Em compras acima de R$ 400,00 o frete é grátis! *Promoção valida para os estados do Sul e Sudeste, Exceto para impressoras 3D

Fator de extrusão: para que serve e qual importância desse parâmetro?


7 minutos de leitura


Fator de extrusão é um dos parâmetros de impressão fundamentais quando trabalhamos com as impressoras FDM. Saiba qual é a influência dessa configuração e como acertá-la!


Quem deseja realmente dominar a tecnologia de impressão 3D precisa conhecer a fundo os parâmetros envolvidos. Você pode até utilizar um perfil já pronto, com a configuração recomendada pelo fabricante da máquina ou do filamento, mas assim não saberá a influência de cada valor no resultado final.

Um desses parâmetros importantes é o fator de extrusão. Ele está relacionado diretamente ao fluxo de material que é depositado na mesa de impressão. Valores abaixo ou acima do ideal podem gerar diversas falhas na peça impressa.

Por isso, criamos este conteúdo bem prático, com tudo o que você precisa saber sobre esse parâmetro de impressão. Confira!

O que é o fator de extrusão?

Fator de extrusão ou multiplicador de extrusão (extrusion multiplier) é um dos parâmetros de impressão que você precisa configurar no software fatiador, como o Cura, por exemplo, antes de iniciar uma impressão 3D.

Basicamente, podemos dizer que o fator de extrusão é um ajuste fino da taxa de fluxo de extrusão. Ficou mais confuso? Calma, vamos explicar!

O fabricante da impressora determina o fluxo de material que sai pelo bico de impressão a partir da rotação do motor do tracionador. Essa configuração fica armazenada no firmware da máquina. Então, para que o usuário não tenha que alterar o firmware, criou-se o multiplicador de extrusão, ou fator de extrusão.

Vamos fazer uma pequena pausa e explicar três termos do mundo da eletrônica que você não deve confundir: hardware, software e firmware.

Hardware: a parte física, os componentes físicos da máquina;

Software: a parte lógica do processador, os dados processados e interpretados pelo processador;

Firmware: diretamente ligada à fabricação, com instruções armazenadas e executadas a nível de hardware.

Portanto, o fator de extrusão é um percentual sobre a taxa de fluxo que foi configurada pelo fabricante, armazenada no firmware.

Quais falhas podem acontecer caso o fator de extrusão esteja abaixo do recomendado?

Se, por algum motivo, você escolher um fator de extrusão abaixo do recomendado, verá que sua peça apresentará sub extrusão, ou seja, falta de material para construir as camadas. Espaços entre as linhas aparecerão.

Pequenas falhas de preenchimento estarão evidentes na sua peça e, com isso, ela pode se tornar mais frágil e quebradiça, além de prejudicar sua aparência.

E se estiver acima, o que pode acontecer?

 

O fator de extrusão acima do recomendado também gera problemas na sua peça. Nesse caso, um volume maior de material será depositado. As camadas inferiores podem ficar com rachaduras, camadas mais visíveis e excesso de material nas bordas.

Como encontrar o valor ideal para esse parâmetro de impressão?

O fator de extrusão pode ser alterado de acordo com o filamento utilizado. Normalmente, para os filamentos mais comuns, como o PLA e ABS você pode utilizar o fator de 1,00, ou 100%. Já no caso do PETG recomendamos usar entre 0,95 e 0,98, ou 95 e 98%.

Para se certificar que o valor inserido é o ideal, vamos falar de um método de calibração. Para isso você precisará de um paquímetro. Se não tiver, pode também fazer com uma régua, mas será menos preciso.

A calibração consiste em pegar um pedaço de filamento e medir uma certa distância, como 100mm (10cm) a partir da ponta. Faça uma marcação e insira o filamento no extrusor. No menu da máquina, faça o comando para extrusar exatamente os 100mm. Após isso, a marcação feita deve estar exatamente na entrada do extrusor.

Caso a marcação não coincida com a entrada do extrusor você deve alterar o fator de extrusão. Meça as diferenças dos pontos (ponto real e ponto marcado) e divida pelo comprimento total (100mm) para encontrar o percentual de diferença. Faça a compensação com esse valor.

Se a marcação ficar para dentro do extrusor, reduza o fator em 5% e faça o teste novamente.

Como alterar o fator de extrusão no fatiador?

O caminho para alterar o fator de extrusão pode ser diferente em cada software fatiador.

Em alguns deles, como no Simplify 3D, você encontrará o nome “Extrusion Multiplier“.

Nesse caso, basta clicar em “Edit Process Settings“, abrir a aba “Extruder” e encontrar a opção “Extrusion Multiplier“.

fator de extrusão no simplify3d

Agora, se você utiliza o Cura como fatiador, não encontrará o termo “Extrusion multiplier“, mas sim “Flow“.

Nesse caso, basta você abrir a janela de “Printing Settings” e clicar sobre a opção de “Material“, localizando o campo de “Flow“.

Fator de extrusão no Cura

 

Portanto, neste conteúdo conhecemos mais sobre o parâmetro do fator de extrusão. Apesar de não ser uma configuração que você precisa alterar com frequência, é interessante que conheça sua influência na qualidade da peça.

Se tiver qualquer dificuldade de configuração da sua máquina, acione o nosso suporte técnico pelo chat no site ou pelo Whatsapp, no número (31) 3594-4973 (o número é de fixo mesmo :).

Agora que você já sabe sobre o fator de extrusão, leia nosso conteúdo sobre o tracionador de filamento!

Publicado em:
11/12/2020

Comentário (4)

  • Nadilson Santana

    Muito bom =D..passei por isto esses dias e vale ressaltar também que quando se troca a extrusora e coloca aquela de metal, precisa calibrar a extrusão também. Não sabia disso e sofri que só ate entender que tinha que recalibrar rs =D.. e parabens pelo blog

  • Guilherme Negri

    Resolvi problemas de stringing (cabelinho de anjo) mudando o fator de extrusão também, entre ouros fatores. Aproveito para deixar o pedido, se não existir, de um artigo sobre como eliminar o stringing! Abraço e parabéns pelo conteúdo!

    • Olá, Guilherme. Tudo bem?

      Muito obrigado pelo comentário!
      É isso mesmo, só tomar cuidado para não reduzir muito o fluxo e gerar outros problemas.
      Pode deixar que vou colocar esse tema em pauta porque é muito interessante mesmo.

      Abraço!

Deixe um comentário

Mais posts

Minha conta


Empresa referência em impressão 3D. Impressoras, filamentos e resina para impressão 3D, cursos, manutenção e prototipagem.

Endereço

Rua Toyota, n°490, Jardim Piemont - Betim - MG 
A 20 min do centro de Belo Horizonte.

Horário de funcionamento

08:00 às 17:00 | Segunda à sexta-feira

Dúvidas gerais | Suporte | Vendas

Nossas redes

Este site é protegido pelo reCAPTCHA, a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google se aplicam.
3D Lab Industria Ltda.
CNPJ 20.212.019-0001/09