Skip to main content
Em compras acima de R$400,00 o frete é grátis! Promoção válida para os estados do Sul e Sudeste e somente para filamentos e resinas.

Tag: filamento flexível

Tipos de filamentos para impressoras 3D

Tipos de filamentos para impressoras 3D: conheça os principais

Os tipos de filamentos para impressoras 3D disponíveis no mercado são diversos. Podemos trabalhar com PLA, ABS Premium, PETG, Flex e muitos outros. Cada um tem características e aplicações diferentes.


Com o uso crescente da tecnologia de impressão 3D nas mais variadas áreas do conhecimento e da indústria, a escolha correta do tipo de filamento pode ser a razão entre o sucesso ou o fracasso do seu projeto.

Pensando nisso, você saberia dizer quais são as principais diferenças entre os tipos de filamentos para impressoras 3D?

Se a resposta foi não, fique tranquilo que vou te explicar tudo o que você precisa saber para investir no material que melhor vai atender às necessidades do seu trabalho. Confira!

Quais são os principais tipos de filamentos para impressoras 3D?

ABS

Tipos de filamentos para impressoras 3D: ABS

Derivado do petróleo, o filamento ABS é um dos materiais mais utilizados para impressões 3D, sendo ainda mais comum na indústria. É resistente a altas temperaturas e impactos, com visual opaco bastante agradável para peças que necessitam de menos brilho. 

É um material que possui dureza superficial baixa, o que permite um acabamento fácil após a impressão, além de ser solúvel em acetona pura.

Aqui na 3D Lab fabricamos o ABS Premium, uma evolução do ABS comum, que corrige falhas como cheiro forte, warping e imperfeições na adesão entre camadas.

PLA

Tipos de filamentos para impressoras 3D: PLA

Certamente outro dos materiais mais utilizados, o filamento PLA (Ácido Poliláctico) é produzido a partir de fontes renováveis. Então não polui o meio ambiente e não causa danos à saúde. 

Por ser um material de fácil impressão, o seu uso é indicado tanto em impressoras abertas como fechadas, com ou sem mesa aquecida. E, por ter baixa contração (warping), esse material é indicado para peças grandes e que não vão precisar de muitos acabamentos após a sua produção.

Em nossa loja você encontra o PLA, e o PLA Silk, filamentos de excelente qualidade produzidos com a matéria prima da NatureWorks, considerada a melhor do mundo para impressão 3D.

PLA Flexível

Filamento PLA Flexível

Desenvolvido para a fabricação de modelos que precisam de flexibilidade e resistência ao impacto, o PLA Flexível é compatível com qualquer impressora 3D, desde que a mesma tenha mesa aquecida e pode ser imprimido em uma velocidade de extrusão mais rápida.

O PLA Flexível 3D Lab também apresenta uma rigidez levemente superior ao filamento flexível normal e pode ser imprimido com as mesmas configurações do PLA 3D Lab.

PETG

Tipos de filamentos para impressoras 3D: PETG

Por ser um material muito resistente, o PETG é a escolha perfeita para quando é necessário imprimir peças que precisam absorver impactos. 

Como o PLA, este filamento pode ser usado em impressoras abertas ou fechadas, além de não emitir gases tóxicos nem rachar. Basicamente, este material reúne ótimas características do PLA e do ABS, tornando o seu uso em impressoras 3D particularmente especial.

Outro detalhe importante é que, considerado Food-Safe, o filamento PETG é o mais indicado para aplicações na gastronomia e confeitaria.

Veja também Impressão 3D na Confeitaria: Case de Sucesso Thais Dohler

Filamento Flexível

Filamento Flexível

O Flexível é especial pois permite a utilização das impressoras 3D na criação de objetos que necessitam ser mais maleáveis, como palmilhas e anéis de vedação. 

Para imprimir com perfeição é necessário verificar sempre a sua máquina, pois a folga excessiva entre o tracionador e o extrusor pode fazer com que o filamento dobre e a impressão seja interrompida. Fique de olho!

Na 3D Lab também produzimos o filamento Flexível que, diferente do PLA Flexível, é feito a partir da matéria prima TPU.

Filamento de Madeira (Wood)

Tipos de filamentos para impressoras 3D: Wood

Este filamento especial para impressoras 3D é produzido com PLA e fibras de madeira. Permite a criação de peças visualmente bonitas com aspecto rústico, ideais para decoração. 

Para imprimir com o filamento Wood é necessário utilizar um bico com diâmetro maior, a partir de 0,6mm. Isso porque como há fibras reais de madeira, se o bico for de 0,4mm ou inferior a esse diâmetro, essas fibras podem não passar pelo orifício – gerando o entupimento do extrusor.

Filamento Solúvel (HIPS)

Filamento Hips

O HIPS é um filamento solúvel, mistura de poliestireno e borracha. Por ser facilmente dissolvido na solução de d’limoneno. É frequentemente utilizado como material de suporte pois elimina a necessidade da remoção por meio de abrasivos, ferramentas de corte ou outros materiais que podem deixar a sua impressão com acabamento inferior. 

Considerando os parâmetros de impressão, o comportamento do filamento HIPS é bem similar ao ABS Premium.

Nylon

Filamento Nylon

O filamento Nylon é uma opção certeira para quem busca peças resistentes e extremamente duráveis. A sua aplicação é bem parecida com o PETG, ou seja, a criação de peças de alto impacto ou tensão. 

Apesar da grande durabilidade, a temperatura de extrusão do Nylon — entre 255ºC e 275ºC — e a sua grande capacidade de absorver umidade podem atrapalhar a performance na hora de imprimir a sua peça. Em contrapartida, por ter baixo coeficiente de atrito o Nylon é altamente recomendado para peças de movimentação, como engrenagens ou buchas. 

Tritan

Filamento Tritan

Considerado como um plástico de Engenharia, o Tritan tem alta resistência mecânica e térmica. É devido a essas características que ele é muito buscado para a impressão de peças técnicas.

No entanto, uma limitação desse material está na faixa de temperatura necessária para a extrusão, que fica em torno de 300ºC. Essa temperatura é superior à resistência térmica do teflon, material bastante usado na maioria dos extrusores das impressoras 3D mais populares. Por isso, é indicado em impressoras com extrusor All Metal.

PVA 

Filamento PVA

Assim como o HIPS, o filamento PVA é um filamento solúvel. Porém, a solubilidade dele se dá em água. É bastante utilizado como material de suporte, principalmente quando é necessário imprimir peças complexas e com saliências. 

Condutivo

Tipos de filamentos para impressoras 3D: Condutivo

Destinado à Indústria Eletrônica, o filamento Condutivo é, como o próprio nome diz, um plástico condutor com a mesma facilidade de impressão de um PLA comum. Apresenta boa resistência, e sua temperatura de extrusão é de 205 a 230°C.

Alguns exemplos de sua aplicação são teclados digitais, baterias eletrônicas, placas Arduino, alimentação de LED’s, produtos antiestáticos dentre outros.

Vimos aqui que existem muitos tipos de filamentos para impressoras 3D no mercado. Cada material tem vantagens e desvantagens, características nas quais devem ser bem analisadas. Na verdade, cada projeto tem suas especificações e são baseadas nelas que você deve escolher o material ideal.

Observe as informações que colocamos neste conteúdo e veja qual é o material mais adequado para a sua necessidade!

Agora que você já sabe as diferenças entre os principais filamentos para impressão 3D do mercado, entre no site da 3D Lab e confira as nossas ofertas para cada um desses materiais.

Continue lendo

Filamento flexível da 3D Lab: como imprimir com esse filamento!

O filamento flexível tem aplicações bem interessantes, como a criação de palmilhas, anéis de vedação, pulseiras e outras coisas. No entanto, para imprimir com perfeição e evitar problemas é necessário buscar conhecimento. Neste conteúdo nós vamos abordar o passo a passo para trabalhar com esse filamento para impressora 3D.


Um dos filamentos para impressora 3D especiais produzidos em nossa fábrica é o filamento flexível. Esse produto consegue ampliar a utilização da impressora 3D em peças que precisam de uma boa flexibilidade. No entanto, ele tem alguns segredos para ser utilizado e, pensando nisso, criamos este artigo com as principais dicas sobre como imprimir com filamento flexível. Confira!

1. Regule a temperatura de extrusão do filamento flexível

A temperatura de impressão do nosso filamento flexível é em torno de 225°C. Esse valor pode variar de acordo com a impressora e clima local. Após acertar essa temperatura, verifique a fluidez do material, extrusando um pedaço manualmente.

regule-a-temperatura-de-extrusão-do-filamento-flexível

Caso o material esteja pouco fluido, aumente a temperatura de 2 em 2 graus Celsius. Porém, se o material estiver mais líquido, diminua a temperatura na mesma proporção, até encontrar o valor ideal.

2. Escolha a velocidade de impressão do filamento flexível

Fundamental para saber como imprimir com filamento flexível é acertar os parâmetros. Nesse sentido, quanto maior a velocidade, mais ajustada a impressora deve estar. Toda folga entre o tracionador e o extrusor será um escape para o filamento, que pode dobrar e interromper a impressão, como mostrado nas fotos abaixo.

Para impressoras comuns, a velocidade indicada é em torno de 20mm/s. Já as impressoras que têm o extrusor desenvolvido para filamentos flexíveis, essa velocidade poderá subir bastante, se igualando à do PLA, que é em torno de 60mm/s.

3. Certifique-se que a primeira camada está correta

A primeira camada deverá estar mais afastada possível da mesa, sem a perda de aderência. Então, quanto mais comprimida ela estiver, mais difícil será a saída do material, diminuindo a vazão e ocasionando a dobra em locais mais propícios (como as folgas do item anterior).

4. Regule a altura das camadas de impressão

Quanto menor a altura da camada, além de melhorar a qualidade, resultará em um aumento da aderência entre camadas. Indicamos a utilização de layers entre 0,1mm a 0,2mm.

5. Regule a função Retract com o filamento flexível

Para filamentos flexíveis, quanto menor a distância de retract, melhor será para a impressão. A velocidade deverá ser a metade do valor utilizado na impressão. Indicamos a utilização do filamento flexível em peças que não exigem retract, pois normalmente, ao invés de retrair, o filamento estica, e depois ao contrair novamente pode aumentar o volume e obstruir o canal, gerando interferência e dobrando nos pontos do item 2.

Portanto, o filamento flexível é um material que possibilita impressões de peças auxiliares, como um pneu, uma esteira, partes de peças com ajustes etc. Podem também ser utilizados para peças inteiras, como palmilhas de calçados. A aplicação é enorme.

Apesar de ser um pouco mais difícil de utilizar, depois que você entender como imprimir com filamento flexível, ele se torna um material bem tranquilo de ser usado, possibilitando projetos incríveis. O nosso filamento flexível, da 3D Lab, comparado a outros do mercado, apresenta maior rigidez, possibilitando a impressão em velocidades maiores, além de apresentar ótima qualidade superficial.

Então, neste tutorial você ficou preparado e sabe como imprimir com filamento flexível. Se ainda tiver qualquer dúvida, não deixe de entrar em contato conosco e teremos o prazer em lhe ajudar! Atendemos pelo chat online, e-mail ([email protected]) ou pelos telefones (31) 3594-4973 e (31)97113-7028 (WhatsApp).

Continue lendo