O que esperar da impressão 3D em 2020 [PARTE 2]

O que esperar da impressão 3D em 2020 [PARTE 2]

No último post falamos sobre as expectativas e realidade da impressão 3D no ano de 2019. Agora, na segunda parte do conteúdo vamos mostrar o que esperar da impressão 3D em 2020. Confira!


2019 foi um ano marcante para a tecnologia de impressão 3D no Brasil. Muitas mudanças fizeram com que as impressoras se tornassem mais acessíveis para o público e também para as empresas. Agora, o momento é de evoluir!

Se no ano passado o crescimento da comunidade de impressão 3D foi destaque, esse ano promete ser de maior aplicação e resultados.

Então, vejamos quais são as tendências e expectativas da impressão 3D em 2020!

2020: o ano da consolidação da impressão 3D

Alguns anos atrás a impressão 3D ainda era vista como uma novidade, algo interessante, mas que não necessariamente se colocaria como uma ferramenta consolidada das empresas. Era algo legal, “cool“, mas não tão importante…

Hoje essa realidade é bem diferente e muitos setores já definiram que a tecnologia precisa estar dentro dos seus processos produtivos. A grande diferença é que a impressão 3D agora é vista como algo necessário para que as empresas se mantenham sólidas e competitivas.

Muito disso deve-se ao fato de que a tecnologia permite o ganho de produtividade, redução de custos, personalização e muitos outros recursos essenciais.

O setor automotivo, por exemplo, enxerga um uso possível das impressoras como ferramentas para criar customização em linhas de produção, algo que sempre foi desejado, mas esbarra na elevação dos custos com os processos tradicionais.

Os principais desafios para a tecnologia

Pensando nos desafios que temos que avançar para que a impressão 3D ganhe ainda mais espaço temos como ponto principal a conscientização.

As empresas e usuários precisam entender que as impressoras são capazes de entregar diversas vantagens e que elas devem ser usadas.

Temos que acabar com o preconceito de que uma impressora 3D serve somente para imprimir brindes ou objetos simples. A versatilidade das máquinas faz com que ela imprima praticamente qualquer coisa, estando limitada ao material que é usado.

Acreditamos que a partir do momento que esse paradigma for quebrado o uso das impressoras 3D será cada vez mais interessante.

As tendências da impressão 3D em 2020

Vejamos agora quais são as principais tendências e expectativas da tecnologia para este ano.

Materiais de alta performance

O primeiro ponto que promete chamar atenção é o desenvolvimento de novos materiais. O mercado como um todo já busca outras soluções aos tradicionais PLA e ABS.

Com aplicações cada vez mais específicas, os novos materiais precisam apresentar características como:

  • alta resistência mecânica;
  • alta resistência térmica;
  • condutividade elétrica;
  • materiais metálicos;
  • compósitos.

Este mês nós já lançamos o filamento Nylon, que apresenta uma alta resistência mecânica e térmica, com uma performance superior ao PETG e outros já presentes em nossa loja.

Aplicação em projetos personalizados

A personalização promete ser uma grande conquista com a impressão 3D. Na verdade, esse é um desafio da indústria, uma vez que a produção de peças únicas ou de baixa tiragem tem custos mais elevados com os processos tradicionais.

Na usinagem, por exemplo, o custo do ferramental e o tempo de setup prejudicam a produção personalizada.

Já a impressão 3D permite criar objetos em alto ou baixo volume, sem interferir no custo. Basta ter o arquivo 3D!

Impressões de grande escala

Desde que a impressora 3D se tornou mais acessível ao público comum vemos que o volume de impressão tem aumentado gradativamente.

Essa é uma das apostas que listamos, no crescimento da área útil das máquinas. Acreditamos que setores industriais impulsionarão o desenvolvimento de impressoras grandes, com áreas próximas de 1m².

Vale ressaltar que já existem impressoras desse tamanho, mas elas ainda não são populares.

Aplicações cada vez mais criativas

Por fim, colocamos a aplicação das impressoras em campos ainda não explorados. Para nós, que acompanhamos o mercado de impressão 3D nacional e internacional, é muito gratificante ver novos mercados adotando a tecnologia e levando as máquinas para dentro da produção.

Acreditamos muito que essa utilização será cada vez mais diversificada, atendendo necessidades específicas e criativas. Afinal, a principal características da impressão 3D é a versatilidade (nossa opinião)!

Essas são as nossas expectativas da impressão 3D em 2020! Agora, quero saber o que você pensa, se concorda ou não com os pontos que levantamos. Comenta esta publicação e nos diga o que você espera da impressão 3D este ano!

2 replies on “O que esperar da impressão 3D em 2020 [PARTE 2]

  • Jorge Conceição

    Concordo em partes que a principal característica da impressão 3D seja a versatilidade. Porém, como o próprio texto já diz, a possibilidade de uma pessoa/cliente ter uma peça única, anda junto com a versatilidade. Uma peça única, entrega um valor muito maior para o cliente. Tudo isso claro, analisando meu caso que com a impressora 3D, também personalizo peças que são únicas para a maioria dos clientes. Ah, e claro, usando filamentos 3D Lab!

    • Sérgio Portela

      Olá, Jorge!

      Muito obrigado pelo comentário (e pelo uso dos nossos filamentos kkk).
      Realmente a capacidade de personalização e criação de peças únicas é muito bom e importante para a tecnologia.
      Acredito que isso está ligado à versatilidade também.

      Forte abraço e conte conosco!

Deixe um comentário