de fatiamento. Você pode ajustar a impressão para velocidades altas, no entanto, a cabeça de impressão é forçada a se mover mais rapidamente e isso afetará negativamente a precisão de suas peças.

Assim, se você tiver um produto sem detalhamentos, não há problema em aumentar sua velocidade de impressão 3D. No entanto, se o seu produto apresentar muitos detalhes, aconselhamos que você mantenha sua velocidade de impressão normal (geralmente até 60 mm/s).

velocidade

Exemplo no Cura Ultimaker

2. Alterar a densidade de preenchimento e espessura da parede

As configurações de preenchimento afetarão o tempo de impressão e a resistência da peça (a tensão máxima que o modelo pode suportar antes de quebrar). Isso significa que mais preenchimento retorna uma peça mais forte. Porém, com tempos de impressão mais longos e mais recursos consumidos.

Quando preenchida com estrutura de colmeia, a impressão 3D normalmente demora menos tempo antes de ser concluída. No entanto, se você já utiliza este preenchimento, ainda tem algumas opções para aumentar sua velocidade de impressão. Por exemplo: tentar reduzir ainda mais a porcentagem de preenchimento, porém sempre verifique se a relação entre a espessura da parede e o preenchimento permanece boa. Isso impedirá que você perca sua peça durante a impressão.

Vale ressaltar que um produto com menor densidade de preenchimento e menor espessura de parede é mais vulnerável. Portanto, recomendamos usar esta técnica apenas com produtos em que a força não é um fator importante. Por exemplo: modelos de exibição.

Decida sempre suas prioridades. Você quer minimizar custos, economizar tempo ou aumentar a qualidade? Se a resposta for economizar tempo, essa técnica pode te ajudar.

3. Criar design de peças vazias

velocidade da impressão 3D

Foto de cliente: @lojadimensao3d no instagram

Para peças individuais, a velocidade é geralmente uma troca direta com qualidade. Portanto essa técnica está diretamente relacionada com a anterior, uma vez que uma estratégia é projetar suas peças para serem impressas vazias.  As peças no modo vaso também são uma boa opção para otimizar a produção e fazer mais peças

Porém, imprimir sem preenchimento melhorará a velocidade e a qualidade da superfície, mas suas peças não serão fortes.

Além disso, ao projetar, lembre-se de que as peças impressas em 3D são mais fracas ao longo do eixo Z do que no eixo X e Y.

4. Usar um bico maior e maior altura da camada

velocidade da impressão 3D

A altura da camada também pode influenciar no tempo de impressão. Uma maior altura de camada e um bico de maior diâmetro podem otimizar o tempo.

No entanto, reduzem também o tamanho mínimo dos detalhes e arredondam um pouco os cantos da peça. Se a precisão não for um fator fundamental, você pode optar por imprimir com um bico maior e uma altura máxima da camada. A altura máxima da camada é de 75% do diâmetro do bico. Isso significa que com um bico de 0,8 mm você pode construir uma camada de até 0,6 mm.

Se você usar pequenas alturas de camada com bicos maiores, você terá uma melhor chance de manter a qualidade da superfície da sua impressão. Mas, se a sua peça não tiver muitos detalhes, você pode combinar um bico maior com uma altura de camada maior.

Se você estiver experimentando um bico de 0,8 mm, o ideal é escolher uma altura de camada entre 0,2 mm e 0,4 mm. Mude a espessura da parede para 0,8 mm e a quantidade de paredes para apenas uma. Se necessita usar o preenchimento na peça, aumente-o. Você precisará de mais preenchimento com 0,8 mm do que com o bico de 0,4 mm, uma vez que um bico maior produz um preenchimento mais espaçado.

Como consequência de diminuir a quantidade de paredes, a peça torna-se mais frágil, o que afeta na firmeza do produto. Além disso, a impressão com camadas mais espessas significa mais perda de detalhes. Porém, se isso não for uma característica importante para seu modelo, vale a pena utilizar essa técnica.

Você também terá que trabalhar para descobrir o equilíbrio certo entre velocidade e temperatura. Se a sua impressão estiver muito caída, aumente sua velocidade. Se a extrusora emitir ruídos, aumente a temperatura de extrusão.

5. Produzir ao mesmo tempo

velocidade de impressão

Você pode imprimir duas peças ao mesmo tempo. No entanto, isso só é possível quando ambos os modelos são pequenos o suficiente para caberem na mesma mesa de impressão. Para executar esta técnica, organize a disposição das peças na mesa de impressão, dentro do fatiador.

Produzir ao mesmo tempo proporciona mais conveniência e economiza tempo. A reinicialização e o aquecimento da impressora não são mais necessários. Porém, tenha em mente que você deverá usar o mesmo filamento para ambos os produtos para evitar problemas de diferentes temperaturas de impressão. Assim, essa opção é uma maneira indireta de aumentar a velocidade da impressão 3D.

6. Utilizar um material para dois propósitos

Impressoras 3D com duplo extrusor são capazes de imprimir multicores e multimateriais. Isso significa que você pode imprimir um modelo de PLA e usar material de suporte solúvel. No entanto, a impressora precisa alternar entre dois materiais e isso pode aumentar o tempo de impressão.

Uma solução para aumentar a velocidade da impressão 3D indiretamente é usar apenas um material para ambos os propósitos. Por exemplo, usar PLA como material principal e também material de suporte.

O material de suporte da peça deverá ser impresso com uma densidade de preenchimento menor, para depois ser mais fácil de remover. Dessa forma, a impressora não precisa alternar entre dois materiais, o que economizará muito tempo de impressão.

7. Configurar para o volume máximo de extrusão

Seu bico pode extrusar um determinado volume de material de cada vez. Este volume é determinado por uma combinação de três configurações:

  • velocidade de impressão;
  • tamanho do bico;
  • altura da camada.

Aumentar qualquer um desses três valores, sendo que os dois últimos devem ser combinados, fará com que a impressora libere mais filamento. Em consequência isso aumentará a velocidade da impressão 3D, porém, também significa que você terá que aumentar a temperatura para garantir que ele seja derretido com rapidez suficiente para ser depositado nessa velocidade. Por padrão, imprime-se PLA com um bico de 0,4 mm até aproximadamente 210° C. Se você mudar o bico para 0,8 mm, a temperatura deve subir um pouco.

8. Escolher uma impressora de alta velocidade 

velocidade da impressão 3D

As impressoras de alta velocidade já possuem toda e estrutura necessária para entregar velocidade de impressão associada à qualidade. 

Hoje, existem impressoras no mercado que entregam até 600 mm/s de velocidade por um excelente custo-benefício. Um dos momentos mais recentes é a K1, lançamento da Creality que entrega uma estrutura reforçada, tecnologia de ponta e sistema operacional que roda em uma CPU de 2 núcleos de 1,2 GHz.

Pesquisas realizadas pela Creality mostram que a série K1 atinge a velocidade máxima de 600 mm/s em apenas 0,03 s com uma aceleração de 20.000 mm/s 2 , e é possível imprimir um 3DBenchy (barquinho comum da impressão 3D) em apenas 13 minutos, mostrando que ela é 12 vezes mais rápida que a maior parte das impressoras 3D.

Portanto, o essencial quando deseja-se aumentar a velocidade de uma impressão 3D é entender a finalidade do modelo e a capacidade da máquina. Por exemplo, se a peça for apenas um item decorativo vale a pena abrir mão da resistência final diminuindo a densidade de preenchimento e a espessura da parede. Por outro lado, se você for imprimir uma peça em que os detalhes não são fundamentais ou são muito poucos, pode-se aumentar a velocidade de impressão padrão sem prejuízos na qualidade final.

Essa análise deve ser feita caso a caso e 

Agora que você já aprendeu como aumentar a velocidade da impressão 3D de diferentes formas, que tal descobrir qual a influência da altura da camada em suas peças 3D?

Continue lendo

ender 3 s1 plus

Apresentando Ender 3 S1 Plus!

Ender 3 S1 Plus, vale a pena? A linha S1 da Creality chegou trazendo diversas novidades para a série Ender 3, mas diante de tantas opções, sera que a S1 Plus vale a pena? Vem descobrir neste conteúdo!


A linha S1 chegou com tudo no mercado trazendo novidade nunca vistas em nenhuma Ender 3. Com nivelamento automático via CR-Touch, sensor de fim de filamento, extrusor direct e muito mais! Composta pela S1, S1 Pro e S1 Plus, essa coleção de máquinas possui altíssima qualidade de impressão e algumas diferenças entre si!

Se você tem dificuldades para escolher sua impressora 3D ideal, temos um conteúdo muito legal para te ajudar a esclarecer essa dúvida, confira agora!

Mas quais são as vantagens da 3 S1 Plus? Continue acompanhando!

Quais as maiores vantagens dessa impressora?

Se você precisa de uma impressora com volume de impressão maior e diversos upgrades que vão tornar sua experiência mais tranquila, essa impressora é para você!

Volume de impressão

ender 3 s1 plus

Se você precisa de um volume de impressão considerável, ela possui 300x300x300mm em volume!

Essa é uma ótima opção para quem necessita criar peças maiores e expandir sua criatividade.

Nivelamento automático

nivelamento automatic

O nivelamento automático em 16 pontos é mais uma novidade que chegou na linha Ender 3 S1 e se estendeu para a S1 Plus.

Extrusor direct drive all metal

ender 3 s1 plus

O Kit Extrusor Direct Drive para Ender 3 é um upgrade de alto nível para sua impressora 3D, com função all-metal oferecendo resistência ao desgaste, possui estabilidade sem bloqueio, sem vazamento e extrusão direta e mais precisa.

Display Touch-Screen

ender 3 s1

Diferente da Ender 3 S1, a versão Plus possui Display Touch-Screen, para facilitar a experiência do usuário com um sistema parecido com seu smartphone!

Duplo Eixo Z reforçado

duplo eixo z

Ela possui duplo eixo Z reforçado para melhor estabilidade durante a impressão, garantindo qualidade de impressão!

Montagem facilitada

montagem facilitada

Essa montagem em 6 passos chegou para melhorar o seu caminho até a impressão!

Que tal um unboxing?

Fizemos um unboxing dessa impressora para que você veja cada detalhe dessa impressora!

A Ender 3 S1 Plus é uma excelente opção para você que deseja uma impressora que atenda a formatos maiores com eficiência e qualidade de impressão. Não deixe de comprar a sua!

 

Continue lendo

lançamentos

Impressora 3D em 2022, qual comprar?

Ainda não comprou sua impressora 3D em 2022? O final do ano já está chegando, mas as novidades não param de surgir no mercado da impressão 3D, vem com a 3D Lab que nós vamos te mostrar todas as novidades para este segundo semestre do ano!


A impressão 3D vem crescendo cada dia mais e a quantidade de modelos de impressoras 3D e de marcas, acabam confundindo o consumidor e deixando dúvidas sobre qual comprar. Apesar do ano estar chegando ao fim, algumas novidades estão chegando no mercado para o segundo semestre de 2022.

A Creality começou a segunda metade do ano trazendo diversidade de máquinas, atualizações nas estruturas e upgrades sensacionais e nós temos os principais lançamentos aqui na 3D Lab para você!

Como escolher a impressora 3D ideal?

A primeira tarefa da sua escolha é definir alguns parâmetros para facilitar o processo. Você precisa analisar seu orçamento, as necessidades técnicas, o nicho de mercado que deseja atender, etc. É preciso entender também que a melhor impressora não é necessariamente a mais cara, mas sim, a que melhor atende às suas expectativas.

Criamos alguns conteúdos que podem te ajudar nesse processo:

Impressora 3D em 2022, qual comprar?

Agora sem mais delongas, vamos aos lançamentos!

Ender 3 V2 Neo

ender 3 v2 neo

 

 

A linha “Neo” da Creality chegou despertando o interesse de diversos consumidores e a Ender 3 V2 Neo é um dos lançamentos dessa linha. Comparada com sua primeira versão (Ender 3 V2) a V2 Neo dá um baile de upgrades com aproximadamente  com a da sua antecessora, mostrando um custo-benefício muito melhor!

Ela possui CR-Touch para nivelamento automático, extrusora de metal, manta magnética, mola reforçada, roldana, display LCD colorido com atualizações, placa silenciosa de 32 bits, design liso, montagem facilitada e gaveta para armazenamento de ferramentas.

CONHEÇA A ENDER 3 V2 NEO E COMPRE AGORA!

Ender 3 S1 Pro

ender 3 s1 pro

 

 

A Ender 3 S1 Pro faz parte da série S1 da Creality que chegou como um divisor de águas para a “Linha Ender 3”, já que trouxe upgrades que anteriormente nunca foram vistos em nenhuma variação da Ender 3.

A Ender 3 S1 conta com extrusor direct drive all metal super potente que suporta até 300ºC, placa magnética PEI para maior adesão nas primeiras camadas e maior facilidade para remoção das peças, eixo-Z mais estável,  display touch-screen, dupla engrenagem para maior estabilidade, drive potente para entregar mais leitura, velocidade e precisão.

CONHEÇA A ENDER 3 S1 PRO E COMPRE AGORA!

Ender 3 S1 Plus

ender 3 s1 plus

Como dito acima, a Ender 3 S1 possui diversos upgrades com relação às outras impressoras da Linha Ender 3, como extrusor do tipo direct, ideal para filamentos flexíveis, duplo eixo Z para garantir maior precisão e estabilidade, conjunto do extrusor mais leve e intercambiável, sendo possível tirá-lo e encaixar um sistema de gravação a laser (vendido separadamente), sensor de fim de filamento, placa mãe silenciosa, montagem extremamente simples e rápida, além do tão desejado auto nivelamento da mesa de impressão.

Além de todos estes benefícios, a Ender 3 S1 Plus possui uma área muito maior, com 220 x 220 x 270mm!

CONHEÇA A ENDER 3 S1 PLUS E COMPRE AGORA!

Ender 2 Pro

Impressora 3D em 2022

A Ender 2 Pro é uma pequena potência neste lançamento!

Apesar de possuir uma área menor e uma quantidade menor de upgrades também, é uma ótima impressora de entrada para quem não conhece a tecnologia e não tem um valor muito alto para investir. Ela possui mesa magnética texturizada para maior adesão da primeira camada, é pequena, fácil de transportar e extremamente leve, pesando apenas 4,65 Kg!

Além disso, a Ender 2 pro possui montagem facilitada em 5 passos.

CONHEÇA A ENDER 2 PRO E COMPRE AGORA!

Além dos modelos lançados atualmente, a 3D Lab conta com um catálogo repleto de opções e modelos de impressoras 3D que podem atender a cada uma das suas necessidades. O mercado de impressão 3D tem evoluído bastante e este é o melhor momento para investir na tecnologia, já que a tendência de crescimento é alta. Verifique agora todas as nossas opções de impressoras 3D FDM.

 

Continue lendo

setembro amarelo

Setembro amarelo: como a impressão 3D pode te ajudar!

O Setembro Amarelo chegou e com ele os debates sobre saúde mental aumentam. Hoje trouxemos uma história inspiradora que mostra como a impressão 3D pode ajudar a superar os problemas.


Conteúdo escrito por Lara Lage 🙂

Neste exato segundo existem diversas pessoas no mundo enfrentando desafios, momentos de fraqueza, tristeza, depressão e muito mais, tudo isso enquanto você lê este pequeno artigo! A verdade é que os problemas da mente e do coração não possuem “rosto” e nós nunca sabemos o que o outro pode estar vivendo.

O Setembro Amarelo é o mês mundial da prevenção contra o suicídio e ao decorrer do mês várias pessoas trazem à tona os debates que envolvem esse assunto. Mas a 3D Lab está aqui para te mostrar como a impressão 3D pode te ajudar a ultrapassar esses momentos de dificuldade, como um pontinho de luz e esperança que é tudo o que precisamos quando sentimos que estamos “no meio do caos”.

O que é Setembro Amarelo?

setembro amarelo

O dia 10 de Setembro é o dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. No ano de 2015, percebendo o aumento considerável de suicídios com o passar dos anos, o Centro de Valorização da Vida (CVV), Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) resolveram estender a data e transformar todo o mês em uma campanha contra o suicídio para gerar debates sobre saúde mental para buscar resoluções para esse grande dilema de saúde pública e que, muitas vezes, pode ser evitado. E assim surgiu o “Setembro Amarelo”.

Como a impressão 3D pode ajudar a superar problemas?

setembro amarelo

Como estamos no Setembro Amarelo, compartilharemos com vocês um pouco da história de um cliente da 3D Lab que usou a impressão 3D para superar a perda de uma pessoa querida e conseguiu se reinventar mesmo na dor.

Jocimar é Policial Militar aposentado e professor de artes marciais, habitante da cidade de Ponta Grossa no Paraná. Dono da @jm3dimpressao, a impressão 3D já está tão presente em sua vida que o local escolhido para a entrevista foi seu estúdio, cheio de peças impressas por todos os lados.

Tudo começou em 2018 quando teve seu primeiro contato com a impressão e mesmo sem entender profundamente a tecnologia, conversou com sua esposa e resolveram juntos comprar uma impressora 3D para se aventurarem nesse universo. Logo perceberam que o processo de impressão não era tão fácil como parecia e no mesmo ano a família toda resolveu participar de um Congresso de Impressão 3D em São Paulo para aprofundar na tecnologia.

“2018 tive um contato com um pessoal falando de impressora 3D, mas não tinha nem ideia de como funcionava, aí falei com minha esposa que ia começar a mexer e a minha ideia era fazer super heróis para minha escola de artes marciais e algumas miniaturas do Krav Magá, mas eu nem sabia como funcionava, né? Achava que só era chegar, colocar e já imprimia”.

As primeiras peças impressas foram um Batman e duas miniaturas muito importantes que acabaram rodando o mundo e hoje fazem parte de um museu lá da Eslováquia. As peças foram criadas em uma impressora 3D FDM e tinham acabamento e pintura posteriores.

setembro amarelo - miniatura

Pouco tempo depois, no mesmo ano, Jocimar e sua família são impactados pela notícia do câncer de sua esposa. A meta de fazer heróis e miniaturas acaba mudando um pouco e sua esposa pede para que comecem a produzir imagens sacras.

“Quando veio o câncer, paramos de imprimir heróis e começamos a fazer imagens sacras e eu ensinei ela a pintar. Eu viajava e ia trabalhar na polícia e ela ia mexendo na impressora, pintando e foram dois anos dela mexendo, pintando, fazendo miniaturas. No tratamento do câncer a impressão 3D foi uma terapia para minha esposa.”

Aline, sua esposa, também se apaixonou pelo universo da impressão 3D e era terapêutico para ela no seu período difícil no hospital. Jocimar conta que mesmo quando estava na UTI, ela fazia questão de pintar as peças como uma forma de distração. Isabely, filha pequena do casal, também amava ajudar a mãe no processo de pintura e uma das últimas peças que pintou com sua mãe é guardada até hoje com muito carinho.

setembro amarelo

Infelizmente em fevereiro de 2020 Aline acaba falecendo devido ao câncer. A última peça a ser pintada por ela foi inspirada em uma imagem de mais de um metro de altura que encontraram em uma viagem juntos. “Essa Nossa Senhora ela estava pintando na última semana, ela finalizou e faleceu depois de dois dias.” disse, Jocimar.

setembro amarelo

setembro amarelo

Jocimar conta sobre o luto: “Ela faleceu em fevereiro de 2020 e acabou tudo pra mim. Não conseguia dar aula, já estava aposentado da polícia, não conseguia nada. Eu não queria mais impressão 3D, quando fui ver estava tudo parado aqui. Eu estava em casa, fechado, em depressão, minha barba estava até grande. Tinha seis impressoras paradas, abandonei tudo”

Isabely, vendo o pai triste sugeriu construírem um “mundo dos dinossauros” em homenagem a mamãe.

“Quando foi 2020, mais ou menos agosto, estava lá em casa quando a Isabely deu a ideia de fazer o mundo dos dinossauros, já que minha esposa gostava de dinossauros. Nós íamos nos museus, viajávamos para ver coisas de dinossauros. Daí na mesma noite entrei para comprar arquivos de dinossauros e comprei o velociraptor e ainda decidi fazer em tamanho real. Falei com um paleontólogo amigo meu que me informou que ele deveria ter mais ou menos dois metros de altura. Coloquei todas as impressoras para trabalhar, peça por peça.”

E assim começou o sonho de construir o “mundo dos dinossauros”, tomado pela empolgação e pela felicidade de homenagear a esposa, ele não parou por aí.

“Daí montei o velociraptor e depois fiz um Compsognathus. Daí vi um programa, uma live que me inspirou a fazer um Tiranossauro Rex com dois metros de altura. Mandei para as empresas esse projeto, expliquei que era uma homenagem à minha esposa que havia morrido de câncer com ideia da minha filha. Me animei com isso, mas as duas empresas que eu costumava comprar filamentos não me deram retorno, mas no dia seguinte o Sérgio Portela da 3D Lab me respondeu. Ele perguntou quanto em filamento eu ia precisar para viabilizar o projeto, eu falei 20kg, ele perguntou se eu poderia pagar o frete, falei que sim e vieram os 20kg de filamento”

Mas os desafios não paravam de surgir, ele descobriu que outra pessoa já estava construindo o T.Rex de 1,30m e não queria copiar, então decidiu fazer o crânio. No total foram 50 partes e mais de 30Kg de filamento para finalizar a parte de cima e tudo isso foi produzido em impressoras domésticas como a linha Ender 3.

“Daí o pessoal começou a me chamar de louco, falar que estava gastando filamento atoa, desgastando a impressora.”

setembro amarelo trex

Depois que a peça tomou forma já havia uma sensação de dever cumprido, porém, o projeto não poderia parar por aí.

“Quando terminei de imprimir fui chamado para participar de uma exposição, daí percebi que ia precisar pintar e dar acabamento nele, né? Coloquei aqui na frente, na porta de casa para ficar mais fácil de dar acabamento, por causa do espaço que na minha casa é pequeno, mas acabou causando batidas, o pessoal passava para olhar e esquecia do trânsito e acabava batendo no carro da frente, aí precisei tirar e colocar dentro de casa mesmo”

setembro amarelo

Jocimar conta que o processo de acabamento foi um grande desafio, já que depois dos acidentes o processo precisou ser feito dentro de casa e o tamanho da peça acabava tornando todo o espaço muito pequeno para trabalhar. Antes da exposição, fez um curso de paleoartista em Mato Grosso e ganhou o título. Quando voltou para sua cidade realizou uma exposição na qual arrecadou doações para a rede feminina de combate ao câncer da cidade. O evento foi um sucesso!

A coleção chamou tanta atenção que recebeu uma oferta de compra de 50 mil reais, que obviamente foi negada.

setembro amarelo

Jocimar conta que além de realizar as impressões também teve que começar a estudar profundamente sobre o universo dos dinossauros para montar sua coleção. Caso o projeto seja finalizado com o maxilar (o que é uma meta), este será o maior crânio de T.Rex do mundo podendo concorrer ao Guinness Book. Além disso, sua coleção conta com 46 peças no total, mas a meta é chegar em 100!

setembro amarelo

O setembro amarelo é um mês de reflexão e cuidado com o próximo, mas esse tipo de pauta deve ser abordada sempre, e a empatia com o outro deve ser praticada todos os dias. Os hobbies são uma boa forma de distrair dos problemas, pois conseguem ajudar a aumentar o nível de alegria e aconchego, porém, procurar ajuda profissional é um ponto crucial para superar doenças psicológicas e problemas com a saúde mental. Cuide-se sempre!

E se você quiser investir na impressão 3D como um hobbie, compre sua impressora agora e comece a imprimir!

Continue lendo

ender 3

Ender 3: ainda vale a pena comprar?

A linha Ender da Creality conta com uma variedade enorme de impressoras 3D, com diversos upgrades e funcionalidades, mas diante de tantas atualizações, será que a Ender 3 ainda vale a pena? Veja neste conteúdo!


A Ender 3 foi uma das primeiras impressoras do mundo a popularizar a impressão 3D, o valor dessa máquina sempre foi muito abaixo que as demais do mercado, o que possibilitou que fosse vista como uma perfeita opção de entrada, devido ao seu custo-benefício.

Com essa popularização a Creality resolveu investir ainda mais na linha Ender 3 e criou variações como Ender 3 Pro, V2, MAX, S1, e por aí vai… E cada uma delas possui inúmeros upgrades e particularidades. Diante desses lançamentos, um questionamento começou a pairar no ar: será que a primeira dessa linha, ainda vale a pena? Vamos te ajudar a responder essa pergunta neste conteúdo!

Qual é a história da Ender 3?

ender 3

Que ela é uma impressora querida no mercado, nós já sabemos, mas o que faz com que seja tão querida? Vamos contextualizar brevemente sobre ela!

A Ender 3 foi uma das primeiras impressoras 3D do mundo com tecnologia Full Open Source, que é basicamente um sistema de código aberto no qual é possível modificar, estudar e adaptar o código-fonte de um software. Muitos dizem ter sido um divisor de águas na impressão 3D, já que veio acompanhada de tecnologias que não eram vistas antes e por um preço tão acessível.

Além disso, contextualizando o mercado, na época do seu lançamento existia uma quantidade mínima de impressoras 3D com preço relativamente acessível e a maioria delas não oferecia tanta qualidade de impressão. Em tempos em que a Anet A8 era a impressora 3D com o melhor preço, a Ender 3 chegou trazendo a robustez e maior área útil de impressão encontradas anteriormente apenas em impressoras mais caras, com o valor de Anet A8 (que era uma das mais baratas da época).

Isso fez com que nossa Ender 3 conquistasse vários fãs bem rapidamente, e logo se tornasse a impressora 3D mais vendida do mundo: em 2018 foram vendidas mais de 200.000 unidades de forma global!

Mas, quais são os diferenciais da Ender 3?

É óbvio que a primeira resposta que vem à mente da maioria das pessoas quando o assunto é Ender 3, é o preço! Por ser uma impressora considerada de entrada, ela pode se encontrada com valor médio de R$1.700 no mercado, tornando-a uma ótima opção para quem deseja iniciar na impressão 3D, mas ainda não pode realizar grandes investimentos, mas além disso, o que ela tem?

Ela possui montagem facilitada, aquecimento rápido, memória de impressão, estrutura robusta, tamanho compacto e peso leve.

Especificações técnicas:

  • Frame (estrutura) em alumínio anodizado;
  • Sistema de Extrusão Bowden, fazendo a impressora ganhar velocidade e qualidade;
  • Mesa aquecida, possibilitando a impressão de diversos tipos de materiais. Chega a 100°C em menos de 7 min.
  • Área de impressão de 220x220x250mm;
  • Temperatura de trabalho: extrusora até 255°C / mesa até 110°C;
  • Diâmetro do filamento usado: 1,75mm;
  • Diâmetro do bico: 0,4mm;
  • Resolução de impressão máxima: 50 mícrons (0,05mm);
  • Velocidade de impressão: 0 a 180mm/s (recomendada 90mm/s);
  • Retoma a impressão no caso de queda de luz.
  • Placa de 32 Bits

Mas ainda vale a pena comprar uma Ender 3?

VALE A PENA COMPRAR?

A verdade é que apesar de ter sido um divisor de águas na impressão 3D no período do seu lançamento, a Ender 3 pode ter ficado obsoleta diante das inovações atuais. A percepção que nós temos é que o mercado vem tendendo para impressoras mais tecnológicas e que possibilitam oferecer maior variedade de serviços, maior nível de detalhamento e confiabilidade.

A linha Ender 3 já possui impressoras com tecnologias de nivelamento automático, sensor de fim de filamento, maior estabilidade no eixo Z e até mesmo a possibilidade de adaptação do eixo para inclusão de módulo laser. São tecnologias que melhoram a experiência do usuário e a qualidade final da impressão.

Vamos te mostrar algumas dessas impressoras a seguir!

Quais as outras impressoras da linha?

Mas se a Ender 3 já não é a melhor opção de compra, qual impressora 3D comprar? Veja abaixo nosso comparativo com outras impressoras dessa linha!

ender 3

 

Ender 3 PRO

Essa impressora possui alguns diferenciais, resoluções e inclusões de tecnologias básicas que solucionam problemas encontrados na Ender 3. O eixo Y reforçado, garantindo maior estabilidade e precisão na impressão, a mesa C-MAG que possibilita maior aderência dos materiais na primeira camada e mudança nos parafusos de nivelamento, que possibilita maior facilidade na hora de nivelar.

COMPRE AGORA A SUA

Ender 3 V2

A V2 é ótima opção para quem está começando no universo da impressão 3D! Com placa-mãe silenciosa para melhorar a experiência do usuário no momento de impressão, display colorido de 4,3 polegadas, compartimento para ferramentas, mesa de vidro carborundum o que aumenta consideravelmente a vida útil da plataforma, além de ser compatível com uma variedade enorme de filamentos como: PLA, PETG, TPU, PLA Flex, PLA Silk, Wood e outros.

COMPRE AGORA A SUA

Ender 3 MAX

A MAX é a impressora da linha Ender 3 com maior volume útil de impressão, possibilitando impressões em formatos maiores que os usuais, com uma qualidade de impressão incrível.

Possui mesa de vidro carborundum, placa-mãe silenciosa, extrusora metálica para maior vida útil, fonte MeanWell que protege contra curto-circuito, sobrecarga e alta temperatura, sensor de fim de filamento, molas reforçadas e dois coolers para o sistema de ventilação da peça, contribuindo para melhor qualidade de impressão.

COMPRE AGORA A SUA

Ender 3 S1

A S1 é um lançamento recente da Creality com diversos upgrades para quem é maker e gosta de tecnologias diferentes.

Possui nivelamento automático em 16 pontos via CR-Touch, extrusor direct mais leve e eficiente, duplo eixo Z para maior estabilidade, conjunto extrusor intercambiável, sensor de fim de filamento, placa-mãe silenciosa e montagem facilitada em 6 etapas.

COMPRE AGORA SUA

Ender 3 S1 PRO

Além de todas as vantagens já existentes na S1, a S1 PRO conta com extrusor direct drive sprite pro all metal, que possibilita maior velocidade de impressão, leveza e alcança até 300ºC permitindo impressão em diversos tipos de filamentos como PLA, ABS, TPU, PC e PA.

COMPRE AGORA A SUA

Portanto, vimos que apesar de tudo, a Ender 3 ainda é a impressora mais vendida do mercado, porém, pesquisas recentes mostram a tendência do mercado de impressão 3D para máquinas mais tecnológicas e inovadoras. A Linha Ender 3 possui diversos tipos de impressoras com upgrades incríveis e qualquer uma dessas máquinas possui altíssima qualidade de impressão (até mesmo as mais antigas).

Se você já tem a Ender 3, busca inovações e não consegue investir em novas impressoras agora, é possível adaptar a sua com diversos acessórios, instalando upgrades que podem otimizar sua vida e o uso da sua impressora. Veja aqui.

Continue lendo

Como ganhar dinheiro com impressão 3D

Como ganhar dinheiro com impressora 3D! Veja as dicas mais lucrativas!

Você sabe como ganhar dinheiro com impressora 3D? Essa tecnologia está despertando cada vez mais a curiosidade e desejo das pessoas em adquirir uma máquina. Como é o caso de empreendedores que começaram com uma impressora, e hoje estão com uma nova fonte de renda!


Sem tempo para ler? Ouça este conteúdo clicando no player abaixo! 

Quem não gostaria de ter uma nova fonte de renda? Em um momento de crise política e financeira, buscar por oportunidades de sair do sufoco e ser dono do próprio negócio é algo perfeitamente comum!

Porém, é necessário saber identificar as oportunidades de mercado e as melhores maneiras de explorá-las para atingir o sucesso na empreitada. Uma vez que esse conhecimento pode fazer toda a diferença e gerar lucros bem expressivos! Pensando em impressão 3D, existem diversas formas de ganhar dinheiro com a tecnologia – apesar de ser uma dúvida comum saber como utilizá-la da melhor forma.

Então, se você tem uma impressora parada em casa ou se está buscando uma nova fonte de renda, que tal conferir este material sobre como ganhar dinheiro com impressora 3D?!

É fácil ganhar dinheiro com impressão 3D?

Como ganhar dinheiro com impressão 3D

Hoje tornou-se comum pessoas ou até mesmo empresas prometendo maneiras incríveis de ganhar dinheiro de forma fácil e rápida. Pensando nisso, lá vai a nossa primeira dica: tenha muito cuidado com isso! Sempre é bom duvidar das promessas e avaliar se há casos de sucesso, ou seja, se outras pessoas realmente estão tendo lucro com as ideias que são propagadas.

No nosso caso, pensando em como ganhar dinheiro com impressora 3D, vamos destacar é que não existe mágica! Você não começará a ganhar dinheiro só porque comprou uma impressora. É necessário estudar, conhecer o melhor nicho de mercado, buscar clientes, se diferenciar.

Portanto não vamos fazer falsa propaganda ao afirmar que é fácil ganhar dinheiro com impressão 3D. Embora seja perfeitamente possível ganhar dinheiro sim, e muito!

Afinal, como ganhar dinheiro com impressora 3D?

Para responder a essa pergunta, vamos abordar os principais nichos para saber como monetizar as suas impressões 3D! Veja quais são eles:

Explore o mercado de produtos personalizados

Ganhar dinheiro no mercado de personalizados

Uma das grandes vantagens da impressão 3D se comparada com outros processos de fabricação é a capacidade de personalizar produtos sem ter gastos extras com isso. Na usinagem, por exemplo, para personalizar um produto é necessário considerar o custo com ferramentas e tempo de setup, dentre outros consumos.

Na impressão 3D isso não é necessário! Basta ter o arquivo do modelo – alguns sendo facilmente encontrados em repositórios gratuitos na internet.

Sendo assim, projetos únicos são ótimas opções para você explorar. A Nike e Adidas, por exemplo, já estão lançando tênis com partes impressas. As marcas globais estão visando justamente na possibilidade de customização para o cliente.

Estude as aplicações na odontologia

Mercado de odontologia

O mercado odontológico é outro que está de olho nas aplicações da impressão 3D. Usar moldes de gesso pode estar com os dias contados, isso porque utilizar um molde impresso é muito mais interessante por sua praticidade e velocidade.

Além disso, os profissionais estão buscando a tecnologia para treinamento e preparação de cirurgias. No qual o cirurgião dentista pode ter uma réplica da região a ser operada no paciente e simular toda a intervenção cirúrgica antes do procedimento. O que por sua vez, proporciona maiores e melhores tomadas de decisões e menos desgaste ao paciente.

Ofereça soluções de engenharia e arquitetura

Projetos de arquitetura

Os setores de engenharia e arquitetura são outras opções para você oferecer seus serviços ou produtos de impressão 3D. Protótipos impressos podem substituir peças feitas artesanalmente, que levam muitos dias para serem fabricadas.

No caso da arquitetura, maquetes e itens de demonstração podem ser usados para agregar valor aos projetos e fazer total diferença no momento da venda.

Não se esqueça da gastronomia

Utensílios para cozinha e gastronomia

Por fim, não podemos nos esquecer da gastronomia!

Você acredita que há muitos empreendedores ganhando dinheiro imprimindo cortadores de biscoito? Sim, esse mercado é altamente interessante e lucrativo! Outro exemplo é a impressão 3D na culinária, que consegue reunir personalização e criatividade para produzir verdadeiras obra de arte. Tudo através de moldes, cortadores e demais utensílios de cozinha!

Quais são os primeiros passos?

Como ganhar dinheiro com impressão 3D

Para criar o seu negócio é importante que siga alguns passos. É o que vai garantir um investimento direcionado, isto é, um foco. Veja quais são os primeiros passos para abrir o seu negócio de impressão 3D:

1. Procure um mercado que você já conheça

Muitos dos clientes aqui da 3D Lab já enviaram mensagens perguntando sobre como ganhar dinheiro com impressora 3D, e muitos deles alcançaram sucesso e são donos de negócios altamente lucrativos.

Inclusive, alguns desses negócios nasceram como uma opção de segunda renda e se transformaram em renda principal!

Se é isso que você está buscando, o primeiro passo é entender que a tecnologia de impressão 3D é bastante ampla. A principal característica da impressora é a versatilidade, pois uma mesma máquina é capaz de imprimir peças de diversas aplicações.

Ainda assim, você deve escolher um nicho para atacar. Se você deseja comprar uma impressora 3D para oferecer serviço de impressão, é extremamente importante conhecer melhor o seu público, saber quais são as necessidades e o que precisa ser feito para atendê-las.

O ideal é que você conheça o mercado escolhido. Dessa forma, você já pode ter uma lista de potenciais clientes e empresas do setor que podem se interessar pelo seu trabalho. Além de saber onde procurar sua persona e outras informações relevantes para o negócio.

2. Faça pesquisas com o público

Depois de definir qual mercado atacar, é hora de fazer pesquisas com esse público. Essa etapa é fundamental para você começar a traçar estratégias comerciais! Portanto, procure saber se essas pessoas conhecem a impressão 3D e as características das peças impressas.

3. Veja se já existe algum concorrente

Será que o mercado que você escolheu já tem algum profissional trabalhando com impressão 3D? Nem sempre a concorrência é uma coisa ruim! Na verdade, isso pode mostrar que o setor tem demanda. Nesse caso, avalie bem o que os concorrentes estão fazendo e como você pode se diferenciar.

4. Formule seu plano de negócio

Com todas essas informações em mãos, chega a hora de formular o seu plano de negócio! Organize e alinhe o seu objetivo, o mercado alvo, as características do público e da concorrência, as estratégias a serem tomadas e demais definições relevantes.

5. Estude sobre qual impressora 3D comprar

Saber identificar a melhor impressora 3D para comprar influencia diretamente no seu negócio! Aqui na 3D Lab oferecemos diversas marcas de impressoras nacionais e importadas.

Os preços variam bastante, desde impressoras totalmente acessíveis a modelos profissionais focados em produtividade e performance.

Para escolher a impressora 3D ideal para o seu negócio é necessário analisar quais serão os tipos de peças criadas, os materiais utilizados e a dimensão das impressões. Estude também sobre a empresa fornecedora da impressora. É fundamental que seja uma marca referência e que ofereça suporte especializado para lhe atender sempre que necessário.

6. Crie seu portfólio e invista em marketing

Por fim, depois que você já definiu o mercado, já escolheu e comprou a sua impressora 3D e já tem clientes, chega a hora de estruturar o processo de marketing e vendas. Mesmo que você esteja sozinho no empreendimento (o que é completamente normal no início), é preciso criar estratégias para vender o seu produto.

Sendo assim, elabore um portfólio com o que você oferece e com alguns trabalhos já realizados, e faça a divulgação nos canais de comunicação que seu público utiliza.

Vimos neste artigo algumas maneiras e nichos de mercado para saber como ganhar dinheiro com impressora 3D. Agora é com você! É totalmente possível empreender com a impressão 3D e, com as nossas instruções de como percorrer o caminho para o sucesso, aplique uma boa dose de dedicação e comece!

Se você já fez um bom estudo, tem o seu negócio bem desenhado e agora quer saber qual impressora 3D comprar, baixe o nosso e-book sobre todas as considerações que você deve tomar para fazer a escolha ideal!

E, caso queira baixar esse conteúdo, basta clicar aqui.

Continue lendo

Qual impressora 3D comprar? Guia completo para escolher o modelo ideal

Escolher qual impressora 3D comprar não é simples! O preço da impressora 3D, seus diferenciais, aplicações e objetivo determinarão o modelo ideal para você ou sua empresa. Saber escolher entre uma impressora 3D profissional ou um modelo para hobbie pode representar satisfação ou frustração com a compra.


Sem tempo para ler? Então ouça este conteúdo clicando no player a seguir:

Preparemos este guia completo para que você consiga saber qual impressora 3D comprar, avaliando diferentes aspectos relativos à tecnologia. Utilize todas as dicas que fornecemos para tomar a melhor decisão de compra.

1. Introdução

A tecnologia de impressão 3D vem transformando os processos de fabricação e possibilitando a criação de projetos únicos. A utilização das máquinas é feita por diversos fins, seja para uso doméstico, educacional, empresarial e até mesmo na área medicinal. Porém, uma das principais dúvidas para quem quer entrar nesse mundo de possibilidades é qual impressora 3D comprar.

Por isso, montamos esse guia completo, com todas as informações necessárias para você tomar a melhor decisão. Vamos abordar os seguintes temas:

  • os 4 pilares da escolha;
  • do zero até a peça pronta;
  • os materiais mais utilizados;
  • as principais características das impressoras;
  • os softwares de impressão;
  • como avaliar o fabricante ou revendedor da máquina;
  • análise de custo e benefício.

Depois que você conferir cada tópico, estará qualificado para escolher o melhor modelo de impressora para o seu caso específico e, assim, poder usufruir de todas as oportunidades.

Vamos começar?

Curso online de impressão 3D

2. Os 4 pilares da escolha de qual impressora 3D comprar

No mercado nacional e externo há muitos modelos de impressoras 3D, com aplicações diversas e preços que variam bastante. É possível encontrar pontos positivos e negativos em cada opção. Então, para descobrir qual é a sua impressora 3D ideal você precisa analisar os 4 pilares da escolha. Eles servirão para direcionar os modelos disponíveis e evitar que você faça uma seleção errada.

Vejamos quais são estes pilares:

2.1. Finalidade das peças

O primeiro pilar é a finalidade das peças que você deseja imprimir. Essa questão é importante para definir os materiais que serão utilizados e, por este motivo, ela pode limitar a sua decisão de qual impressora 3D comprar. Então, vamos às perguntas que você deve responder:

  • como são as peças que serão impressas? Grandes? Pequenas? Detalhadas?
  • qual aplicação elas terão? Decoração? Peça final?
  • a peça terá um acabamento?
  • as peças serão expostas à alta temperatura?
  • elas terão contato com algum reagente químico?

2.2. Objetivo com a impressora

O segundo passo diz respeito ao seu objetivo com a impressora. Vamos às perguntas que você deve se fazer:

  • qual será o uso da impressora? Doméstico, empresarial, educacional ou outros?
  • sua intenção é trabalhar com a impressora, fazendo projetos? Se sim, já tem ideia do volume de impressão?
  • a impressora ficará em algum espaço aberto para outros usuários? Se sim, qual o conhecimento deles de operação da máquina?

2.3. Nível de conhecimento em eletrônica

Uma das opções buscadas pelo público é a montagem da própria impressora. Se esse for o seu interesse, precisa responder às seguintes questões:

  • qual é o seu nível de conhecimento em eletrônica?
  • quanto tempo que você poderá destinar para a montagem?
  • qual é o prazo que você estipula para ter a máquina montada e calibrada?

2.4. Investimento disponível

Por fim, o último pilar da escolha é referente ao investimento disponível.

  • o quanto você está disposto a investir para adquirir a impressora 3D?

Essas questões ajudarão bastante a definir qual impressora 3D comprar. O ideal é que você anote suas respostas. Ao longo desse guia você terá acesso a uma quantidade enorme de informações e algumas delas serão novas para você, podendo fazer com que suas respostas mudem.

3. Como funciona a impressora 3D

Muitas pessoas desejam adquirir uma impressora 3D, mas ainda não têm o conhecimento básico do que representa essa tecnologia. É comum encontrar quem acredite que a partir de uma foto em papel seja possível obter um objeto 3D impresso. Ainda não chegamos lá!

Por isso, para que você tenha clareza do que essa tecnologia é capaz, vamos mostrar o passo a passo, do zero até a peça pronta. Acompanhe!

3.1. Projeto

O projeto é o início de sua impressão 3D. Imagine que você queira imprimir uma engrenagem para uso empresarial. Você deve utilizar um programa de modelagem, como o SolidWorks ou outro, para gerar o arquivo 3D.

Para projetar uma peça com a finalidade de imprimi-la, é interessante que você tenha um conhecimento do processo de impressão, para evitar problemas futuros e otimizar o tempo de trabalho.

Se você não quiser projetar, pode utilizar diversos sites que disponibilizam o arquivo, alguns deles de forma gratuita, como o Thingiverse.

Para que o software de impressão consiga ler o arquivo, o mais comum é que ele seja salvo na extensão stl.

3.2. Fatiamento

A segunda etapa para imprimir é o fatiamento da peça em um dos softwares de impressão 3D. Falaremos mais deles nos próximos tópicos.

O objetivo do fatiamento é transformar o arquivo em um modo de leitura possível pela impressora. Os softwares ajustarão o modelo para a forma de construção da peça, que é feita em camadas. A impressora gera uma camada inteira e sobe para a próxima. Ela segue esse ciclo até o final do projeto.

3.3. Impressão

Por fim, a última etapa do processo é a impressão em si. Depois que você já criou ou obteve o arquivo e fez o fatiamento da peça, definindo os parâmetros de impressão, é hora de preparar a sua impressora. Basicamente: posicionar o filamento, selecionar o arquivo, aquecer a impressora e imprimir!

4. Os filamentos para impressora 3D mais utilizados

Para tomar uma boa decisão sobre qual impressora 3D comprar, você precisa conhecer os materiais básicos, que são mais utilizados. Lembre-se que nesse guia estamos focando na tecnologia de impressão 3D FDM — Fused Deposition Modeling — ou, modelagem por fusão e deposição.

Neste guia trataremos somente dos dois principais materiais usados no mundo, o PLA e ABS. Para saber mais sobre outros filamentos, entre em contato com nossa equipe técnica.

4.1. Filamento PLA

O PLA é um Ácido Polilático. Consiste em um polímero biodegradável extraído de fontes naturais, como o amido de milho e raízes da mandioca.

Esse material é um dos mais utilizados na impressão 3D pelas suas características. Possui alta rigidez, cores brilhantes e ótimo acabamento final, sem que tenha a necessidade de um pós processamento. Não apresenta dificuldades para impressão, podendo ser utilizado em máquinas abertas ou fechadas, com ou sem mesa aquecida.

É bastante indicado para maquetes, peças decorativas, projetos que não tenham esforço mecânico e outros. É amplamente utilizado na Europa e Estados Unidos, servindo também como base para outros materiais, como madeira, cerâmico, cobre e carbono.

Uma limitação do PLA é a baixa resistência à temperatura. A partir de 60°C as peças produzidas com esse material começam a deformar.

A matéria prima é importada, o que faz elevar um pouco o seu preço, comparado ao ABS. Mas a facilidade e qualidade de impressão faz valer a pena sua escolha.

4.2. Filamento ABS

O ABS — Acrilonitrila Butadieno Estireno — é derivado do petróleo. É um material amplamente utilizado nos processos de fabricação, inclusive no setor automobilístico.

Suas cores são opacas. As peças feitas com ABS apresentam uma ótima resistência mecânica e térmica, superiores ao PLA. Porém, é um pouco mais complicado de se utilizar na impressão 3D. Uma característica desse material é a forte contração que ele enfrenta no processo de resfriamento. Isso pode empenar as peças se ela tiver contato com uma fonte fria. Por isso, é indicado usar esse filamento em impressoras fechadas.

Outra limitação do ABS é quanto à mesa de impressão. Aqui, obrigatoriamente a impressora deve ter mesa aquecida. Caso contrário o material não fixará na base, interrompendo o projeto.

O ABS é indicado para peças que não precisem de uma tolerância dimensional fina, que sejam expostos ao sol ou que sofram algum desgaste mecânico.

A matéria prima é nacional, o que faz com que o preço desse filamento seja mais acessível. Além disso, ele reage com a acetona, o que lhe confere uma facilidade ao processo de acabamento, deixando a superfície bem lisa, sem a aparência das camadas.

Parar criar um comparativo, você pode verificar o quadro abaixo, com os principais materiais usados na impressão 3D e suas características. Todos os dados mostrados foram obtidos a partir de testes em laboratório com filamentos 3D Lab.

propriedade dos materiais para impressão 3D

5. As principais características das impressoras 3D

5.1. Movimentação da máquina

Pela movimentação da máquina, podemos criar 3 grupos:

  • cartesiana;
  • core xy;
  • delta.

A movimentação cartesiana trabalha com um motor para cada eixo. Com isso, ela possui três eixos independentes. Os principais modelos que utilizam esse sistema de movimentação são Graber e Prusa.

A movimentação core xy apresenta um eixo independente e dois acoplados. A movimentação vertical, ou eixo z, é feita pela mesa de impressão, enquanto os outros dois motores são responsáveis pela movimentação no eixo xy, assim como trabalha uma CNC de bancada.

Já o grupo das impressoras tipo delta possui os três eixos acoplados. Uma característica desse tipo de máquina é a altura. Sua estrutura ocupa um espaço maior verticalmente, o que pode limitar a sua área no eixo z.

Cada modelo, se bem calibrado, é capaz de entregar boas velocidades de impressão e qualidade.

5.2. Aberta ou fechada

As impressoras abertas não possuem uma barreira para a circulação de ar na peça. Se você quer imprimir peças em PLA, PETG, Flex, Wood ou outros materiais que não sofrem uma grande contração quando são resfriados, não tem problema usar uma impressora aberta. É até recomendado, para esses materiais, um sistema de refrigeração forçada, como um cooler.

As impressoras fechadas ajudam a bloquear o resfriamento externo, o que é ótimo para impressão com materiais com alta contração, como o ABS. Se você quer usar a sua impressora com ABS em uma sala com ar condicionado, ou em dias frios, por exemplo, é interessante trabalhar com uma impressora fechada. Porém, esse tipo de impressora não limita a utilização dos materiais citados no parágrafo anterior.

5.3. Mesa de impressão

A mesa de impressão é a base em que o material será depositado. Ela pode ser de vidro, metálica, com sistema de aquecimento ou não.

O ABS necessita de mesa aquecida para fixar na base. Sem isso a peça se soltará, interrompendo a impressão. Já o PLA e a maioria dos materiais não têm essa necessidade, mas é interessante esse aquecimento para facilitar a fixação.

5.4. Sistema de alimentação

Basicamente, nas impressoras 3D utilizam-se 2 tipos de alimentadores: o que chamamos de Direct Drive (DD), que possui o motor que traciona o filamento acoplado ao carro de movimentação e outro que é chamado de Bowden, que possui o motor tracionador separado.

Como característica, o Direct permite um melhor ajuste, pois a distância entre o tracionador e o extrusor é bem pequena, melhorando a performance de alguns materiais, como o Flex.

Já o Bowden ganha em velocidades, pois tira-se o peso do motor do carro, permitindo deslocamentos mais rápidos.

Lembrando que dependendo dos ajustes e projetos de cada fabricante, os dois modelos podem ser ajustados de forma a conseguir as mesmas performances.

5.5. Tipo de extrusor

Os extrusores se distinguem em 2 tipos: allmetal e com teflon.

A impressora 3D allmetal, ou seja, aquelas com extrusores allmetal, permitem temperaturas mais altas, porém deve ser muito bem fabricado, podendo ocorrer travamento do filamento em seu interior em caso de alguma rebarba ou superfície interna ruim.

Já os extrusores com teflon interno permitem uma melhor lubrificação na passagem, melhorando significativamente a qualidade da peça. Porém, eles possuem uma resistência à temperatura menor. Geralmente máxima de 250°C, que permite a impressão na maiorias dos materiais hoje utilizados.

6. Os softwares de impressão 3D

6.1. Simplify 3D

6.1. Simplify 3D

 

O Simplify3D é um software pago, de muito fácil utilização. Ele possui ajustes únicos que possibilitam um aumento da gama de variedades com a impressão 3D. As configurações default, ou padrão, conseguem melhorar bastante as peças, deixando-as com acabamento perfeito e otimizando as movimentações.

É importante dizer que esse software permite utilização em todos os tipos de impressoras de configuração aberta.

6.2. Cura

6.2. Cura

 

O Cura é um software gratuito, também de fácil utilização. Em sua última atualização ele ganhou recursos que permite ajustes diferenciados, se comparado ao Simplify. O Cura foi desenvolvido para as impressoras da marca Ultimaker, porém, pode ser utilizado em quase todas as marcas que aceitam outro software.

6.3. Slic3r

6.3. Slic3r

 

O Slic3r é outra opção gratuita. Sua utilização é um pouco mais complexa, pois permite ajustes mais avançados que acabam deixando-o um pouco mais difícil de utilizar. Uma vez que todos os ajustes foram configurados, ele possibilita ótimos resultados.

Esse software ainda é um dos mais utilizados justamente por permitir uma maior gama de configurações, ótimo para quem gosta de software aberto e quer testar diversas variáveis.

7. Como avaliar o fabricante ou revendedor da máquina

Você já reuniu informações importantes para te ajudar a escolher o melhor modelo de impressora 3D para o seu caso específico. Agora, vamos dar dicas do que avaliar na escolha do fabricante ou revendedor da máquina.

7.1. Suporte técnico

O primeiro ponto para se decidir onde comprar a máquina é avaliar o suporte técnico. É fundamental que uma empresa ofereça toda a ajuda necessária para que seus clientes tenham sucesso na utilização do equipamento.

Pergunte para um representante da empresa se há o serviço de suporte técnico, como ele é feito, quais canais de comunicação são disponibilizados e os horários de atendimento.

7.2. Garantia

A garantia do produto é outro item essencial. Os valores das máquinas podem ser expressivos, e ninguém quer perder um investimento porque a impressora parou de funcionar. Avalie qual é o período de garantia e se há alguma regra estabelecida.

Não tenha vergonha de garantir os seus direitos como consumidor!

7.3. Avaliação de clientes

A avaliação dos clientes é um bom caminho para avaliar e escolher a marca ideal da sua impressora 3D. Procure nas redes sociais alguns depoimentos de clientes. Converse com eles individualmente para saber o que eles acharam da compra, se indicam, quais são os pontos positivos e negativos.

Procure saber quais foram os resultados obtidos com as impressoras. É claro que cada marca vai expor seus melhores resultados, por isso é bom fazer essa análise com o cliente final.

7.4. Manutenção

Por último, a manutenção também deve ser avaliada. Estamos falando de um equipamento de fabricação. Se você faz um serviço de manutenção no seu carro (se não faz, deveria fazer!) por que não fazer na sua impressora?

Pergunte ao fabricante ou revendedor da máquina quais são os itens que devem ser observados, se eles possuem peças de reposição e os valores.

8. A relação entre preço da impressora 3D e benefícios

No Brasil encontramos modelos de impressoras 3D com preços bem variados. Nem sempre um preço elevado é garantia de boa qualidade, assim como o contrário também não é regra. Então, você deve avaliar a relação de custo e benefício da sua escolha.

Pense no seu objetivo com a impressora (segundo pilar da escolha). Se você quer um equipamento para hobbie ou impressões de pequenos projetos, sem muita complexidade, não faz muito sentido investir um valor exorbitante.

Da mesma forma, se você quer uma impressora para trabalhar, que resulte em peças de qualidade, com resolução fina, precisa ver se a sua escolha é capaz de entregar tais resultados.

Por isso, avalie a relação de custo e benefícios. Veja quais são os pontos positivos e negativos de cada modelo e coloque o seu objetivo nesse plano para encontrar a melhor escolha de qual impressora 3D comprar.

9. Qual impressora 3D comprar

Ao longo do nosso guia vimos que as possibilidades da tecnologia de impressão 3D são ilimitadas. Várias áreas de conhecimento podem se beneficiar dos recursos. A utilização pode ser como hobbie ou comercial, criando projetos sob demanda.

Porém, independente do uso, é importante escolher um bom modelo de impressora. A escolha correta evita que você invista um valor superior ao necessário, ou que compre um equipamento que não vai conseguir atender as suas necessidades.

Além disso, mostramos as principais características dessa tecnologia, para que você conheça esse mundo de possibilidades.

Agora que você já tem boas informações, vamos voltar aos 4 pilares da escolha? Será que as suas respostas mudaram? Para que você descubra qual marca e modelo comprar, entre em contato com nossa equipe que poderemos te ajudar. Basta preencher os dados no formulário abaixo:

    10. Sobre a 3D Lab

    A 3D Lab é uma empresa referência na tecnologia de impressão 3D. Nosso foco é expandir a utilização dessa ferramenta, criando novas possibilidades e recursos para cada caso em específico. Trabalhamos na entrega de soluções completas, compreendendo a máquina, insumo, manutenção e todo o conhecimento necessário.

    Temos uma estrutura fabril para atender qualquer demanda e desenvolvemos parcerias com as principais empresas do país. Hoje, somos a marca que mais vende filamentos no Brasil, sempre investindo em qualidade e no desenvolvimento de novos materiais. Atuamos na venda tanto em atacado quanto varejo.

    Além da qualidade em filamentos, nossos especialistas ajudam a direcionar os clientes até a impressora 3D ideal, pensando em cada necessidade específica. Assim, as pessoas e empresas conseguem extrair o máximo dessa tecnologia que vem mudando o mundo!

     

    O nosso grande diferencial é que somos comprometidos com aquilo o que fazemos. Não vendemos apenas um produto. Oferecemos a solução completa para cada cliente.

    Portanto, se você deseja alcançar grandes resultados com uma impressora 3D, conte conosco!

    Continue lendo