Resistência da peça na impressão 3D e altura da camada: entenda a relação

Resistência da peça na impressão 3D e altura da camada: entenda a relação

A resistência da peça na impressão 3D é um dos fatores mais importantes em um projeto. Muita gente ainda não sabe que a altura da camada está diretamente relacionada a isso. 

Entender os fatores que influenciam na resistência da peça na impressão 3D é fundamental para obter os resultados que deseja. Por isso, vamos apresentar algumas variáveis que irão te ajudar nesse processo.

A altura das camadas é uma variável que pode ser ajustada e interfere diretamente no resultado. A maioria de vocês, provavelmente, já sabe que a altura da camada altera a quantidade de detalhes e a suavidade do acabamento de suas impressões 3D.

Camadas mais finas são esteticamente mais bonitas pois oferecem menos efeito de escada. Enquanto isso, camadas mais altas deixam a peça mais “marcada”.Na mesma proporção, o tempo de impressão também muda. Ou seja, quanto mais fina as camadas a serem impressas, maior o tempo de produção. Assim como camadas mais grossas são impressas mais rapidamente.

Caso você queira saber mais detalhes sobre essa relação entre os detalhes estéticos da peça e a altura da camada, temos um material bastante completo.

Para entender todos os detalhes de como a resistência da sua peça final está relacionada à altura das camadas, continue a leitura deste artigo.

Altura da camada vs resistência da peça na impressão 3D

O que vamos falar agora é da relação entre a altura da camada e a resistência do produto 3D. Quando falamos de resistência da peça na impressão 3D estamos relacionando a adesão das camada, ou seja, o quanto as camadas individuais dos materiais se unem.

Existem estudos que defendem que camadas mais finas apresentam uma resistência maior, pois acreditam que devido à pouca distância na extrusâo do bico a camada anterior aquece o material e ajuda na ligação.

Além disso, como a extrusão de plástico, em um determinado período de tempo, é menor, o material permanece na zona de fusão por mais tempo, derretendo de maneira adequada e homogênea. Ainda temos a questão da densidade de peças com camadas mais finas que pode ser maior devido aos intervalos menores entre as linhas do produto já impresso.

Altura da camada e a cor do material

Em teste realizado com seis diferentes alturas (0,05 mm, 0,1 mm, 0,15 mm, 0,2 mm, 0,3 mm e 0,4 mm), verificou-se alteração na cor das peças, especialmente na de 0,05mm. Isso ocorre porque o material permanece no estado fundido por mais tempo do que nas alturas maiores, o que modifica o pigmento.

Altura da camada e superfície de fratura

Ainda apresentando os resultados do estudo que mencionamos anteriormente, existe uma relação direta entre a altura da camada e o ponto de fratura do produto. Em camadas mais altas, as folgas entre as linhas dos filamentos são claramente visíveis e quanto mais fino for, mais ela se assemelha à uma peça moldada por injeção.

O resultado obtido aponta que você não deve ultrapassar 0,2mm de altura pois, a partir desse ponto, reduzirá a resistência da peça na impressão 3D. Vale ressaltar o que bico utilizado nesse teste era de 0,4mm.

Diâmetro do bico de extrusão vs altura da camada

Uma outra relação bastante interessante apresentada na pesquisa é a relação entre o diâmetro do bico de extrusão com a altura da camada e como isso altera no resultado da resistência da peça na impressão 3D final.

Depois de muitos testes, o estudo mostra que quando a altura da camada é mais da metade do diâmetro do bico, a resistência da peça será prejudicada.

Em termos práticos, isso quer dizer que em um bico de 0,4mm, por exemplo, a altura máxima para não alterar a resistência do material é de 0,2mm.

Além da altura da camada existem muitos outros fatores que terão um papel importante na resistência da peça na impressão 3D, ou seja, na adesão das camadas durante o processo. Portanto, para determinar a resistência da peça devemos considerar a qualidade do material, a temperatura e velocidade de impressão, a largura de extrusão e o resfriamento do material.

Hoje falamos sobre a relação entre a altura e a resistência da peça na impressão 3D e abordaremos nas próximas semanas cada uma dessas variáveis.

Agora que você já entendeu a relação entre a resistência da peça e a altura da camada, confira nosso outro conteúdo sobre como deixar suas peças mais fortes.

4 replies on “Resistência da peça na impressão 3D e altura da camada: entenda a relação

    • Sérgio Portela

      Olá, tudo bem?

      Obrigado pelo comentário. Vamos lá…
      1- Sim, camadas menos espessas deixam a peça mais resistente. A explicação é que o bico aquecido permanece por mais tempo próximo às camadas, criando uma zona térmica mais homogênea e melhorando a adesão entre camadas;
      2- Não. Recomenda-se utilizar a altura de camada até 50% o diâmetro do bico. Ou seja, para um bico de 0,3mm usa-se camadas de até 0,15mm.

      Qualquer dúvida pode mandar aqui, ok?

      Até mais!

Deixe um comentário