Compras acima de R$ 400,00 você receberá o frete grátis!

Não sabe como reparar modelos 3D corrompidos? Aprenda a salvar seus STL’s!

Reparar modelos 3D faz parte de quem utiliza sites para baixar modelos grátis. Infelizmente muitos arquivos que são publicados estão cheios de erros e, se não analisarmos antes, acabamos desperdiçando a impressão, junto com filamento e tempo!


Você já teve que reparar modelos 3D corrompidos? Às vezes nós encontramos arquivos em sites para baixar modelos para impressão 3D e já colocamos para imprimir, sem analisar se o projeto está certo, se outras pessoas já utilizaram e se não há falhas.

É comum que esses arquivos tenham algum problema que dificultem ou até impossibilitem a impressão e, infelizmente, acabamos descobrindo isso depois de gastar filamento e tempo!

Por isso, criamos este conteúdo para mostrar como reparar modelos 3D corrompidos, de forma simples e utilizando ferramentas gratuitas. Conheça!

Afinal, o que são modelos 3D corrompidos?

Se você utiliza sites para baixar modelos, como o Thingiverse, My Mini Factory, YouMagine e outros, certamente já teve uma má experiência com modelos 3D corrompidos.

Esses arquivos muitas vezes contêm alguns erros que prejudicam a impressão, seja com camadas aleatórias no meio da peça, descontinuidade, falta de preenchimento em alguns pontos e diversos outros pontos.

Quase sempre os fatiadores não acusam esses problemas. Se você não reparar que eles existem, vai fatiar a peça, colocar para imprimir e só então notará o defeito. Então, o que indicamos é sempre usar uma ferramenta de análise para validar o arquivo.

Na imagem abaixo você pode ter uma visão mais clara do que são esses modelos 3D corrompidos:

Quais ferramentas são necessárias para o reparo?

Agora que já sabe o que são modelos 3D corrompidos, vejamos quais ferramentas você pode utilizar para esse trabalho. Separamos duas opções gratuitas e fáceis de utilizar. Veja:

Meshmixer

O Meshmixer é um software desenvolvido pela Autodesk. Entre várias funcionalidades, você pode reparar modelos 3D utilizando essa ferramenta que é bem completa, gratuita e muito simples de operar. Ele pode ser usado em sistema Windows ou Mac, mas não tem suporte para Linux.

Antes de mais nada, se você quiser baixar o Meshmixer, basta clicar aqui.

Depois que você carrega um arquivo dentro do Meshmixer a ferramenta indicará os pontos com falhas com linhas coloridas. A cor dessas linhas representa um tipo de falha diferente, da seguinte maneira:

  • marcador azul: buracos na peça. Para esse tipo de erro, o menu que fica à esquerda na ferramenta lhe permite escolher três opções, que são “preenchimento mínimo”, “preenchimento plano” e “preenchimento suave”;
  • marcador magenta: essa cor é usada para indicar partes desconectadas ou pequenos detalhes que não serão impressos.
  • marcador vermelho: indica geometrias não reconhecidas.

Se você clicar no marcador o software tentará fazer a correção. Se esse marcador ficar na cor preta significa que não foi possível o reparo. Outra opção é escolher a correção automática. O Meshmixer tentará corrigir todas as falhas detectadas, mas você precisa analisar se a ferramenta teve êxito.

Se os problemas não forem resolvidos, a solução é usar a função de “Make solid”. Essa opção certamente vai corrigir todos os problemas que a peça tiver, mas há um ponto ruim: você vai perder resolução na peça!

O que essa opção faz é recalcular todas as superfícies do objeto, mesmo aquelas que não apresentavam defeitos. O que você pode fazer para não perder muita resolução é escolher, no menu suspenso, a opção “Accurate”, e então “Sharp Edge Preserving”.

Nos campos “Solid accuracy” e “Mesh density” você consegue variar a resolução para chegar até os detalhes do modelo 3D original.

 

3D Builder

O 3D Builder é uma ferramenta desenvolvida pela Microsoft. Até por isso, só está disponível para o sistema Windows, mas está disponível gratuitamente. Sua função é criar e reparar os modelos 3D para impressão.

Seu uso é muito simples. Para que você domine a ferramenta, criamos um outro conteúdo específico, mostrando todos os detalhes. Para conferir, basta acessar o link do conteúdo do 3D Builder.

Ao carregar um arquivo o software fará uma análise e, se houver algum problema, colocará uma marcação inferior, em vermelho. Aparecerá uma mensagem no canto inferior direito, indicando que há um problema e que basta clicar nessa janela para reparar. Então, é só clicar!

Lembre-se que por padrão o 3D Builder salva os arquivos no formato .3MF, então você precisa mudar caso queira em .STL.

 

Baseamos este conteúdo em um material divulgado na comunidade oficial da Prusa Printers. Veja o vídeo a seguir que detalha todo o processo para reparar modelos 3D.

Portanto, vimos neste conteúdo a importância de reparar modelos 3D e como fazer isso. Se você quer levar a sério a impressão 3D, precisa conhecer essas ferramentas e saber como preparar seus arquivos.

Aliás, saber manipular o seu objeto 3D tem uma grande interferência no resultado final de suas peças. Por isso, agora que você já sabe como reparar modelos 3D, confira nosso conteúdo especial sobre como escolher o melhor sentido de impressão para as peças!

Comente com o Facebook

Comentários

>

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Entre ou Cadastre-se

Carrinho

Rua Toyota, 490 - Jardim Piemont, Betim - 32689-354

(31) 3594-4973

+5531971137028

contato@3dlab.com.br